Introdução

apresenta-intro

Com o passar dos anos, décadas e séculos, a humanidade foi pouco a pouco ampliando a sua consciência, exigindo, portanto, um novo modelo espiritual para melhor compreender a eterna pergunta: quem somos, de onde viemos e qual o objetivo da vida?

Nesse atual momento, no limiar de um novo ciclo de evolução para a humanidade física, torna-se urgente compilar uma atualização dos tratados espirituais da humanidade, de todas as culturas, de todos os povos, de forma irrestrita e universal.

As novas gerações, nossos filhos e netos, os eleitos para habitar a Terra do terceiro milênio, tratam-se de almas mais avançadas, com uma compreensão maior do Criador e da finalidade de sua obra. Logo temos a obrigação de oferecer-lhes um terreno espiritual fértil e livre de dogmas para que eles possam expandir as suas mentes e corações em busca de uma evolução até hoje ainda não obtida em nosso mundo por causa das limitações impostas por aqueles que se auto-intitularam os donos da verdade.

O verdadeiro sábio é aquele que reconhece suas limitações e compreende que ainda está na busca da verdade: quanto mais sei, mais sei que nada sei, disse-nos Sócrates, estimulando-nos a cultivarmos a humildade frente à magnânima obra do Criador. Deus é a suprema sabedoria, no entanto ainda somos muito limitados para compreendê-Lo em toda a Sua glória.

Logo, o que possuímos são verdades relativas que precisam ser estimuladas passo a passo ao progresso para lentamente diminuirmos a longa distancia que nos separa do Criador. Acreditar que toda a filosofia espiritual já foi descoberta, ou ditada por determinado guru ou líder religioso, é escravizar-se à ignorância. Os grandes avatares da humanidade foram divinos professores que ensinaram, ao seu tempo, aquilo que a humanidade tinha capacidade de absorver. Observando por esse enfoque, percebemos que o processo de aprendizado está em aberto. Todo aquele que deseja ser livre e busca procurar a verdade por suas próprias mãos, sendo senhor de seu próprio destino, que nos siga nas próximas páginas…

Hermes