Tag amor

Natal de Luz!

Amados irmãos, encontramo-nos no final de mais um ano, e com ele deparamo-nos com as festividades relativas a esse período de sublime oportunidade. É tempo de refletirmos, revermos atitudes e nos conectarmos com nossos princípios e motivações, renovarmos nossa fé e modificarmo-nos internamente. Nessa semana, através do Natal, celebramos o nascimento de nosso maior exemplo, do homem que apresentou o amor à humanidade: Jesus. Convidamos a todos para que nesta semana, concentremos nossas vibrações para emanarmos luz à nossa consciência e a de todos os homens, esclarecendo-nos dos reais valores dessa data tão especial e reformadora.

Infelizmente, ainda nos deparamos com uma sociedade presa aos valores materiais e as convenções impostas, sem que se apercebam da importância que o Natal possui e da verdadeira intenção em comemorarmos essa data. O verdadeiro significado do Natal é o nascimento de nosso amado irmão Jesus, que nos convida a praticar sua maior mensagem, o amor por todos os seres.

Jesus legou à humanidade o mais belo tesouro de todos os tempos, a lição do amor. Sua vida, do nascimento à morte, foi demonstrar o amor em sua totalidade, para toda a sua família, a humanidade. Sua mensagem era direcionada a todos os seres, nos diferentes estágios evolutivos, servindo as multidões e ensinando-lhes, com palavras sábias e profundas, porém acessíveis ao povo, o caminho da evolução através do amor. Tinha o dom de extasiar as almas, através de suas palavras que entoavam a poesia dos céus. Os homens, desejosos para aprender com o Grande Mestre, ansiavam o consolo de suas feridas morais, e ouviam-lhe atenciosos.

Não há, em toda nossa história, alguém que trouxe tamanha revolução, verdade e amor em suas palavras e em sua conduta.  Ele é nosso grande exemplo, o maior avatar já enviado à Terra por nosso Pai, com a excelsa missão de nos esclarecer e de nos mostrar o caminho através da luz de seus passos. Sua sublime mensagem guia e ilumina o homem através dos tempos, e proporciona ainda hoje, as mais profundas reflexões para toda a humanidade.

Portanto, através do maior exemplo que nos foi enviado, comemoremos seu nascimento no Natal, motivando-nos a amar, doar e perdoar. Lembremo-nos que Ele é o motivo do Natal existir e sem reflexão e a lembrança de seu legado, esse dia torna-se vão, sem sentido.

“...o Natal de Jesus é sempre renovador convite a uma releitura da Sua mensagem, a novas reflexões em torno das Suas palavras de luz, à revivescência dos Seus projetos de amor para com a Humanidade.” Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Franco.

Utilizemo-nos dessa data para dedicarmos um tempo à reflexão das nossas atitudes, dos nossos pensamentos, do nosso convívio com os outros irmãos, e de tudo o que realizamos em nossa vida. Motivemo-nos a corrigir nossas imperfeições e utilizemo-nos da oportunidade que nos é dada por Nosso Senhor, em cada dia que renasce, para modificarmos nossas atitudes através dos ensinamentos de nosso amado Jesus. Que sua Luz ilumine nosso trilhar, enchendo-nos de vigor; Que seus ensinamentos instalem-se em nossos corações; Que suas palavras inundam nossos ouvidos e almas.

Desejamos a todos nossos companheiros e amigos, que acompanham o trabalho do Universalismo Crístico, nos apoiando e nos trazendo motivações para continuarmos com afinco essa missão, que se sintam renovados nesse Natal, que persistam no caminho do aperfeiçoamento e do conhecimento pessoal e que nosso Irmão Maior ilumine-os, com sua luz de extremo amor e bondade. Que o amor de Jesus encontre morada em seus corações, e que esse Natal ganhe um novo significado na sua vida, e na vida de toda a humanidade. Deixe a sua luz brilhar e iluminar todos a sua volta, para que possa semear a paz e vivenciar o amor universal.

A todos, um NATAL DE LUZ!

Vibração Coletiva (19/12/2018) – Natal de Luz

Natal de Luz!

Amados irmãos, encontramo-nos no final de mais um ano, e com ele deparamo-nos com as festividades relativas a esse período de sublime oportunidade. É tempo de refletirmos, revermos atitudes e nos conectarmos com nossos princípios e motivações, renovarmos nossa fé e modificarmo-nos internamente. Nessa semana, através do Natal, celebramos o nascimento de nosso maior exemplo, do homem que apresentou o amor à humanidade: Jesus. Convidamos a todos para que nesta semana, concentremos nossas vibrações para emanarmos luz à nossa consciência e a de todos os homens, esclarecendo-nos dos reais valores dessa data tão especial e reformadora.

Infelizmente, ainda nos deparamos com uma sociedade presa aos valores materiais e as convenções impostas, sem que se apercebam da importância que o Natal possui e da verdadeira intenção em comemorarmos essa data. O verdadeiro significado do Natal é o nascimento de nosso amado irmão Jesus, que nos convida a praticar sua maior mensagem, o amor por todos os seres.

Jesus legou à humanidade o mais belo tesouro de todos os tempos, a lição do amor. Sua vida, do nascimento à morte, foi demonstrar o amor em sua totalidade, para toda a sua família, a humanidade. Sua mensagem era direcionada a todos os seres, nos diferentes estágios evolutivos, servindo as multidões e ensinando-lhes, com palavras sábias e profundas, porém acessíveis ao povo, o caminho da evolução através do amor. Tinha o dom de extasiar as almas, através de suas palavras que entoavam a poesia dos céus. Os homens, desejosos para aprender com o Grande Mestre, ansiavam o consolo de suas feridas morais, e ouviam-lhe atenciosos.

Não há, em toda nossa história, alguém que trouxe tamanha revolução, verdade e amor em suas palavras e em sua conduta.  Ele é nosso grande exemplo, o maior avatar já enviado à Terra por nosso Pai, com a excelsa missão de nos esclarecer e de nos mostrar o caminho através da luz de seus passos. Sua sublime mensagem guia e ilumina o homem através dos tempos, e proporciona ainda hoje, as mais profundas reflexões para toda a humanidade.

Portanto, através do maior exemplo que nos foi enviado, comemoremos seu nascimento no Natal, motivando-nos a amar, doar e perdoar. Lembremo-nos que Ele é o motivo do Natal existir e sem reflexão e a lembrança de seu legado, esse dia torna-se vão, sem sentido.

“…o Natal de Jesus é sempre renovador convite a uma releitura da Sua mensagem, a novas reflexões em torno das Suas palavras de luz, à revivescência dos Seus projetos de amor para com a Humanidade.” Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Franco.

Utilizemo-nos dessa data para dedicarmos um tempo à reflexão das nossas atitudes, dos nossos pensamentos, do nosso convívio com os outros irmãos, e de tudo o que realizamos em nossa vida. Motivemo-nos a corrigir nossas imperfeições e utilizemo-nos da oportunidade que nos é dada por Nosso Senhor, em cada dia que renasce, para modificarmos nossas atitudes através dos ensinamentos de nosso amado Jesus. Que sua Luz ilumine nosso trilhar, enchendo-nos de vigor; Que seus ensinamentos instalem-se em nossos corações; Que suas palavras inundam nossos ouvidos e almas.

Desejamos a todos nossos companheiros e amigos, que acompanham o trabalho do Universalismo Crístico, nos apoiando e nos trazendo motivações para continuarmos com afinco essa missão, que se sintam renovados nesse Natal, que persistam no caminho do aperfeiçoamento e do conhecimento pessoal e que nosso Irmão Maior ilumine-os, com sua luz de extremo amor e bondade. Que o amor de Jesus encontre morada em seus corações, e que esse Natal ganhe um novo significado na sua vida, e na vida de toda a humanidade. Deixe a sua luz brilhar e iluminar todos a sua volta, para que possa semear a paz e vivenciar o amor universal.

A todos, um NATAL DE LUZ!

Vibração Coletiva (19/09/2018) – Evolução Moral

Evolução Moral

Queridos irmãos de caminhada, convidamos a todos nessa semana a vibrarmos pela evolução moral. Concentremos nossos pensamentos em tudo o que podemos melhorar para que nos tornemos seres melhores e mais conscientes.

Para que o nosso período de transformação inicie, é necessário que nos esforcemos para controlar o nosso lado animalesco.  A nossa transmutação para seres mais puros e mais conscientes é lenta e progressiva, não conseguiremos nos libertar de nossas más tendências de uma hora para outra. Será necessário eleger alguns pontos que temos que melhorar para que possamos constantemente vigiar. Isso não quer dizer que não iremos mais errar, mas quando vigiamos, começamos a entender o que nos faz reagir mal em determinadas situações, fazendo com que aprendamos a cortar o mal pela raiz.

É lamentável enxergar que nossa sociedade se desenvolve cada vez mais rápido no campo da ciência, em oposição a uma moral que pouco se eleva. Desde as épocas mais remotas de nossa sociedade, os combustíveis que mais moveram as instituições que “pregam” a boa conduta, infelizmente, foram a ganância e o poder. Paremos de colocar em evidência e enxergar como modelo de boa conduta aqueles que possuem um bom discurso, valorizemos as pessoas que estão ao nosso lado, dia-a-dia nos dedicando amor e carinho e demonstrando pelas atitudes que são pessoas de bem. Todos nós temos defeitos e pontos a melhorar, mas eles só são visíveis na convivência diária.

Comecemos a voltar o nosso olhar para as qualidades das pessoas que convivem com nós e prestemos mais atenção em nossos próprios defeitos, aos quais podemos lapidar. Essa mudança se dará somente através do autoconhecimento, não adiantará ouvirmos que temos que ser mais pacientes, se não entendemos quais os motivos que nos deixam com raiva, por exemplo. Não podemos simplesmente tentar maquiar nossa má conduta, enquanto nossas mentes continuam poluídas de maus pensamentos, precisamos entender o que acontece com a gente mesmo.

Não podemos, simplesmente, nos deixar levar pelas más tendências.  Sempre há uma forma de conquistar nossos objetivos do lado material, sem nos afastar de nosso lado espiritual, somos seres unos e não pode haver essa separação. Se insistirmos em separar o lado espiritual do material, sempre haverá sofrimento. A realidade é uma só, basta que saibamos adaptar a nossa vida cotidiana ao contexto espiritual, absorver e cumprir os ensinamentos que recebermos de forma que isso seja uma atitude natural em nós e não algo forçado.

Não é necessário frequentar uma casa espiritualista para que façamos a caridade e nos tornemos pessoas melhores. Essa visão fechada fez com que as pessoas se tornassem seres maravilhosos e pacientes, mas somente dentro dos templos voltados para isso, sendo que no retorno para casa, já começam a demonstrar atitudes que mostram claramente a indiferença com a dor alheia. Não adianta assumirmos papéis, precisamos ser ao invés de representar.

 A mudança deve ocorrer porque queremos, porque sentimos a necessidade de sermos seres melhores, mais amáveis, mais carinhosos com as pessoas e mais cuidadosos com o meio que nos cerca e não somente porque alguém, algum dia disse que esse seria o caminho da salvação. Chegamos em um ponto em que já temos consciência o suficiente para conseguirmos andar com as nossas próprias pernas.

O tempo mudou, a sociedade mudou, é necessário que as nossas consciências também mudem. É chegada a hora de começar a utilizar as ferramentas que já possuímos para construirmos as nossas próprias fórmulas, de acordo com as nossas necessidades. O que funciona para um não funciona para outro, pois cada um possui um nível de consciência diferente. Não existe certo e errado, existe o que nos faz bem e o que nos faz mal. Precisamos nos conhecer melhor para entender quais são os nossos reais gostos e desejos, para que possamos nos libertar de padrões traçados a milhões de anos e que insistimos em continuar seguindo, mesmo sem ter resultado.

Vibremos pelo bem comum, para que consigamos respeitar as escolhas das outras pessoas, mesmo que achemos que aquela direção não é a correta. Lembremos que tudo isso é momentâneo, essa vida é momentânea, assim como o estado em que nos encontramos hoje. Precisamos respeitar o tempo de cada um, nada é por acaso!!!  As escolhas feitas hoje terão consequências, mas todos um dia entenderão que o nosso único destino é o da evolução, sendo o AMOR uma das maiores formas de EVOLUÇÃO MORAL.

Paz e luz a todos !!!

Vibração Coletiva (20/06/2018) – Vigiai e Orai

Vigiai e Orai

“Vigiai e Orai” como bem nos disse nosso amado Mestre Jesus.

Meus irmãos, neste momento em que nosso amado Brasil passa por momentos tristes diante de nosso governo, é de grande importância que não tomemos reações negativas que nos afastem da Luz.

É importante que nos mantenhamos em equilíbrio. O astral inferior usa destes momentos de pura energia negativa para causar o caos e manter as mentes cativas nestas energias por muito tempo até que façamos algo para mudar isso, afetando a todos. Somos Todos Um.

Devemos sim, emanar muita energia de AMOR, UNIÃO e muita PAZ, para que a Espiritualidade Maior possa trabalhar em nosso favor, como faz dia e noite. Com energias contrárias à força do amor, fica difícil sentirmos o socorro do Alto.

Meus irmãos Muito Amor, Muito Amor e Muito Amor neste momento.

Paz e Luz a Todos!

Vibração Coletiva do UC (19/04/2017) – A Ressurreição de Nossas Consciências

A Ressurreição de Nossas Consciências

Amados irmãos de caminhada! Hoje convidamos a todos a concentrarmos nossas atenções para a comemoração que chamamos de Páscoa. A Páscoa celebra a ressurreição de Jesus Cristo e, já que pouco lembrada em favor dos chocolates e coelhinhos, poderíamos aqui nos ater a questões como a inversão de valores da nossa sociedade, que faz com que, nessas datas comemorativas, sejamos os motores da ascensão e movimentação do comércio, mas resolvemos ir além, questionar se ainda necessitamos de uma data para lembrarmos da passagem Dele aqui na terra.

É visível a separação em que a maioria de nós nos encontramos: ou estamos perdidos saciando nossas vontades materiais, vivendo na superficialidade de datas como essas, contentando-nos em apenas cumprir com os rituais que cansamos de repetir, sem ao menos refletirmos sobre os mesmos, ou então, estamos envoltos em uma religiosidade que, erroneamente, evidencia o sofrimento, fazendo com que fiquemos vibrando na dor, vislumbrando a nossa salvação através do sofrimento e da culpa que devemos carregar, visto que crucificamos Àquele que veio para ser o nosso mestre.

Independente do que tenha acontecido na real história de Sua passagem pela terra, o que não resta dúvida, é que Jesus Cristo veio nos trazer uma mensagem de luz, a mensagem mais linda de todos os tempos, que é a do amor a si mesmo e ao próximo e assim, consequentemente, o amor a Deus. Essa é a mensagem mais limpa e mais pura que poderíamos receber de uma entidade de tamanho quilate espiritual e exatamente pela sua simplicidade, é reverenciada até os dias atuais.

Em meio a esses pontos que levantamos, fica visível que a preocupação de nosso amado Mestre não era receber uma data comemorativa, tão pouco o sofrimento infinito de seus irmãos diante do sentimento de culpa. Ele sabe que nada é por acaso e que, infelizmente, ainda não estávamos prontos para absorver tamanha sabedoria, mas, o que serve para o passado, já não se encaixa mais em nosso nível de entendimento atual.

Hoje podemos entender a mensagem que antes nos era tão difícil enxergar, TODOS NÓS SOMOS IRMÃOS e temos como missão de vida buscar evoluir no amor de Deus!!!

“…Cristo disse: eu vou mostrar a vocês uma maneira mais simples de chegar ao Pai. Se vocês aprenderem isto, podem fazer centenas de outras coisas sem medo de ofender a Deus. Amor. Se vocês amarem, estão cumprindo a lei, mesmo que não tenham consciência disto.

Podemos verificar por nós mesmos que este conselho funciona. Peguemos um mandamento qualquer: ‘Amar a Deus sobre todas as coisas.’ Eis o Amor. ‘Não tomar seu santo nome em vão.’ Ousaríamos falar superficialmente de alguém que amamos? ‘Guardar domingos e festas.’ Não ficamos muitas vezes ansiosos, esperando o dia de encontrar quem amamos para nos dedicarmos ao Amor? Então, se amamos Deus, o mesmo há de acontecer. O Amor exige que obedeçamos todas as leis de Deus. Quando um homem ama, é desnecessário exigir que honre seu pai e sua mãe, ou que não mate. Para o homem que quer bem a seu próximo é uma ofensa exigir que não roube – como poderia roubar quem ama? E seria supérfluo pedir que não levante falso testemunho – pois jamais faria isto, como seria incapaz de desejar a pessoa que o outro ama. Portanto, ‘o amor é o cumprimento da Lei’. O Amor é a regra que resume todas as outras regras. O Amor é o mandamento que justifica todos os outros mandamentos. O Amor é o segredo da vida.” ( Henry Dummond – Paulo Coelho; O Dom Supremo)

No momento em que focamos um único dia para meditarmos sobre a passagem de Jesus na terra, nos libertamos de qualquer compromisso nos outros dias, os que seguem e antecedem a data. É preciso que evidenciemos o amor infinitamente, todos os dias de nossas vidas, através das nossas atitudes, assim, essa data, a partir de agora, servirá sim para comemorarmos a ressurreição, mas ressurreição das nossas consciências no amor de nosso Pai, desperta através dos ensinamentos de nosso Irmão e Mestre Jesus.

Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos…

Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência…

Ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montanhas…

Ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue meu próprio corpo para ser queimado…

Se não tiver AMOR, nada serei !!!!!”  (Paulo de Tarso. Bíblia Sagrada; 1 Coríntios 13:1-13)

Para quem desejar, disponibilizamos o link de uma música como complemento a reflexão apresentada: https://www.youtube.com/watch?v=6rjXkXpX8Wk

Vibração Coletiva (14/12/2016) – Gotas de Sabedoria no Oceano da Vida

Gotas de Sabedoria no Oceano da Vida 

Queridos amigos e amigas, nessa vibração vamos reverberar reflexões do pelo que estamos vibrando, no que estamos fazendo, relembrando os preceitos do Universalismo Crístico:

Os princípios básicos são:

I- O amor ao próximo como a si mesmo buscando cultivar as virtudes crísticas de forma verdadeira e incondicional refletindo diretamente o amor do próprio Criador.

II- A crença na reencarnação do espírito e do carma, pois sem esses princípios não existe justiça divina.

III- A busca incessante pela sabedoria espiritual aliada ao progresso filosófico e científico com o objetivo de promover a evolução integral da humanidade.

Os princípios avançados são:

I – A compreensão profunda e verdadeira do amor;

II – O pleno desenvolvimento pessoal através da busca do autoconhecimento;

III – A compreensão do modo de pensar de nossos semelhantes, com o objetivo de aceitá-los com mais tolerância

Além desses pilares principais, o Universalismo Crístico deve ser norteado por duas premissas fundamentais:

I – A primeira é a lei do amor. Tudo que foge da maior das virtudes deve ser descartado, pois não provém de Deus.

II – A segunda é a busca da verdade. Jesus nos ensinou: Conhece a verdade e a verdade te libertará. A verdade está onde estão o bom senso e a lógica.

O Universalismo Crístico é principalmente uma ação individual que visa o coletivo. A aceitação do outro, mas com respeito e diálogo, pois ao final, compreenderemos que somos todos células de um mesmo corpo: a humanidade.

Nesse momento que temos a possibilidade de vibrar coletivamente, vamos unir nossas mentalizações, para que mesmo os que não conheçam o Universalismo Crístico, possam refletir sobre o que nos falta? E o que já alcançamos em nossa caminhada evolutiva, percebendo em o que podemos melhorar nossas ações diárias, os preceitos são altos, mas a realidade é fazermos o nosso melhor, isso já vibra e enaltece nossa caminhada, ajudando na caminhada de nossos irmãos que sentiram, o reforçar de nossa “senda de luz” que compartilhamos em vibração.

Juntos em mentalização!

Paz e luz!

Notícia da Semana – Como o altruísmo de um homem mudou vida de vila onde um quarto da população tem deficiência

Moradora desenvolve atividades para inclusão econômica e social em vila da Indonésia com índice raro de moradores com deficiências físicas e cognitivas

Moradora desenvolve atividades para inclusão econômica e social em vila da Indonésia com índice raro de moradores com deficiências físicas e cognitivas.

Em uma vila remota da Indonésia, um em cada quatro moradores tem deficiências físicas e cognitivas – um número alto e incomum. Por muitos anos, essas pessoas não tiveram a assistência necessária, mas um homem transformou suas vidas. (…)

Estatísticas fora da curva

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), defeitos congênitos atingem cerca de 6% dos nascimentos, o que coloca Karangpatihan quatro vezes acima da média mundial.

“A maioria das pessoas com deficiências físicas e de aprendizagem nasceu nos anos 1950”, diz Mulyadi. “Não havia médicos aqui naquela época, e a vila era muito pobre. Os moradores só começaram a perceber que seus filhos não eram como as outras crianças quando eles atingiam quatro, cinco anos.

“Eles imaginavam por que elas não conseguiam falar, por que não se desenvolviam como outras crianças. Não havia ajuda, então não havia escolas para crianças com necessidades especiais, postos de saúde ou médicos. Então essas crianças se tornaram párias.”

Embora Mulyadi tenha crescido em meio a vizinhos com filhos com deficiências, ele só foi entender como a vida era para essas pessoas quando seu pai, um fazendeiro, se ofereceu para cuidar de uma criança com deficiência grave.

“Eu tinha apenas quatro anos quando ele veio morar conosco, mas instintivamente me senti muito triste por ele. Eu era uma das poucas crianças da vila a frequentar a escola, e esse menino costumava me acompanhar. Ele não falava, mas eu pude conhecê-lo e entendê-lo muito bem. Ele se tornou meu amigo. Foi quando notei todas as pessoas da vila que eram como ele”, diz Mulyadi.

“Eles eram ignorados por suas famílias, simplesmente porque elas não sabiam o que fazer com eles. Elas os alimentavam, mas de resto os ignoravam e os deixavam à própria sorte.”

À medida que crescia, Mulyadi passou a se preocupar mais com a situação.

“Outros moradores apenas pensavam que eram pessoas estúpidas, até loucas. Sempre me preocupei com elas. Eram tão pobres, e não acho que fossem felizes. Não posso dizer como se sentiam, mas acho que sofriam muito. Suas vidas eram tão difíceis. Estava preocupado sobre o futuro delas depois que seus pais morressem – quem cuidaria delas? Com quem viveriam?”

Causa invisível

Mulyadi foi o único adolescente da vila a completar a escola e ir à universidade. Quando voltou, se sentiu com a responsabilidade de fazer algo a respeito.

No começo, ele doou alimentos e dinheiro de seus próprios ganhos, mas logo percebeu que isso não mudaria a vida das pessoas de forma significativa. Então ele começou a se inscrever para tentar obter recursos do governo, mas nada foi para a frente. “Parecia que minha causa era invisível”, conta.

Ele então recorreu a um jornalista local e o pediu que visitasse a vila para uma reportagem. (…)

Depois que a reportagem colocou Karangpatihan no mapa, as coisas começaram a mudar. (…)

Confira a íntegra da reportagem acessando o link:

http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2016/01/160120_altruismo_vila_tg


Reflexão

Que com esse exemplo, possamos ser mais altruístas, pensar mais nos assuntos espirituais, 
para sermos a cada dia menos egoístas, atitude e hábito que infelizmente nos impede de evoluir. 
Sejamos altruístas e solidários.

Paz de Luz a todos!

 

Notícia da Semana – Papa convida 2 mil moradores de rua, refugiados e ciganos ao circo

Missionários acompanham moradores de rua, refugiados e ciganos durante espetáculo do Rony Roller Circus, em Roma, na quinta (14) (Foto: AFP Photo/Tiziana Fabi)

Missionários acompanham moradores de rua, refugiados e ciganos durante espetáculo do Rony Roller Circus, em Roma, na quinta (14) (Foto: AFP Photo/Tiziana Fabi)

O Papa Francisco convidou na quinta-feira (14/01) ao circo de Roma dois mil moradores de rua, refugiados, grupo de presos e uma multidão de crianças ciganas a uma tarde dedicada à arte e à magia do circo.

O convite papal ao Ronny Roller Circus foi feito através da Esmolaria Apostólica do Vaticano, que organizou o traslado dos convidados do pontífice, que estiveram acompanhados de voluntários e equipes de médicos e enfermeiros.

“Isto faz bem à alma. Precisamos de beleza”, afirmou Francisco no ano passado, ao receber em uma audiência especial os artistas de circo.

A tarde de circo deveria servir como um “alívio aos nossos irmãos mais pobres para que possam superar as provas e dificuldades da vida que com frequência nos parecem insuperáveis”, explicou, em um comunicado, a entidade vaticana encarregada das obras de caridade do papa.

Um serviço médico móvel foi instalado em frente à enorme tenda para atender consultas e um lanche foi oferecido ao final do espetáculo.

Segundo o site Vatican Insider, a frota de ônibus da Santa Sé, usados normalmente para transportar os prelados, foi usada para levar os espectadores.

Foi uma grande emoção para nós”, confessou a dona do circo, Daniela Vassallo, à Rádio Vaticano, após lembrar que, como os indigentes, a gente do circo também costuma ser marginalizada pela sociedade.

“Sabemos que são pessoas às quais podemos falar, que recebem a mensagem. Entram hesitantes e vão embora com um sorriso” comentou.

Link da notícia: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/01/papa-convida-2-mil-moradores-de-rua-refugiados-e-ciganos-ao-circo.html


Reflexão

A grande mudança está dentro de cada um de nós. Ao sermos melhores conosco, automaticamente, atingiremos as pessoas que nos cercam e assim, somando esforços, somos capaz de promover grandes transformações. Muitas vezes uma pequena ação, para muitos sem importância, representa um grande feito. Ao seu lado pode haver uma pessoa que precise apenas de um sorriso, uma palavra, um gesto simples como o representado nessa notícia, para encorajar-se a dar os primeiros passos em busca da sua transformação. Aquele que reconhece seus pontos conflitantes, está no caminho para entender o significado de amar seu próximo como a si mesmo.

Paz de Luz a todos!

 

Notícia da Semana – Gerente acha carta para Papai Noel na rua e realiza sonho de três crianças

Gerente de vendas encontrou cartinha jogada em uma calçada de Leme (Foto: Felipe Lazzarotto/EPTV)

Gerente de vendas encontrou cartinha jogada em uma calçada de Leme (Foto: Felipe Lazzarotto/EPTV)

Um gerente de vendas encontrou na rua, em Leme (SP), uma cartinha que havia sido escrita por uma criança a Papai Noel. Nela, um menino de 3 anos pedia um brinquedo e presentes para as duas irmãs. Caso não fosse possível, uma cesta de Natal bastava. As crianças receberam muito mais do que esperavam neste sábado (19). Em São Carlos, menino de 9 anos também pediu ‘algum alimento’ para salvar o seu Natal.

O papel, que iria para o lixo, ganhou um novo destino nas mãos de Anderson Martins Santos. Era um sonho de uma criança perdido em uma calçada da cidade. “Fiquei bem emocionado, tocou meu coração, e falei: tenho que ajudar. Acho que não foi por acaso que a carta veio parar nas minhas mãos”, disse.

Em Pirassununga, cidade vizinha onde mora, Santos pediu ajuda de amigos e parentes e, em menos de uma semana, arrecadou brinquedos e alimentos. O porta-malas do carro ficou lotado de presentes, que foram entregues na tarde de sábado após muita dedicação

Pedidos
Paloma da Silva, de 9 anos, foi quem escreveu a cartinha para o irmão caçula, Eduardo, de 3. As crianças costumam entregar os pedidos em lojas e casas da região, mas desta vez ela perdeu o papel. “Pensei que não fosse receber o presente, que alguém iria achar a cartinha e entregar em outra casa”, disse a menina, que ganhou vários brinquedos.

A mãe dela, Simone Priscila da Silva, também foi lembrada e presenteada com alimentos. “Ele é uma pessoa muito boa, maravilhosa, que vai receber em dobro. Não é qualquer um que faz isso”, disse, emocionada.

O olhar solidário do gerente de vendas e dos demais voluntários deu uma grande oportunidade à família, que vive em um bairro carente de Leme.

A vendedora Cristiane Alves Pereira, que ajudou o amigo a arrecadar as doações, também se emocionou com tantos sorrisos de agradecimentos. “Graças a Deus hoje eu posso dar uma presente para minha filha, mas tem muitas mães que não podem fazer isso, uma ceia. Isso mexe e a gente poder fazer essa corrente e trazer um pouco de alegria para essa família foi demais, foi muito bom”, declarou.

Link da notícia: http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2015/12/gerente-acha-carta-para-papai-noel-na-rua-e-realiza-sonho-de-3-criancas.html?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=g1


Reflexão

Trazemos essa notícia como exemplo entre inúmeras outras que vemos nessa época do ano, em que o Espírito Natalino brota nos corações e as pessoas passam a ter um olhar mais atencioso para com o próximo. Certamente o caminho da humanização passa por relações humanas mais fraternas. Em um caminhar muito crescente, vemos a sensibilidade agrupando as pessoas para o bem comum. Que o Espírito Natalino, de amor e comunhão, possa prevalecer nos 365 dias do ano.

Feliz Natal, Paz e Luz a todos!

Notícia da Semana – Um Milhão de Crianças Meditam pela Paz Mundial

 

meditaçãopazmundial

Change the World (Mude o Mundo, tradução livre) é um projeto que iniciou em 1997 e acontece anualmente com a participação de crianças e jovens em um templo budista na Tailândia para um dia de meditação.

Conhecido como V-Star (Virtuos Star, Estrela Virtuosa), o projeto conta com membros também de outros países da Ásia.

Em 2015 a prática foi realizada no dia 21 de Setembro no Templo de Wat Phra Dhammakaya, talvez mais ‘modernizado e polêmico’ da Tailândia, pouco mais de 15 km do aeroporto de Bancoc. Com o apoio de 5 mil escolas foram reunidos cerca de 1 milhão de crianças e jovens.

Membros do templo acreditam que a força energética gerada por 1 milhão de crianças simultaneamente é capaz de mudar o mundo.

Várias atividades são praticadas durante o evento que mostra com detalhes parte da cultura Budista, porém a meta principal é a Paz Mundial.

A imagem de Buda serve como uma referência de pessoa sábia e pacífica, e não apenas pelo cunho religioso.

Acesse a notícia no link: http://tonocosmos.com.br/um-milhao-de-criancas-meditam-pela-paz


Reflexão

É salientar, que as crianças dão um exemplo de amor e solidariedade, as mesmas formam uma imensa corrente de orações, em favor de nossos irmãos, muitos deles, irmão iludidos de ideias equivocadas, tomadas à conta de ideais sagrados. Quando existe o desejo de mudança, através da união e do amor, por meio da oração, o ambiente se ilumina. Essa união, faz tanta luz, que ajuda a neutralizar as sombras que se abatem sobre as regiões de conflito. Todos nós, somos capazes de transformar o ambiente, através de nossas vibrações de amor e paz. Você Já orou hoje?

Paz e Luz a todos!

Notícia da Semana – Meditação é usada como aliada no ensino nas escolas estaduais do ES

Estudantes fazem meditação nas aulas no Espírito Santo (Foto: Guilherme Ferrari/ A Gazeta)

Estudantes fazem meditação nas aulas no Espírito Santo (Foto: Guilherme Ferrari/ A Gazeta)

Doze escolas da rede estadual de ensino da Grande Vitória, no Espírito Santo, incluíram a meditação durante as aulas. O objetivo é ensinar crianças e adolescentes a lidarem com as emoções, perdas e aumentar a concentração dos estudantes.

A estudante Yasmin Dias, de 15 anos, é uma das alunas que aprova o novo método. “Meditar ajuda a gente a ficar mais concentrado e a fixar mais o conteúdo. Você passa a entender melhor o professor. Isso aconteceu comigo”, disse a adolescente que estuda em Jacaraípe, na Serra.

A professora da escola de Yasmin, Wanda Scarpatti, dá aulas de ensino religioso e contou que faz pequenos exercícios com os alunos uma vez por semana. Eles devem se tornar mais frequentes.

Wanda explicou também que trabalha com a postura, a respiração e o relaxamento. Em uma demonstração, pediu para que os alunos se imaginassem na areia, tentando tocar as ondas do mar. E eles eram pura concentração.

Projeto
A meditação nas escolas faz parte do projeto Educação em Valores, Desenvolvimento Humano e Cultura de Paz, realizado em parceria entre a Secretaria de Estado da Educação (Sedu), o Ministério Público e Arcelor Mittal. A capacitação para que os professores trabalhem com a ferramenta é fornecida pela Migliori Consultoria, especializada em neurociência, de São Paulo.

O objetivo principal é desenvolver nas crianças e nos jovens as competências socioemocionais. Sempre a escola desenvolve as competências cognitivas, mas percebemos que o século 21 demanda outras competências. Estamos falando de criatividade, trabalho em grupo, respeito às diferentes posições, capacidade de lidar com perdas entre outras”, disse Haroldo Corrêa Rocha, secretário de Educação.

Ele explicou que os professores estão sendo capacitados para trabalhar com a meditação e com outros aspectos do projeto até dezembro deste ano.

A intenção é que eles apliquem a prática à medida que forem avançando no curso.

No futuro, a ideia é expandir o projeto para outras escolas da rede. Uma escola municipal da Serra também participa.

É uma metodologia que também tem forte impacto nos professores. Trabalhar com as competências socioemocionais é uma luz na educação brasileira para lidarmos com as questões dos nossos alunos”, destacou Haroldo.

Acesse a notícia no link: http://g1.globo.com/espirito-santo/educacao/noticia/2015/09/meditacao-e-usada-como-aliada-no-ensino-nas-escolas-estaduais-do-es.html


Reflexão

Quando meditamos, nossa mente se volta para dentro, mesmo que por pouco tempo, ajudando no desapego aos objetos mundanos e principalmente na autorreflexão. Dessa forma, a mente se tornará cada vez mais pura, tornando o indivíduo mais humano e menos materialista.

Paz e Luz a todos!

← Previous Page