Vibração Coletiva (14/06/2017) – Imperfeições

Imperfeições 

Paremos um instante para refletir sobre os potenciais benefícios que cada uma das nossas imperfeições pode nos trazer.

É através do medo, que podemos encontrar a confiança na vida.

É o orgulho que irá nos ensinar que aos olhos do Pai não existem melhores nem piores; apenas filhos igualmente amados.

A vaidade nos mostrará a verdade depois do amargo, mas necessário sabor da desilusão.

Nossas virtudes já aquilatadas são sem dúvida conquistas importantes de nosso coração. Mas não são elas que nos trarão a mudança e o crescimento que precisamos.

É nas nossas imperfeições e pequenos defeitos que reside o grande potencial de melhoria. Eis um bom motivo para amar e cuidar deste lado sombrio de nós mesmos, sempre tão oprimido!

Após este exercício de identificar, aceitar e amar, as suas próprias imperfeições por todos os lindos benefícios e conquistas que elas podem lhe trazer, o próximo passo é estender esta mesma aceitação às pessoas ao seu redor.

Tente olhar para as imperfeições deles como virtudes em estado latente. Tente visualizar em quais virtudes cada uma daquelas imperfeições vai se tornar um dia – em breve, quem sabe!

Você vai perceber que naturalmente você se tornará mais paciente. Vai se irritar menos e aos poucos vai aprender a amar verdadeiramente você mesmo e às pessoas.

Vibremos então por estes diamantes brutos existentes em todos nós. Vibremos de coração para que possamos amar e aceitar todos os aspectos de nosso ser – os positivos e os aparentemente negativos. Para nosso Pai, são todos positivos!

Cada novo dia é um brilhante amanhecer, nos trazendo oportunidades de sermos um pouquinho mais amorosos e pacientes – para conosco e para com os outros.

Pois são as pequenas mudanças internas – aquelas que obtemos através do esforço constante e carinhoso nas nossas próprias imperfeições – que trarão as grandes mudanças que aspiramos para o mundo!

Paz e Luz a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *