Tag Moisés

283 – Pergunta (21/12/2015):  Roger, eu já havia lido a suas duas obras, Moisés I e Moises II, e recentemente li o Faraó Merneptah de Rochester. Li a sua resposta de número 25 que explica a divergência dos dois livros, mas eu quero te questionar um ponto específico. Você disse que tanto as suas obras como as da autora Vera Krijanovskaia podem ter sofrido influências e, portanto, devemos nos ligar apenas no essencial. Porém, ao meu ver, o fato de Moisés ter tido o aval da espiritualidade ou ter se excedido no cumprimento de sua obra e o fato de ele ter usado mais de embustes, como Rochester relata, do que de fenômenos naturais são duas diferenças que mudam a minha compreensão de carma e mudam a minha compreensão de como foi o projeto da espiritualidade para nós e pra mim essas são questões essenciais. Portanto, quando você diz que Moisés realizou a sua tarefa por amor e não por vaidade e que estava alinhado aos planos da espiritualidade maior; como médium e escritor do livro você pode afirmar, nesse ponto, que essa é uma verdade ou isso pode estar errado por uma captação distorcida do que aconteceu por vias mediúnicas?

Olá Roger! Eu já lhe fiz várias perguntas ao ler os livros: Akhenaton, Moisés o Libertador do Egito, Moisés em Busca da Terra Prometida, a História de um Anjo e os dois sobre Atlântida e já conversamos quando você esteve aqui fazendo uma palestra. A minha pergunta é a seguinte: É verdade que a arca da aliança foi encontrada?

Roger: Sim. A sua pergunta é muito pertinente. Na resposta da pergunta número 25 não quis ser mais enfático para não ser visto como um “dono da verdade” ou algo assim. Realmente se a versão do livro de Rochester for verdadeira, Moisés não estaria à altura da missão designada a ele pela Alta Espiritualidade. Inclusive, talvez, ele nem seria um enviado de Deus para realizar a grande obra que realizou. Lembrem-se sempre que Moisés foi a base, o criador, das três maiores religiões monoteístas do mundo: o Judaísmo, o Cristianismo e o Islamismo. Isto não é pouca coisa. E se acreditamos na interferência de Deus no mundo, temos que crer também que a missão de Moisés não foi mera obra do acaso ou de forças negativas. Certamente ele estava inspirado por Deus e pela Alta Espiritualidade, fato que vai diretamente em oposição aos relatos negativos do livro “O Faraó Merneptah” de Rochester. Creio que a médium se equivocou, devido aos fatores já descritos na pergunta número 25 desta coluna.

Sobre a questão da arca da aliança, ela não foi localizada e não será tão cedo. No momento ela se encontra em um local inacessível ao homem, conforme descrevemos no livro “Moisés – Em Busca da Terra Prometida”.

Aproveito para informar que as próximas perguntas serão respondidas a partir do dia 07 de março de 2016, devido a necessidade de me dedicar a outros projetos e a pequena procura das informações aqui contidas, principalmente no período de férias.

Roger Responde 283 – Divergências de narrativas sobre a personalidade de Moisés e a arca da aliança foi encontrada?

283 – Pergunta (21/12/2015):  Roger, eu já havia lido a suas duas obras, Moisés I e Moises II, e recentemente li o Faraó Merneptah de Rochester. Li a sua resposta de número 25 que explica a divergência dos dois livros, mas eu quero te questionar um ponto específico. Você disse que tanto as suas obras

Continue Lendo →

Roger Responde 267 – Moisés teve um interesse romântico em Nefertari, como afirma a novela da Record “Os 10 mandamentos”? Não lembro dela ser mencionada em seu livro “Moisés – O libertador de Israel”. Isto realmente aconteceu ou é fantasia da novela?

267 – Pergunta (27/04/2015):  Boa tarde Roger, estou vendo a novela “Os 10 mandamentos” da TV Record e li os seus dois livros sobre Moisés: (Moisés – O Libertador de Israel e Moisés – Em busca da Terra Prometida). Eu não lembro de você ter citado a personagem Nefertari e ela ter tido um interesse

Continue Lendo →

Roger Responde 174 – Espíritos missionários, como Akhenaton e Moisés, precisam resgatar pelos débitos contraídos na execução de suas missões em prol do bem?

174 – Pergunta (15/04/2013): Boa tarde Roger! Gostaria que você me tirasse uma dúvida do livro “Moisés Em busca da Terra Prometida”. Esse é o seu último livro; pois já li todos os outros. Neste livro diz que Akhenaton voltou porque impôs seus princípios de um único Deus(não me lembro em que página…). Como pode

Continue Lendo →

Roger Responde 167 – Estados alterados de consciência e o desenvolvimento da mediunidade

167 – Pergunta (25/02/2013): Irmão Roger, primeiramente gostaria de parabenizá-lo pela sua dedicação a esta obra tão valorosa e que a cada dia ilumina mais irmãos nesta caminhada. Muito obrigado pelo teu esforço! Seus livros são um grande consolador e renovadores da fé em dias melhores! Na leitura do livro “Moisés – Em busca da

Continue Lendo →

Roger Responde 136 – Implantação do Universalismo Crístico na Terra.

136 – Pergunta (23/07/2012): Olá Roger, ao lermos e analisarmos a trilogia da implantação do monoteísmo da Terra, percebemos que qualquer implantação de novas ideias é sempre realizada por partes, porque somos ainda difíceis e avessos a novas mudanças. Porém, percebemos que a espiritualidade, que sempre inspirou a humanidade nesses momentos, sabia exatamente até que

Continue Lendo →

Roger Responde 063 – Onde estavam Sol e Lua na época de Akhenaton e Moisés?

063 – Pergunta (28/02/2011): Em nenhum dos livros da trilogia do Monoteísmo na Terra você cita a presença das gêmeas, apesar dos outros personagens todos fazerem parte do palco encarnatório no geral. Do mesmo jeito que você veio a acrescentar seu conhecimento naquela situação toda, imagino que elas também teriam, devido seu já destacado grau

Continue Lendo →

← Previous Page