Category Vibração Coletiva

A Gratidão Sob Um Novo Olhar

Desde pequenos somos
ensinados a agradecer por aquilo que as pessoas nos proporcionam, seja um
favor, uma gentileza, um presente, etc. Quando imbuídos em alguma crença
espiritualista aprendemos também a agradecer a Deus pelas graças que
alcançamos, ou por aquilo que temos. Habituamo-nos a agradecer, a dizer
obrigada, acontece que, em poucas vezes, realmente sentimos e vivenciamos a
verdadeira gratidão.

Quando pronunciamos o
obrigado de maneira mecânica, não passamos pelo processo do sentir, agradecemos
porque faz parte da etiqueta, faz parte da nossa educação agradecermos a alguém
que nos beneficia de alguma forma. A gratidão vista sob um novo ângulo nos
impulsiona a um processo de reflexão sobre os acontecimentos, nos proporciona o
agradecimento até mesmo para as situações difíceis em que nos encontramos, nos
leva a aceitar que não estamos no comando de tudo, e que tudo o que vivenciamos
nos serve como forma de aprendizado, de desenvolvimento.

A gratidão tem uma
relação direta com a felicidade, pois nos torna mais fortes para lidar com as
adversidades da vida. Começamos a olhar de forma inteligente para tudo o que
nos acontece, nossos algozes se tornam professores, nossos problemas se
transformam em soluções. Não é aceitar tudo o que nos acontece de forma passiva
e indiferente, como se os acontecimentos não nos afetassem, mas sim tirar o
melhor de qualquer vivência, aprendendo a enxergar a oportunidade de
crescimento que nos foi proporcionada.

Especialmente neste
ano de 2018, em meio ao panorama social, econômico e político do nosso país,
aumentamos as queixas e lamentações e o agradecimento tornou-se escasso, mas a
vida nos ensina que precisamos fazer das dificuldades, oportunidades de mudança
(de sair da nossa zona de conforto).

Por isso, caros
amigos, gostaríamos de encerrar esta mensagem importante convidando todos vocês
a olharem com carinho para os acontecimentos de suas vidas, para que tentem
enxergá-los de uma forma diferente, para que a hora de agradecer não seja mecânica
e, consequentemente, transborde sentimento. Desta forma, seguiremos em frente em
2019 ainda melhores e mais fortes, pois a gratidão é mágica e gera coisas
maravilhosas em nossas vidas.

Então vamos
aproveitar e agradecer, vivenciando verdadeiramente a gratidão, repetindo 3
vezes as palavras “sou grato”: “Sou grato, sou grato, sou grato!”

Muita paz e luz!
Gratidão por estarem junto conosco nessa vibração de amor!

Vibração Coletiva (20/01/2021) – A gratidão sob um novo olhar

A Gratidão Sob Um Novo Olhar

Desde pequenos somos
ensinados a agradecer por aquilo que as pessoas nos proporcionam, seja um
favor, uma gentileza, um presente, etc. Quando imbuídos em alguma crença
espiritualista aprendemos também a agradecer a Deus pelas graças que
alcançamos, ou por aquilo que temos. Habituamo-nos a agradecer, a dizer
obrigada, acontece que, em poucas vezes, realmente sentimos e vivenciamos a
verdadeira gratidão.

Quando pronunciamos o
obrigado de maneira mecânica, não passamos pelo processo do sentir, agradecemos
porque faz parte da etiqueta, faz parte da nossa educação agradecermos a alguém
que nos beneficia de alguma forma. A gratidão vista sob um novo ângulo nos
impulsiona a um processo de reflexão sobre os acontecimentos, nos proporciona o
agradecimento até mesmo para as situações difíceis em que nos encontramos, nos
leva a aceitar que não estamos no comando de tudo, e que tudo o que vivenciamos
nos serve como forma de aprendizado, de desenvolvimento.

A gratidão tem uma
relação direta com a felicidade, pois nos torna mais fortes para lidar com as
adversidades da vida. Começamos a olhar de forma inteligente para tudo o que
nos acontece, nossos algozes se tornam professores, nossos problemas se
transformam em soluções. Não é aceitar tudo o que nos acontece de forma passiva
e indiferente, como se os acontecimentos não nos afetassem, mas sim tirar o
melhor de qualquer vivência, aprendendo a enxergar a oportunidade de
crescimento que nos foi proporcionada.

Especialmente neste
ano de 2018, em meio ao panorama social, econômico e político do nosso país,
aumentamos as queixas e lamentações e o agradecimento tornou-se escasso, mas a
vida nos ensina que precisamos fazer das dificuldades, oportunidades de mudança
(de sair da nossa zona de conforto).

Por isso, caros
amigos, gostaríamos de encerrar esta mensagem importante convidando todos vocês
a olharem com carinho para os acontecimentos de suas vidas, para que tentem
enxergá-los de uma forma diferente, para que a hora de agradecer não seja mecânica
e, consequentemente, transborde sentimento. Desta forma, seguiremos em frente em
2019 ainda melhores e mais fortes, pois a gratidão é mágica e gera coisas
maravilhosas em nossas vidas.

Então vamos
aproveitar e agradecer, vivenciando verdadeiramente a gratidão, repetindo 3
vezes as palavras “sou grato”: “Sou grato, sou grato, sou grato!”

Muita paz e luz!
Gratidão por estarem junto conosco nessa vibração de amor!

Vibração Coletiva (13/01/2021) – O amor ágape

O Amor
Ágape

Convidamos a todos
irmãos a nessa semana vibrarmos nas energias mais sublimes do amor!!

O amor ágape é aquele
amor despreocupado, o amor sem esperar nada em troca, aquele que doamos e
recebemos sem preconceitos, aquele que nos faz sorrir por dentro, que aquece a
alma ao encontrar os seres amados, sejam ele materiais ou imateriais, racionais
ou irracionais.  

O amante do mundo se
entristece com as maldades de nosso mundo, mas sempre carregando a certeza e a
fé de que nada e nem ninguém colherá nenhum fruto que não plantou, seja ele bom
ou ruim. Aprende a olhar o lado bom de suas vidas e das situações que passa e
por isso passa a observar as coisas e as pessoas ao seu redor com brilho nos
olhos.

Nosso mundo se torna
abençoado quando amamos ao próximo com desvelo, aceitamos as suas diferenças e
entendemos que só o tempo e as experiências da vida imortal irão fazê-lo
evoluir.

Há muito tempo
recebemos ensinamentos de seres de todas as ordens nos mostrando exemplos de
onde cada caminho pode nos levar, basta que façamos nossa escolha. Para quem
escolheu ouvir o seu coração e trilhar o caminho do amor, agora é necessário
colocá-lo em prática sem maiores intenções do que sintonizar-se nessa vibração
elevada.

Normalmente o que faz
com que as pessoas já desde pequenas deixem de colocar em prática as atitudes
mais sublimes é o fato de não receberem a mesma gentileza com o mesmo sorriso
de volta, ainda pelo contrário, são recompensados com ingratidão e
desconfianças. Por isso que trazemos à tona o amor ágape que é incondicional e
voluntário.

O Apóstolo Paulo descreve o amor como segue: “O amor (ágape) é paciente, o amor
é amável. Sem inveja, ele não tem ostentação, ele não é orgulhoso. Não é rude,
ele não é interessado, ele não se irrita facilmente, ele não mantém nenhum
registro dos erros. O amor não se deleita com o mal mas rejubila com a verdade.
Protege sempre, confia sempre, sempre tem esperança, sempre persevera. O amor
nunca falha.”
(I Coríntios, 13, 4:8).

Certamente esse é um
dos tipos de amor mais difícil de colocar em prática, pois no mundo em que
vivemos as pessoas se desacostumaram a auxiliar sem interesses, agem conforme a
maioria. Então se alguém desconfiar de suas boas intenções, trabalhe a
tolerância que também significa amar ao próximo e dê tempo ao tempo, pois será
somente diante da observação da sua conduta reta em prol de seus semelhantes
que os outros lhe aceitarão com tranquilidade que você é uma pessoa feliz que ama
por ter aprendido o dom de amar e por estar caminhando para os braços de nosso
Pai, que é puro amor e ternura. Se aprendermos a viver assim, essa será a
herança significativa que deixaremos para todos que passarão por nossas vidas.

No Sermão da Montanha Jesus diz: “Ouvistes dizer: ‘amarás (ágape) teu irmão e odiarás
teu inimigo’, mas eu vos digo: amai (ágape) vossos inimigos, fazei o bem aos
que vos odeiam, e orai por aqueles que vos perseguem e maltratam, pois deste
modo sereis filhos de vosso Pai nos céus, aquele que faz com que o sol se
levante sobre o mau e sobre o bom, e faz chover sobre o justo e sobre o
injusto. Se amais apenas aqueles que vos amam, que recompensa tereis?”

Que todos tenham uma
semana super iluminada de muita prática do amor ao próximo e compaixão para com
aqueles que ainda não sentem em seu íntimo o amor de Deus em seus corações.

Paz e Luz a todos!

Vibração Coletiva (06/01/2021) Sempre é tempo de renovação

Sempre é Tempo de Renovação

Queridos
amigos de caminhada, neste fechamento de ciclo convidamos a todos a realizar
uma retrospectiva de como foi o seu ano e a refletir sobre o porquê comemoramos
esse momento de virada de ano.

O Reveillon
seguido do Natal em sua essência é uma data puramente reflexiva, mas devido a
correria de nossos dias, fazemos tudo no automático e infelizmente em todas as
comemorações o que acaba predominando são as superstições sem reflexão, os
banquetes exagerados e as drogas de todos os tipos, em uma tentativa
desenfreada de “curtir” a vida e de “ser feliz”.

Mas afinal,
por que há tanta festa na virada de cada ano? E a divisão de tempo da Terra que
guia o nosso dia-a-dia e que faz com que tenhamos datas, como foi criada? Para
que servem os segundos, minutos, horas, meses e anos em nossa existência?

Deus criou
a terra e os homens com inteligência para que pudessem, através dos meios
oferecidos, se desenvolverem moralmente. O tempo, da forma que utilizamos é
totalmente material, é uma invenção terrena criada para a organização da
sociedade. Ao longo dos anos o homem foi evoluindo e devido à herança de seus
antepassados é que, a cada nova encarnação não existe a necessidade de tudo
aprender e construir, pois todo o legado adquirido permanece, sendo deixado
para a família e para a humanidade.

Seria muito
difícil pensar nossos dias sem a marcação do tempo, tudo o que fazemos é
baseado nele, desde a hora em que acordamos até a hora que vamos dormir. Dois
astros principais norteiam os nossos chamados dias e noites, são eles, o Sol e
Lua. Na época em que não existia a eletricidade, mais difícil era de as pessoas
permanecem acordadas durante as noites, pois sem a luz do sol tudo fica mais
difícil, as ruas escurecem e a locomoção torna-se penosa. Nosso corpo necessita
de um descanso, caso não o façamos desfalecemos e com a escassez de atividades
que poderiam ser realizadas à noite acabamos tendendo a realizar esse descanso
no período da noite, por uma questão lógica.

Esse nosso
descanso é o nosso encontro com o plano espiritual, nos separamos de nosso
corpo físico e nos religamos com a nossa verdadeira morada. É onde o realizamos
de acordo com o nosso nível de evolução, se estamos muito imbuídos na carne e
nos prazeres materiais, iremos realizar todos os nossos desejos em um plano
inferior e com espíritos afins, já se estamos buscando a nossa melhora e
sintonizados com a luz, buscaremos nos instruir, assistindo palestras
encontrando seres que nos auxiliarão em nossa caminhada terrena, fazendo com
que nossos momentos de dificuldades tornem-se menos complicados. Todos sem
exceção, descansam corpo e mente, mas de acordo com nossos pensamentos e
atitudes, podemos aproveitar para reequilibrar também a nossa alma e nos
religar com a nossa essência. Deus permite que a cada amanhecer tenhamos uma
nova oportunidade, uma nova oportunidade de fazer diferente e de recomeçar.

Então é
refletindo sobre os porquês da vida que ampliamos a nossa consciência e
enxergamos a nossa pequenez diante do Criador, que tudo fez da forma mais
perfeita para que pudéssemos evoluir com o nosso próprio esforço, aprendendo
aos poucos o que é o bem e o mal e optando por um dos lados. Ele criou o nosso
planeta com tudo o que existe, o céu, a terra, o mar, os minerais, os vegetais,
os animais, e nós seres humanos. Somos criações divinas que com o uso de nossa
inteligência, desenvolvemos a nossa sociedade a partir de tudo o que ele nos
ofereceu, tudo o que utilizamos, toda criação do homem surge a partir de
elementos da criação divina, só que por muitas vezes nos esquecemos disso e nos
achamos ser muito maiores do que realmente somos.

O ano novo
nada mais é do que a oportunidade que nosso Pai já nos oferece a todo
amanhecer, mas com uma força a mais de que todos as pessoas à sua volta estão
envolvidos com esse mesmo espírito de renovação, reunidos em família ou entre
amigos, prontos para se melhorar e correr atrás de seus sonhos. Normalmente
veste-se com a cor branca, que auxilia na troca de energia de nosso ser. Tudo
se torna propício.

Aproveitem
essa magia para mudar os pensamentos e em seguida mudar os hábitos, enxerguem
os erros e momentos tristes do passado como uma escada de crescimento que fez
com que vocês chegassem até aqui hoje. Respire fundo e siga em frente, olhe
sempre para o lado para ver que não é só em seu caminho que aparecem pedras,
são elas a chave de nossa evolução, só temos que saber utilizá-las para o nosso
crescimento, caso contrário elas nos afundam no mar da tristeza e do tormento.
Tudo tem dois lados e sempre temos a opção de escolher qual seguir, viver
sorrindo ou chorando, só depende de cada um de nós. Sejamos felizes e lutemos
pelos nossos sonhos que são o combustível de toda mudança.

Agradeçam pelo que vocês têm e não se esqueçam NUNCA, que todo dia
ao acordar estamos recebendo uma nova oportunidade. Que todos tenham uma ótima
virada de ano de muita renovação, paz, luz e autoconhecimento. É o que deseja
do fundo do coração toda a família do Universalismo Crístico!!!

Fiquem
com Deus e a paz de todos os anjos do céu.

Vibração Coletiva (30/12/2020) – Paz mundial

Paz Mundial

Em meio a
tantos novos conflitos que inviabilizam a paz na terra, convidamos a todos que
sonham com um mundo melhor, a vibrar pela paz no mundo.

Sabemos que
não é tão fácil pensarmos nesse novo mundo, sem ter a sensação de que essa seja
uma vibração utópica. Iniciamos então imaginando esse mundo dos sonhos… um
mundo sem guerras, sem violência, sem disputas pelo poder, sem maldade, sem
tristeza, sem doenças, sem fome, sem egoísmo, um mundo sem desigualdade.

Mas como
mudar tudo isso? Quando pensamos no que falta para o mundo ser assim, já
terceirizamos a culpa de todos os problemas que existem para os governantes e
passamos a reféns deles, mas, talvez essa não seja uma verdade absoluta…

É por isso
que sugerimos iniciarmos essa reflexão pelo nosso próprio mundo. Por mais que
tentamos também repassar a culpa de nossos problemas pessoais para familiares e
amigos, se formos sinceros, admitiremos que temos muito a melhorar em nós
mesmos.

A base do
Universalismo Crístico nos indica a reforma íntima de cada ser, mostrando que
esse sonho de um mundo melhor, pode se tornar realidade, basta que cada um faça
a sua parte. Como sonhar com um mundo inteiro sem guerras, se a cada dia
vivemos uma batalha interna com nós mesmos?

Como
podemos desenvolver a nossa paz interior? Se cada um iniciar melhorando a si
próprio, ficaremos em harmonia conosco, nos sintonizando com o que há de melhor
em nós, essa paz será transmitida a nossos familiares, criando assim uma
egrégora de luz em nossos lares, que será transmitida aos vizinhos, aos amigos
e assim consecutivamente.

Vamos
colocar a mão na consciência e começar a trabalhar com as ferramentas que temos
em à nossa disposição! Amor meus irmãos, amor é a chave do progresso do ser e
de toda a humanidade. Quando você se ama, ama o seu próximo, faz de tudo para
melhorar-se, fazendo os seres amados felizes e impulsionando automaticamente a
evolução de seus semelhantes.

Lembremos-nos
da lição de nosso grande Mestre Jesus: Amar a Deus sobre todas as coisas e ao
próximo como a si mesmo. Essa máxima ainda continua viva, pois apesar de
simples, desde que nos foi apresentada, até hoje não conseguimos colocá-la em
prática.

Que nesse
ano de 2020 tenhamos compreensão com o próximo, respeito e amor com o outro,
com nossos irmãos de caminhada.

Quando toda
a humanidade conseguir cumprir essa lei, conseguiremos conquistar a tão sonhada
PAZ MUNDIAL.

Paz e Luz a
todos!

Vibração Coletiva (23/12/2020) – Natal de luz

Natal de Luz!

Amados irmãos, encontramo-nos no final de mais um
ano, e com ele deparamo-nos com as festividades relativas a esse período de
sublime oportunidade. É tempo de refletirmos, revermos atitudes e nos
conectarmos com nossos princípios e motivações, renovarmos nossa fé e
modificarmo-nos internamente. Nessa semana, através do Natal, celebramos o
nascimento de nosso maior exemplo, do homem que apresentou o amor à humanidade:
Jesus. Convidamos a todos para que nesta semana, concentremos nossas vibrações
para emanarmos luz à nossa consciência e a de todos os homens, esclarecendo-nos
dos reais valores dessa data tão especial e reformadora.

Infelizmente, ainda nos deparamos com uma
sociedade presa aos valores materiais e as convenções impostas, sem que se
apercebam da importância que o Natal possui e da verdadeira intenção em
comemorarmos essa data. O verdadeiro significado do Natal é o nascimento de
nosso amado irmão Jesus, que nos convida a praticar sua maior mensagem, o amor
por todos os seres.

Jesus legou à humanidade o mais belo tesouro de todos os tempos, a
lição do amor. Sua vida, do nascimento à morte, foi demonstrar o amor em sua
totalidade, para toda a sua família, a humanidade. Sua mensagem era direcionada
a todos os seres, nos diferentes estágios evolutivos, servindo as multidões e
ensinando-lhes, com palavras sábias e profundas, porém acessíveis ao povo, o
caminho da evolução através do amor. Tinha o dom de extasiar as almas, através
de suas palavras que entoavam a poesia dos céus. Os homens, desejosos para
aprender com o Grande Mestre, ansiavam o consolo de suas feridas morais, e
ouviam-lhe atenciosos.

Não há, em toda nossa história, alguém que trouxe tamanha
revolução, verdade e amor em suas palavras e em sua conduta.  Ele é nosso
grande exemplo, o maior avatar já enviado à Terra por nosso Pai, com a excelsa
missão de nos esclarecer e de nos mostrar o caminho através da luz de seus
passos. Sua sublime mensagem guia e ilumina o homem através dos tempos, e
proporciona ainda hoje, as mais profundas reflexões para toda a humanidade.

Portanto, através do maior exemplo que nos foi enviado, comemoremos seu
nascimento no Natal, motivando-nos a amar, doar e perdoar. Lembremo-nos que Ele
é o motivo do Natal existir e sem reflexão e a lembrança de seu legado, esse
dia torna-se vão, sem sentido.

“…o Natal
de Jesus é sempre renovador convite a uma releitura da Sua mensagem, a novas
reflexões em torno das Suas palavras de luz, à revivescência dos Seus projetos
de amor para com a Humanidade.” Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo
Franco.

Utilizemo-nos
dessa data para dedicarmos um tempo à reflexão das nossas atitudes, dos nossos
pensamentos, do nosso convívio com os outros irmãos, e de tudo o que realizamos
em nossa vida. Motivemo-nos a corrigir nossas imperfeições e utilizemo-nos da
oportunidade que nos é dada por Nosso Senhor, em cada dia que renasce, para
modificarmos nossas atitudes através dos ensinamentos de nosso amado Jesus. Que
sua Luz ilumine nosso trilhar, enchendo-nos de vigor; Que seus ensinamentos
instalem-se em nossos corações; Que suas palavras inundam nossos ouvidos e
almas.

Desejamos a
todos nossos companheiros e amigos, que acompanham o trabalho do Universalismo
Crístico, nos apoiando e nos trazendo motivações para continuarmos com afinco essa
missão, que se sintam renovados nesse Natal, que persistam no caminho do
aperfeiçoamento e do conhecimento pessoal e que nosso Irmão Maior ilumine-os,
com sua luz de extremo amor e bondade. Que o amor de Jesus encontre morada em
seus corações, e que esse Natal ganhe um novo significado na sua vida, e na
vida de toda a humanidade. Deixe a sua luz brilhar e iluminar todos a sua
volta, para que possa semear a paz e vivenciar o amor universal.

A todos, um
NATAL DE LUZ!

Vibração Coletiva (16/12/2020) – Consumismo

Consumismo

Meus irmãos, nesta
semana focaremos os nossos pensamentos e vibrações para mentalizarmos acerca
dos vícios de consumo.

Vivemos em um período
em que o “Ter” está sobrepujando o “Ser”, as pessoas estão mais preocupadas em
ter o último aparelho tecnológico, o último carro do ano, as últimas tendências
de mercado e com isso vão se alienando cada vez mais naquilo que não eleva a
alma, o fazendo desligar-se da verdadeira essência em que o tornará uma alma um
pouco mais evoluída de quando aqui neste mundo tridimensional chegaste quando
reencarnou.

É comum vermos as
pessoas se afundando em gastos materiais desnecessários para preencher suas
ânsias e seus vazios internos, extravasam comprando o que poderiam gastar suas
energias para ajudar aos irmãos menos favorecidos ou em algo para deixar este
mundo um pouco melhor quando daqui partir.

Vale lembrar que não é
errado possuir os bens materiais, pois se eles existem e a espiritualidade
libera para que usufruamos, é porque se torna apenas um material de apoio que
nos ajudará enquanto estagiamos nesta escola terrestre em nosso período
expiatório. É como se o aluno fosse para a escola, e desse mais importância ao
seu material escolar do que ao professor que lhe ensina o conteúdo que o fará
crescer moralmente e espiritualmente.

Devemos nos perguntar
sempre quando estivermos a ponto de gastarmos com algo que certamente será um
supérfluo, “Eu realmente preciso gastar com isso?”, “O que eu possuo não está
servindo mais?”, “O quê internamente está me faltando, e que está me fazendo
gastar com isso?”, “Beneficiará outras pessoas também?” e assim por diante.

Meditarmos quando
formos gastar ou empreender em algo, e fazendo escolhas conscientes que não impacte
negativamente em nosso ecossistema e que prejudique o próximo.

O mundo material está
aqui para nos servir e não nós servirmos a ele.

Alienarmo-nos com o que
não nos engrandecerá a alma nos fará estacionarmos no caminho evolutivo de nos
tornarmos espíritos melhores.

Concentremo-nos em
amealharmos tesouros internos que a ferrugem não corrói e a traça não come a
aqueles que são perecíveis com tempo e que o pó leva embora.

Reflitamos meus irmãos,
como estamos nos relacionando com o mundo material que nos cerca e com aquilo
que está em nossas mãos para nos auxiliar nesta etapa de aprendizado neste
mundo. Está positivo ou está negativo?

Paz e Luz para Todos!

Vibração Coletiva (09/12/2020) – Mudanças internas

Mudanças
Internas

Queridos
irmãos de jornada, nesta semana iremos meditar sobre o progresso que estamos
realizando para as mudanças internas que precisamos fazer em relação aos nossos
defeitos e imperfeições de nossa alma.

Para que
transformemos os nossos defeitos e imperfeições, primeiramente precisamos ter o
autoconhecimento sobre nós com muita sinceridade e humildade. Reconhecermo-nos
falhos não é nenhum defeito, pois indicará que podemos mudar e fazer diferente.
Defeito sim será, se estivermos cientes deles e não procurarmos mudar e usá-los
como uma desculpa, uma “muleta”, para as nossas atitudes enfermiças.

As ilusões
humanas fazem com que nos distraiamos desta busca interna em favor de nosso
progresso moral e espiritual para tornarmos pessoas melhores.

Na Nova Era, é imprescindível que
empreendamos a nossa reforma íntima sincera e consciente para atingirmos a
evolução proposta pelo Mais Alto. Isso significa promover verdadeiramente
mudanças em nosso interior, de dentro para fora, ou seja, que nos tornemos
agentes ativos da transformação de nosso mundo interno e, paulatinamente, do
mundo externo
”. Do Livro Universalismo Crístico Avançado/Roger Bottini
Paranhos.

Perguntemo-nos:
Como tenho tratado as pessoas com as quais tenho me relacionado? O problema são
elas ou sou eu mesmo(a) que me sinto incomodado(a)? Quais as razões que me
levam a acreditar que o problema são as outras pessoas? Qual é a dificuldade
que tenho para admitir que aquilo que me incomoda no outro é o mesmo defeito
que possuo? O que tenho feito para mudar isso? Meus irmãos, as respostas sempre
estarão em nosso interior, é só parar e meditar um pouco sobre nossas atitudes.
É um erro procurar jogar toda

a
responsabilidade nos ombros das outras pessoas que fazem parte de nosso
cotidiano ou não.

Lembremo-nos
do amado mestre Jesus, que proferiu este ensinamento, “Enxergas o cisco no olho
de teu irmão, mas não vês a trave em teus próprios olhos”, façamos um estudo
sincero de nossos atos e percebamos os pontos a serem mudados e nos observarmos
às vezes em que formos cometer os mesmos erros novamente, se ao invés de
reagirmos, nos calarmos e nos interiorizarmos, com isso mudaremos e quebraremos
os padrões equivocados. Mas para isso, temos que perseverar nas nossas decisões
de verdadeiramente mudar.

Não
esquecermos que nosso mundo externo é um reflexo dos sentimentos que levamos em
nosso interior. Se é de guerras, só guerras veremos; se é de tristezas e
tragédias, só tristezas e tragédias veremos e assim por diante. As mudanças
primeiramente começam conosco, para depois se refletirem no mundo exterior.
Reflitamos sobre isso meus irmãos.

Nada vale
cobrarmos dos outros, por aquilo que não estamos dispostos a mudarmos em nós
mesmos, somos espelhos uns dos outros, e que possamos sempre estarmos dispostos
a aprender com os nossos defeitos.

Somos todos
um, a tua mudança inevitavelmente semeará a mudança no teu próximo e
consequentemente a mudança no nosso mundo.

Paz e Luz a
Todos!

Vibração Coletiva (02/12/2020) – Somos todos um

Somos
Todos UM

Todos os homens foram divinamente criados, igualmente, simples e
ignorantes. Todos partiram do mesmo princípio, e todos rumam para o mesmo ponto
de chegada. Somos perfectíveis, e possuímos igual aptidão para tudo adquirirmos
e tudo conhecermos. Dispomos do livre arbítrio, o que nos torna diferentes, já
que temos o poder da escolha e da mudança dos nossos caminhos. Dessa forma,
cada um de nós ruma por trilhas diferentes e encontra-se em níveis distintos de
elevação moral e intelectual. Porém, naturalmente, um dia nos encontraremos, já
compreendendo a filosofia divina, com o amor preenchendo nossas almas, e assim
seremos um, unidos ao nosso Pai de infinita bondade.

Convidamos nossos amados irmãos para que nessa semana concentrem seus
pensamentos e energias salutares em direção a união fraternal de toda a
humanidade, visando o despertar da consciência de cada ser humano, para que
ampliem suas visões e compreendam que cada um de nós fazemos parte de uma única
família universal. Que a visão embaçada promovida pela ignorância e o
preconceito possa ser corrigida com as lentes da sabedoria e da compreensão,
para que todos enxerguem que o único caminho é o do bem, o do amor e o do
respeito integrais a cada ser.

Quando compreendermos verdadeiramente a máxima “Amar ao próximo como a
nós mesmos”, sentiremos vibrar em nosso íntimo a força unificadora provinda de
nosso Pai Maior. Para exercitarmos essa máxima, precisaremos vivenciar
diariamente o desprendimento de nossos preconceitos, aceitando, respeitando e
compreendendo as diferenças daqueles que nos cercam, englobando e realizando o
que significa o elevado conceito de alteridade.

No lugar de tentarmos mudar as pessoas, e não aceitar seu modo de pensar
e suas atitudes, procure entender seus motivos e limitações, e aceite-a como
ela é. Inverta seu pensamento, veja que você não possui capacidade para mudar o
outro, mas que ao contrário, você possui plena capacidade de mudar a sua forma
de pensar, de agir e de sentir. Este é o segredo da harmonia do bem conviver.

Não podemos jamais mudar alguém, para que se torne quem queríamos que
esse alguém fosse, porém, podemos auxiliá-lo em seu despertar, colocando-nos na
posição de “educadores”, tendo a visão de que sempre podemos passar
ensinamentos as outras pessoas. Todos nós temos a responsabilidade de
auxiliarmos os irmãos que nos cercam, estendendo caridosamente nossas mãos, e a
primeira e melhor forma de ajudar é dando nosso exemplo, através das nossas
atitudes e palavras. Entretanto, devemos ter sempre a humildade em saber que
assim como podemos ensinar, também estamos sempre na posição de alunos,
aprendendo lições de crescimento e amadurecimento, provindas de quaisquer
pessoas.

Tenhamos a certeza de que quando o ser humano compreender a força que há
na união, perceberá que mesmo entre tantas diferenças somos todos iguais,
aprenderá a respeitar e conviver com as diversidades, para assim construirmos
um mundo de amor, estaremos aí rumando no caminho reto, no caminho que nos leva
ao nosso Pai. Encontraremos a felicidade na Terra quando o homem perceber que o
auxílio recíproco é o recurso de que precisamos para conquistarmos o equilíbrio
entre todos. Enquanto existir discriminações, segregações, intolerâncias,
ganância pelo poder e tantas discrepâncias sociais, ainda teremos dor e
sofrimento, até o dia do inevitável despertar.

Acredite sempre no poder dos pequenos gestos de bondade e de amor, pois
por mais insignificantes que possam parecer, são como notas musicais da grande
sinfonia da vida vibrando no universo.

Assuma parte dessa grande orquestra do amor universal contribuindo como
puder, pois juntos somos mais fortes, somos um!

Paz e Luz a todos!

Vibração Coletiva (25/11/2020) – Preconceito e intolerância

Preconceito e intolerância

Queridos irmão da senda evolutiva,
propomos para esta Vibração Coletiva vibrarmos contra o preconceito e a
intolerância, sentimentos ainda tão vivos na nossa sociedade. Queremos alcançar
a graça de um dia podermos viver em um mundo onde sentimentos e atitudes que
sejam contrários aos ensinados pelo Cristo já não existam. O preconceito e a
intolerância são males que devem ser combatidos para que possamos buscar uma
sociedade igualitária!

Vivemos tempos em que o preconceito, o
racismo, a intolerância, parecem ter sido normalizados; a cada dia vemos nas
mídias notícias aterradoras que assustam aqueles que tentam vivenciar as lições
do Cristo.

Por isso, vibremos por aqueles que
sofrem na pele as atrocidades e por aqueles que ainda estão cegos.

Enquanto houver um ser humano insensível
às dores alheias, cego pelas artimanhas das trevas, estaremos longe de
alcançarmos o ideal de vida, onde todos respeitarão o próximo!

Nas palavras de Jesus: “ Amai-vos uns
aos outros, como eu vos amei!”, o amor ágape!

Quando ninguém fizer ao outro aquilo que
não querem que façam para si, estaremos prontos para a Nova Era, onde o “amai
ao próximo como a si mesmo” será corriqueiro e cotidiano!

Amigos de caminhada, a vida nos mostrou
que muitos irmãos foram tomados pela ignorância trevosa, e cabe a nós, que
ainda vibramos em Cristo, por palavras e ações, buscarmos esses irmãos para a
Luz!

Hoje propomos que a Vibração Coletiva seja
por aqueles que lutam contra o preconceito, racismo e intolerância!

Paz e Luz a todos!

Vibração Coletiva (18/11/2020) – Reforma íntima

Reforma Íntima

A vida, as vivências e convivências são grandes oportunidades de
aprendizado. A nossa passagem pelo planeta é oportunidade oferecida para o
aperfeiçoamento de nossa alma eterna e nos oferece, dia-a-dia, ocasiões
favoráveis para o exercício da paciência, da tolerância, do autoconhecimento,
da gratidão, do reconhecimento, do amor e do aprendizado constante.

Em criança, somos como folha branca recebendo as mais variadas
cores, por meio das atitudes de nossos pais que forjam nossa personalidade e
caráter. Nossos filhos repetem nossas falas, nossos gestos, mesmo que
inconscientemente. Pare e observe quanto das suas respostas seu filho ou filha
repetem; quanto das atitudes que tens perante cada situação são repetidas pelos
seus filhos. As palavras utilizadas, o carinho com pessoas e animais ou mesmo o
maltrato com pessoas e animais, o desejo de vingança…

É essencial que acordemos, que avaliemos o tratamento que
oferecemos a outrem. Será que existe nesse ato bondade, respeito, gentileza,
amor que contribuem para o exercício da paz?

Tenho exercitado a tolerância com o erro do próximo? Não raro nos
pegamos recriminando outrem por uma atitude que nos parece agressiva,
desleixada, descuidada, maldosa, porém, em seguida estamos tendo a mesma
atitude. Por que devo estar sempre certo ou por que somente o que faço é que
está correto?  

Amigos, vibremos para que possamos expandir nossa consciência e
com isso, estejamos sempre vigilantes com nossas atitudes, retomando sempre o
caminho da transformação interior.

Paz e Luz a todos!

← Previous Page