Tag Transição Planetária

282 – Pergunta (07/12/2015):  Bom dia Roger. Gostaria de saber sobre conexão que existe entre a Era da Luz a qual é divulgada pelo Universalismo Crístico, a nova Era divulgada pela Aupram (umbanda na sua essência- Roger Feraudy) e a mudança da Terra para um mundo de Regeneração como pregam os Espíritas? Pelo que vejo seria “o mesmo evento” porém denominado de forma diferente de acordo com o “pensamento” de cada “religião”, se posso assim dizer. Porém, como não houve a mudança esperada em 2012 e nada “foge” ao controle do CRIADOR... até mesmo nos “acontecimentos” nos umbrais e a ação dos magos negros são “previstas” e contribuem para o desenvolvimento do nosso planeta (os dois lados da mesma moeda)...Vejo uma “confusão” de entendimento por minha parte de um fato que era para ter ocorrido e não ocorreu (Era da Luz)... Desde já agradeço o contato.

Roger: Bom dia. O Universalismo Crístico não é uma religião, como já afirmamos em diversas oportunidades. E não analisamos o contexto universal através da ótica de uma única religião, seja ela qual for. Certamente que o evento que questiona acima é absolutamente o mesmo: a entrada da Terra na Era da Luz.

No capítulo adicional do livro “Universalismo Crístico Avançado”, que se encontra disponível para download no site www.universalismocristico.com.br, desde fevereiro de 2012, relatamos o porquê de a Terra não ter entrado na “Era da Luz”. Infelizmente, tanto este importante livro, como o seu capítulo adicional, tiveram um alcance muito restrito, mantendo as pessoas desinformadas com respeito a esta questão. Ainda mais neste ano, em que a alienação humana se agravou de forma mais determinante.

Sugiro que leia, pelo menos o capítulo adicional, disponível no site. E será fácil compreender porque continuamos marcando passo, estagnados, no processo de evolução da Terra. O período de transição prosseguirá, causando caos e distúrbios, até que ocorra o despertamento necessário para ingressarmos definitivamente nessa nova fase evolutiva, onde a Terra deixará de ser um planeta de expiações e provas para tornar-se um mundo de regeneração espiritual. Até lá, as profecias do livro do “Apocalipse” irão se confirmando, dia após dia. Entre elas, aquela que nos diz que, no fim deste ciclo, “o que é certo passaria a ser errado, e o que erado passaria a ser certo”. Basta ver a classe política de nosso país, envolta em tanta corrupção, sem nem menos se envergonhar, que isso fica muito claro aos olhos de qualquer um. Quem tiver olhos para ver que veja!

Roger Responde 282 – Por que a Era da Luz não iniciou-se no dia 21/12/2012?

282 – Pergunta (07/12/2015):  Bom dia Roger. Gostaria de saber sobre conexão que existe entre a Era da Luz a qual é divulgada pelo Universalismo Crístico, a nova Era divulgada pela Aupram (umbanda na sua essência- Roger Feraudy) e a mudança da Terra para um mundo de Regeneração como pregam os Espíritas? Pelo que vejo seria “o mesmo evento” porém denominado de forma diferente de acordo com o “pensamento” de cada “religião”, se posso assim dizer. Porém, como não houve a mudança esperada em 2012 e nada “foge” ao controle do CRIADOR… até mesmo nos “acontecimentos” nos umbrais e a ação dos magos negros são “previstas” e contribuem para o desenvolvimento do nosso planeta (os dois lados da mesma moeda)…Vejo uma “confusão” de entendimento por minha parte de um fato que era para ter ocorrido e não ocorreu (Era da Luz)… Desde já agradeço o contato.

Roger: Bom dia. O Universalismo Crístico não é uma religião, como já afirmamos em diversas oportunidades. E não analisamos o contexto universal através da ótica de uma única religião, seja ela qual for. Certamente que o evento que questiona acima é absolutamente o mesmo: a entrada da Terra na Era da Luz.

No capítulo adicional do livro “Universalismo Crístico Avançado”, que se encontra disponível para download no site www.universalismocristico.com.br, desde fevereiro de 2012, relatamos o porquê de a Terra não ter entrado na “Era da Luz”. Infelizmente, tanto este importante livro, como o seu capítulo adicional, tiveram um alcance muito restrito, mantendo as pessoas desinformadas com respeito a esta questão. Ainda mais neste ano, em que a alienação humana se agravou de forma mais determinante.

Sugiro que leia, pelo menos o capítulo adicional, disponível no site. E será fácil compreender porque continuamos marcando passo, estagnados, no processo de evolução da Terra. O período de transição prosseguirá, causando caos e distúrbios, até que ocorra o despertamento necessário para ingressarmos definitivamente nessa nova fase evolutiva, onde a Terra deixará de ser um planeta de expiações e provas para tornar-se um mundo de regeneração espiritual. Até lá, as profecias do livro do “Apocalipse” irão se confirmando, dia após dia. Entre elas, aquela que nos diz que, no fim deste ciclo, “o que é certo passaria a ser errado, e o que erado passaria a ser certo”. Basta ver a classe política de nosso país, envolta em tanta corrupção, sem nem menos se envergonhar, que isso fica muito claro aos olhos de qualquer um. Quem tiver olhos para ver que veja!

Roger Responde 262 – Qual é a “fagulha” que acenderá em nós a luz do Cristo?

262 – Pergunta (09/03/2015):  Olá irmão Roger! Talvez a dúvida, que me fez escrever essa pergunta, seja a de muitos de nós. Hoje vivemos num mundo de faixa vibratória muito baixa, embora estejamos rodeados de bons irmãos desencarnados e mentores espirituais e espíritos de luz. Presenciamos um mundo onde as vicissitudes, as baixas morais e o “mau” por assim dizer, faz parte das nossas vidas, do nosso cotidiano, dos nossos pensamentos. Me interesso muito pelo assunto, e sempre que posso leio para me informar, e “me formar” como filho de DEUS. Sou um admirador e leitor de seu trabalho, e até agora, conclui que assim como aconteceu na Tríade, que você teve a honra de habitar, está acontecendo na Terra neste momento, e num futuro (que não saberemos precisar) acontecerá com Absinto, haverá uma era que aqui denominaremos de Universalismo Crístico, onde o AMOR prevalecerá e os princípios e ensinamentos do nosso Cristo serão colocados em prática, e nós vivenciaremos tudo isso. Mas olhando para os dias de hoje, a dúvida que surge é: Onde está a “fagulha”, que acenderá em nós que ainda não temos a luz do CRISTO, que nos colocará “à sua direta”, elegendo-nos à esta fase tão sublime??? Sou um jovem de 30 anos que sonha em poder vivenciar o início dessa fase. E talvez muitos irmãos compartilhem dessa dúvida. PAZ e LUZ à todos nós !

Roger: Querido amigo, é difícil dizer o momento em que teremos uma demonstração mais clara, uma fagulha que nos faça ver de forma definitiva as mudanças que estão por vir e nos auxilie a, definitivamente, nos eleger para a Nova Era. Os dias atuais nos mostram uma tendência cada vez maior das pessoas focarem no materialismo e tratar a vida humana como resultado de algo apenas biológico, sem ter uma ligação com Deus e com o mundo espiritual. O número de pessoas que não acreditam em Deus e no plano espiritual cresce no mundo e muitos daqueles que afirmam crer, creem apenas por mera formalidade ou dentro de parâmetros absurdos e distorcidos, como é o caso do Estado Islâmico. Cada vez é menor a presença no planeta daqueles que “sentem” Deus e a Espiritualidade em seus corações, de forma lúcida. Isto é o sinal dos tempos…

No entanto, creio que isto é muito natural e em nada foge ao planejamento divino. As profecias se cumprem de acordo com o entendimento de cada um. Basta ter “olhos para ver” e “ouvidos para escutar”. João, o Evangelista, no livro do Apocalipse, nos diz que chegado o período do Grande Juízo: “o que é certo passaria a ser errado, e o que errado passaria a ser certo”. Analisando o cenário político de nosso país, vemos exatamente isto. Corruptos e corruptores justificando o injustificável. E o pior é que “cada povo tem o governo que merece”, sinalizando que os nossos governantes são um reflexo direto do nível ético e moral de seu próprio povo.

Os valores que dignificam e promovem a evolução da família Terra estão sendo esquecidos e isto gera um processo de caos e colapso a médio prazo. Esta tempestade limpará a atmosfera espiritual do planeta, trazendo uma nova aurora para a humanidade no futuro. Infelizmente a nossa humanidade ainda é muito primitiva. Assim como em Tríade ou na Atlântida do período dos Capelinos, que narramos nos livros sobre a Atlântida, é preciso um choque para resgatar a dignidade em almas primárias.

A fagulha que afirma em tua pergunta, aquela que acenderá em nós a Luz do Cristo, pode ser desperta através de uma determinada busca de conscientização espiritual e por meio do esforço em se tornar uma pessoa melhor. Este é o caminho da sabedoria e do amor. Entretanto, a grande maioria precisará de momentos dolorosos para despertar esta “fagulha crística” em seus corações. Esta é a tradição da escola Terra: evolução através de mecanismos de dor e sofrimento.

Roger Responde 256 – Documentário Data Limite, onde Chico Xavier mencionou sobre a moratória de 50 anos da Terra, segundo pedido de Jesus.

256 – Pergunta (26/01/2015):  Irmão Roger, acabou de sair o documentário Data Limite, onde Chico Xavier mencionou sobre a moratória de 50 anos. Eu particularmente não aceito isso! Na minha visão, Jesus nunca pediria isso em uma reunião dos seres/espíritos evoluídos. Jesus é tão magnânimo que possui com certeza a visão sobre o destino da humanidade e da Terra muito a frente…que imaginamos…. 50 anos de moratória !!! Há mais de 2000 anos, Jesus já previa uma série de acontecimentos…enfim… 20 de julho de 2019 acaba a moratória… sinto ! Não dá pra aceitar isso !!!

Roger: Querido irmão, entendo tua angústia e revolta. Algumas vezes, precisamos analisar as informações espirituais que surgem com calma e tranquilidade. Nem sempre se trata de má fé. Certas vezes trata-se apenas de uma interpretação equivocada ou mal compreendida, de acordo com as crenças de cada um. Eu também não creio nesta informação como ela está sendo divulgada. Jesus, assim como os psicólogos siderais que administram a Terra e o nosso Sistema Solar conhecem com grande antecedência acontecimentos de ordem global. É fácil para eles perceberem o rumo que a humanidade dará a sua evolução no decorrer dos séculos. Acreditar que Jesus foi pedir uma moratória emergencial, assim como faz o pai de família que não consegue pagar as suas contas, é, no mínimo, estranho. Ainda mais ele, que estando encarnado, previu acontecimentos próximos, como a destruição do templo de Jerusalém no ano 70, assim como os acontecimentos de “fim dos tempos” que estamos vivendo no atual período de transição planetária.

Sem dúvida, estamos em um período de alerta, devido a transição para a Nova Era que estamos vivendo. Ano 2000, 2012, 2019, 2036…. são várias datas que apontam para mudanças radicais e catastróficas, contudo, é difícil afirmar com certeza quando isso ocorrerá de forma determinante, porque o universo e as ações humanas estão em constante movimento, dado o nosso livre arbítrio para decidirmos os rumos de nossa caminhada. O que parece cada vez mais evidente é que a humanidade está precisando de uma forte chacoalhada para acordar, abandonar o materialismo doentio e despertar para os verdadeiros valores. Entretanto, essa oscilação de comportamento da humanidade encarnada não é novidade e não causa nenhuma surpresa aos emissários do Alto, muito menos ao ponto de realizarem uma reunião para discutir isto.

Observando as notícias diárias de crimes (tanto de pobres como de ricos), atos de terrorismo e vendas de “pau de selfie”, (que agora é a última moda), fica fácil constatar que realmente os tempos são chegados… Criminalidade, perversidade, imoralidade e vaidade exacerbados que fazem as histórias bíblicas de Sodoma e Gomorra parecerem contos infantis comparados com a atual realidade que estamos vivendo…

Jesus mesmo disse-nos, conforme relatado em Mateus 24-36:  “Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai.  Pois assim como foi nos dias de Noé, também será a vinda do Filho do Homem. Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio comiam e bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, senão quando veio o dilúvio e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do Homem”.

Roger Responde 233 – Mudanças no perfil da sociedade brasileira para atender as expectativas da Nova Era.

233 – Pergunta (21/07/2014): Roger, no livro A Nova Era você diz o seguinte: “Hoje em dia, o Brasil é a maior nação do mundo no que tange ao conhecimento espiritual do carma e da reencarnação, aliado aos ensinamentos de Jesus. Apesar de existirem escolas iniciáticas em outros países, o Brasil é o país que se prepara, em nível popular, a ser a nação mais espiritualizada do mundo ocidental nas próximas décadas. Quando a Nova Era começar a solidificar-se em solo brasileiro, com a reencarnação sistemática dos eleitos, serão rápidas e sem traumas as mudanças religiosas e sociais para transformar o Brasil em um exemplo para os demais povos no Terceiro Milênio. Enquanto as nações do mundo estarão vivendo o caos por manterem-se atreladas ao molde tradicional do passado, a terra do Cruzeiro do Sul estará rumando à Nova Era em todos os aspectos da vida humana, causando uma impressão de estupefação no mundo inteiro.” No entanto, vendo a situação atual do país, com tanta corrupção e mazelas na sociedade, onde o velho “jeitinho brasileiro” ainda impera, você poderia nos esclarecer como isso acontecerá?

Roger:  As mudanças tão esperadas para a Nova Era ocorrerão de forma gradual, com a reencarnação sistemática dos espíritos eleitos, aqueles que se qualificarem para a Terra regenerada. Em sua passagem pela Terra, há dois mil anos, Jesus já nos alertava que muitos serão os chamados mas poucos serão os escolhidos e que haveria a separação do joio e do trigo. E esse é o momento que estamos vivendo agora, a transição planetária de planeta de provas e expiações para planeta de regeneração.

Todos nós que estamos encarnados nesse período tão importante para a Terra estamos tendo a nossa última oportunidade evolutiva para provar que estamos qualificados para ingressar na Nova Era. Provavelmente a nossa encarnação atual será a última dentro do estágio evolutivo de provas e expiações na Terra. Infelizmente, o que vemos normalmente é as pessoas desperdiçarem essa última oportunidade evolutiva na escola terrena, perdidas em meio às ilusões do mundo material. A corrupção, a violência, o “jeitinho brasileiro”, o individualismo exacerbado, a intolerância, os desregramentos e os vícios de toda ordem são sinais de uma sociedade doente. Como disse Jesus, muitos serão os chamados mas poucos serão os escolhidos. E, assim, esses espíritos, futuros exilados, continuarão as suas experiências em outras escolas planetárias condizentes com o seu grau evolutivo, não mais reencarnando na Terra.

Com o exílio dos espíritos reprovados e com a gradual e sistemática reencarnação dos eleitos, veremos a tão sonhada transformação do planeta, e em especial do nosso país, que foi escolhido pelo Pai para ser o celeiro espiritual da humanidade, dando um firme e promissor exemplo às outras nações dos novos rumos a seguir. 

Por isso, amigos, trabalhamos com tanto empenho pelo despertar da humanidade, para colocar as coisas certas nos lugares certos, dando valor ao que realmente tem valor. Os valores crísticos, tão importantes para o nosso crescimento espiritual, não podem ser relegados a segundo plano, obscurecidos pelas ilusões da vida humana. Sejamos os trabalhadores da última hora! Aproveitemos ao máximo a experiência evolutiva que nos foi concedida por Deus neste momento decisivo para o planeta e para todos nós, porque ao finalizarmos esta atual existência, teremos selado o nosso destino.

Roger Responde 210 – Comparação entre a decadência da Atlântida em seus dias finais e o momento atual da humanidade.

210 – Pergunta (23/12/2013): Prezado Roger, este momento de transição planetária para mundo de regeneração, em sua opinião, não lembra, em certa medida, os tempos finais de Atlântida, considerando o excesso de hedonismo, a sexualidade exacerbada e a violência banalizada que se observa nas últimas décadas? Você poderia, nesse sentido, fazer uma breve comparação entre os últimos dias de Atlântida e o momento planetário atual? Muito obrigado!

Roger: Sem dúvida! E isso já era esperado. Já estava previsto caos e turbulência durante o período de transição para a Nova Era, conforme diversos relatos proféticos e mediúnicos. A aproximação de uma nova ordem mundial excita as almas que não estão em concordância com a mensagem crística. Todos os criminosos que não seguem e respeitam os valores ensinados pelos grandes mestres espirituais da humanidade, sentem, no íntimo, em seu inconsciente, que serão reprovados no grande juízo final alertado por Jesus e outros profetas. Aqueles que se colocarem à esquerda do Cristo, forem os lobos, o joio indesejado serão todos exilados para um mundo de ordem inferior para em futuras encarnações aprenderem as lições negligenciadas na Terra, conforme dissertamos com profundidade no capítulo 3 do livro “A Nova Era – Orientações Espirituais para o terceiro milênio”.

Desta forma, assim como ocorreu nos dias derradeiros da Atlântida, boa parte da humanidade ficará mais excitada e cometerá crimes hediondos como estupros, assassinatos cruéis e crimes de toda a natureza ou, então, simplesmente intensificará todo o seu egoísmo, preocupando-se somente consigo e com seus interesses. O foco principal será os interesses humanos mais vulgares como a vaidade estética exacerbada, a sexualidade incontrolável e a violência desmedida para atingir seus objetivos egoístas. O consumo de drogas se intensificará e os valores fraternos serão colocados de lado. As pessoas alienadas para com o sagrado objetivo da vida ficarão ainda mais irritadas e sem capacidade de concentração. As suas mentes ficarão aprisionadas absolutamente em seus interesses imediatistas e vulgares, como se vivessem terrível hipnose.

No sábado passado, há dois dias, fez um ano que tentamos desativar a última pirâmide hipnótica atlante, conforme relatamos no capítulo adicional do livro “Universalismo Crístico Avançado” e que está à disposição para download neste site. Naquela tentativa, ocorreu um lamentável fracasso porque a chave principal de desativação era a humanidade entrar em sintonia com a Nova Era, elevando os seus pensamentos para juntos construirmos um mundo melhor, mais humanizado e espiritualizado. Mas a grande parcela da humanidade estava, em sua grande maioria, com seus sentidos espirituais embotados e voltada para interesses frívolos. A festa comercial do Papai Noel entorpeceu o homem moderno, assim como ocorre neste ano e ocorrerá no próximo, intensificado ainda mais por copa do mundo e eleições.

Uma nova tentativa de desativar esse artefato hipnótico do mal somente ocorrerá quando a humanidade se libertar da ilusão e começar a focar no seu desenvolvimento espiritual e de valores humanos. Recebo perguntas de quando isso irá acontecer. Não sei responder. Talvez não ocorra tão cedo. Antes disso, a humanidade precisará despertar para o real objetivo da vida por meio de instrumentos dolorosos, assim como ocorreu em Atlântida. A história voltará a se repetir. A evolução pelo amor e a sabedoria continua a ter que ceder espaço para a evolução pela dor e sofrimento no planeta azul.

A era da tecnologia deveria ser uma benção para o desenvolvimento, de forma pacífica e harmoniosa, da humanidade. Mas está se tornando um elemento de acomodação e consumismo irrefreável. A situação atual é tão confortável para os magos negros que regem o astral inferior que eles nem mesmo têm se manifestado. Apenas assistem à sua vitória, tranquilamente sentados em seus tronos. Não há porque se preocuparem. O torpor da humanidade ainda durará por um longo período, atendendo aos interesses das sombras. O desgoverno mental da humanidade terrena é tão grande que nem conseguem mais ler nada produtivo. Apenas ficam olhando as imagens de fotos ou filmes que atiçam o seu interesse pela vaidade exacerbada, sexualidade ou consumismo. Temas filosóficos e profundos tornaram-se desinteressantes para a atual humanidade desse fim de ciclo.

Gostaríamos de neste final de ano fazer uma agenda positiva de desenvolvimento espiritual. O objetivo do Universalismo Crístico é este: evoluir com paz, alegria e serenidade, sem ranços ideológicos de religiões. No entanto, a imaturidade de nossa humanidade não nos deixa alternativa, a não ser emitir importantes sinais de alerta.

Roger Responde 102 – Período Transição Planetária

102 – Pergunta (28/11/2011): Boa tarde, Roger. Estou lendo seus livros e estou impressionada com as transformações que estão ocorrendo em meu íntimo após as leituras. Estou acostumada com a literatura espírita e posso dizer que o seu trabalho realmente é revolucionário e definitivamente derrama luz sobre as trevas. As suas mensagens enfatizam muito a nova era e a reencarnação sistemática dos espíritos que estão compromissados com a mudança que ocorrerá na Terra no terceiro milênio, após o período de transição em que estamos vivendo. Segundo as informações, estes espíritos já estão encarnando para começar o seu trabalho desde já, dentro do período de transição. Isso está muito claro. Aí eu penso… E nós? Nós que já estamos aqui há mais tempo (os que já estão nos 40 e além, por exemplo), como ficaremos? Não existe mais tempo pra nós? Esses ensinamentos maravilhosos que chegaram até nós desde o ano 2.000 e que estão abalando nossas estruturas … Já é tarde? Só os que estão chegando agora terão uma chance? Estou confusa com isso…
Ninguém sabe até quando permanecerá na Terra…nascimentos e desencarnações acontecem a cada minuto…aqueles que não ficarão já estão sendo transferidos para o novo planeta… os que estão nascendo mudarão a Terra. Todos terão uma chance? Você pode me esclarecer?

Roger: Obrigado pelo apoio ao nosso trabalho. Ajude-nos a divulgá-lo para que ele tenha um maior alcance. Infelizmente nosso universo de leitores ainda é muito restrito, devido a ser um trabalho independente e sem apoio direto de alguma religião específica. Como tu mesmo afirmaste, são informações importantes que precisam chegar a um número maior de pessoas para que elas tenham a consciência de optar ou não por sua transformação em busca da luz. Entramos na “era” da evolução espiritual consciente. Portanto nossa tarefa reside em mostrar o caminho; trilhá-lo ou não, depende da escolha de cada um.

Sobre a tua preocupação com relação a “chance de manter-se na Terra” da geração que antecede a chegada das crianças ditas “índigos”, não existe problema algum . Nós somos os “trabalhadores da última hora”. Estamos aqui nessa encarnação tendo a nossa última oportunidade de nos colocarmos à direita do Cristo. E isso que é realmente importante. Muitas das crianças que estão nascendo agora também ainda não estão eleitas para viver na terra do terceiro milênio. Estão, também, tendo a sua última oportunidade para conquistarem os valores da alma necessários para viver no novo ciclo de evolução da Terra.

Desde 1975 estão encarnando mais intensamente na Terra espíritos eleitos, mas ainda não são exclusivamente eles que tem nascido. Muitos espíritos endividados ainda estão voltando mesmo nos dias atuais. Por isso ainda vemos crianças demonstrando péssima índole, pois são espíritos ainda distanciados desses valores e provavelmente serão exilados para o mundo de ordem inferior que será a nova escola dos rebeldes, caso não revertam suas tendências inferiores. Da mesma forma, espíritos missionários tem descido à Terra em todas as décadas dos últimos cem anos. O que mudou é que durante a segunda guerra mundial 95% dos que reencarnavam eram espíritos endividados. Agora essa proporção está se invertendo. Na década de 2050 serão 95% de eleitos contra 5% de devedores reencarnando. Esse é o processo gradual de transição da Terra de um mundo de expiações e provas para um mundo em regeneração espiritual, tão apregoado por toda a literatura espiritualista.

E até que por volta do ano 2075 a Terra terá terminado esse período de transição para a Nova Era. A partir dessa data reencarnarão na Terra somente os eleitos. Almas sinceramente engajadas na busca de sua regeneração espiritual e conscientes do real objetivo da vida. Por enquanto, estamos todos no mesmo barco, eleitos e aqueles que ainda buscam o ingresso para a nova era. Por isso afirmo que o que importa é amarmos ao nosso próximo como a nós mesmos e buscarmos termos consciência espiritual. Se nos elegermos para ficarmos na Terra no terceiro milênio, ótimo. Caso contrário, chegaremos no novo mundo que nos servirá de escola já com um importante avanço na conquista dos valores espirituais tão necessários para vencermos nossas imperfeições. E talvez sejamos lá os espíritos maduros que começarão a transformar aquele mundo em um palco de luz para que a obra de Deus atinja seu objetivo em todo o Universo.

Roger Responde 077 – Reflexões sobre as revelações de Chico Xavier sobre o adiamento de tragédias no período de transição para a Nova Era

077 – Pergunta (06/06/2011): Roger, você já leu o texto “Folha Espírita publica revelações de Chico Xavier sobre o destino da Terra”, que está hospedado no site: http://www.vinhadeluz.com.br//site/noticia.php?id=760  ???  (Caro leitor, leia o texto do link antes de ler a resposta). Nesse texto são apresentadas informações, ditas diretamente pela santa boca de Chico Xavier, sobre o adiamento de catástrofes que ocorreriam no período de transição para a Nova Era. Irmão, o que você tem a nos dizer sobre isso?

Roger:  Fico muito feliz que informações como essa tenham chegado ao conhecimento público, ainda mais se realmente trata-se de palavras de nosso grande médium Chico Xavier. Ele, sem dúvida, é o mais brilhante canal mediúnico que conhecemos. E o mais interessante é que são informações polêmicas que até hoje em dia dividem alguns espiritualistas, mais especificamente do segmento espírita. Não me refiro àqueles que estão na busca da luz interior, em verdadeira comunhão com Deus, mas sim àqueles que mais se preocupam com a “letra que mata, do que com o espírito que vivifica”. Esses últimos, passam suas vidas questionando livros espirituais que não atendam aos seus egos escravizados por suas limitadas crenças. Um exemplo disso, é o sistemático ataque que sempre sofreram as obras de Ramatís por parte dessas pessoas de visão estreita; principalmente devido às revelações de seu profético livro “Mensagens do Astral”, recebido mediunicamente pelo médium Hercílio Maes e publicado em 1956.

Ou seja, esse livro foi escrito bem antes do ano de 1969, momento em que houve a reunião do astral, citada no texto da pergunta, dando uma moratória de 50 anos a nossa humanidade para procurar corrigir-se antes dos cataclismos de fim dos tempos. No livro de Ramatís, o sábio mentor afirma que esses acontecimentos ocorreriam no final do século vinte. E, pelo que vemos nas referências de Chico, era isso que realmente aconteceria. Se aqueles que criticam a obra de Ramatís tivessem um pouco de sensibilidade, perceberiam que um conjunto de livros com tal valor moral e com tão ricas informações jamais poderia ser obra do acaso ou de um mistificador. Certamente as Inteligências Superiores que regem o destino de nosso mundo estavam coordenando as atividades realizadas pelo médium Hercílio Maes. Se a obra de Ramatís fosse uma farsa, não estaria viva há mais de 50 anos e, logicamente, que eu não estaria dando prosseguimento ao seu trabalho inicial que agora culmina com o  projeto Universalismo Crístico na Terra, do qual Ramatís foi um dos idealizadores (através do trabalho com Hercílio Maes e, também, no astral) e agora dá a sua contribuição de forma mais indireta através de minha mediunidade, coordenada por Hermes. Logo, a obra “Mensagens do Astral” é mais atual e verídica do que nunca, basta darmos um “upgrade” nas datas referidas por Ramatís nesse livro. Vejam que as questões sobre aquecimento global e comprometimento da camada de ozônio já eram referenciadas nesse importante livro. Além de muitas outras que estão se confirmando diariamente.

Voltando ao texto, vemos que as datas mencionadas por Chico Xavier fecham muito bem. Realmente, os eventos de fim dos tempos foram adiados e, a partir da próxima década, começaram a se intensificar os sinais de efetivação da transição planetária, sendo que por volta de 2036 teremos os mais impressionantes eventos. Particularmente, não gosto de falar sobre esses temas, apesar de serem importantes para a conscientização da humanidade. Sem dúvida alguma, acho mais louvável que os encarnados evoluam por amor aos seus semelhantes, e não porque suas almas estão a risco de sofrerem graves tragédias e/ou o terrível exílio para um mundo primitivo de ordem inferior, assim como aconteceu em nosso passado, durante o exílio de Capela, e que narramos em nossos dois últimos livros sobre a Atlântida.

No final dessa resposta, nada mais posso dizer do que a clássica frase de Jesus a respeito desse tema: “Aqueles que tiverem olhos para ver que vejam. Os que tiverem ouvidos para ouvir, que ouçam.”  Enquanto os teóricos e céticos discutem  o “sexo dos anjos”, o iniciado percebe em seu íntimo os acontecimentos que estão próximos de eclodir nas próximas décadas. Mas ele não se desespera e não faz alarde, na verdade pouco se preocupa com isso, apenas procura realizar a reforma íntima tão urgente e procura despertar seus irmãos para a inadiável prática do “ama ao teu próximo como a ti mesmo e não faça aos outros aquilo que não gostaria que te fizessem.” E, certamente, as profecias catastróficas se cumprirão menos intensamente à medida que o homem compreender esse sublime ensinamento divino. As profecias são alertas de Deus, e não fatos imutáveis. E elas atuam mais intensamente justamente naqueles que mais precisam de um efetivo despertar. A dor e o sofrimento são instrumentos divinos para acordar os mais alienados com respeito aos sagrados objetivos da vida.

 

Roger Responde 069 – Transição planetária

069 – Pergunta (11/04/2011): Amigo Roger, parabéns novamente por sua última obra. Já li todos os seus livros, e o que mais me fascina é a facilidade com que você transmite as informações. É uma linguagem ao mesmo tempo simples e completa, de fácil compreensão mas rica em detalhes. Aproveito a oportunidade para lhe perguntar: Estamos adentrando numa Nova Era, como muitos já comentam. Filmes, livros e programas de televisão falam sobre o fim do mundo como o conhecemos, falam dos Maias, I Ching e tudo mais. Ramatís nas  obras de Hercilio Maes também comenta sobre o Planeta X, ou o Chupão. Os espíritas também. E você, qual  sua opinião sobre o assunto? Leio suas respostas em seu site, e vejo que você espera a partir de 2012 energias positivas para a Terra. Mas  como fica o tão esperado planeta Chupão, ou melhor, a separação do Joio e do Trigo, como aconteceu com você ( e comigo provavelmente ) na época de Capela? Não está para breve? Eu considero ter bons conhecimentos sobre o lado espiritual, a ciência e a ordem das coisas, apesar de usar esse conhecimento com pouca sabedoria. Entretanto, não tenho muita percepção mediúnica, nunca vi ou ouvi espíritos, apesar de acreditar que em muitos casos fui intuído. E é por essa intuição que acho que uma mudança radical irá ocorrer em breve, não só espiritualmente nas novas encarnações da Terra, mas fisicamente no Globo. Isso já ocorreu várias vezes, e acredito que  ocorrerá novamente, e em breve. Você não tem essa impressão?

Roger:  Obrigado pelo apoio ao nosso trabalho. Falamos sobre essas questões no nosso livro “A Nova Era – Orientações espirituais para o terceiro milênio”, durante todo o terceiro capítulo: “O exílio planetário e o seu objetivo”. Nesse capítulo falamos sobre o astro intruso e as transformações para a nova era. Somente não aprofundamos as questões mais apocalípticas porque esse não é o objetivo de nosso trabalho. O foco central de nossa mensagem é convidar os leitores a uma reforma íntima, ou seja, uma mudança de consciência. Creio que relatar catástrofes apenas atiça a curiosidade e pouco contribui para a sincera mudança interna das pessoas.

Mas, aqueles que tiverem olhos para ver, perceberão que muito do que é relatado nos livros já está acontecendo. Desde os impactos na atmosfera física e espiritual de nosso planeta até a gradual verticalização de seu eixo. E acreditamos que esses acontecimentos irão se intensificar, mesmo após a entrada da “era da Luz” em 2012. Esses são dois fenômenos complementares, mas de natureza oposta. A entrada no cinturão de fótons propiciará uma sintonia mais plena e favorável aqueles que serão eleitos, mas isso não impedirá que os habitantes da Terra resgatem os seus carmas coletivos. Na década de 2030 provavelmente ocorrerão as maiores tragédias, época em que passará bem próximo à Terra o asteroide Apophis. Após esse período, a humanidade terrena começará a subir definitivamente o seu padrão vibratório, permitindo-nos vislumbrar a futura Terra dos eleitos do Cristo, tão sabiamente profetizada por Jesus, quando nos disse: Bem aventurados os mansos, porque eles herdarão a Terra.