Vibração Coletiva (15/11/2017) – União entre Fé e Ciência

União entre Fé e Ciência

Amados irmãos, sabemos que todos nós caminhamos inevitavelmente em direção ao progresso moral e espiritual, e que atualmente nos encontramos em um período de transição do nosso planeta, para um mundo de regeneração, onde visualizamos a Nova Era cada vez mais próxima da humanidade terrena. Portanto, convidamos nossos queridos companheiros da senda evolutiva a unir nossos pensamentos em prol do futuro anunciado, e meditarmos a respeito da imprescindí­vel união entre a fé e a ciência, que em breve será uma realidade presente na vida de todos os espíritos eleitos que obtiverem o ingresso para prosseguirem aqui reencarnando, ampliando suas consciências em busca das verdades eternas criadas por Nosso Pai de infinito amor.

A Nova Era nos convida ao estabelecimento de relações lógicas, através do entendimento das Leis Divinas, sempre apoiadas e embasadas sob o crivo da razão. Neste momento em que nosso planeta está adentrando, será constantemente necessária, por nossa parte, a busca de respostas acerca dos mecanismos das vidas física e espiritual. Neste novo período terreno, a humanidade terá uma relação estreita com a espiritualidade, os homens reconhecerão a existência da vida eterna e serão conscientes dos seus deveres para com os Planos Celestiais.

Neste âmbito, é imprescindível que haja uma fusão entre a espiritualidade e a ciência, permitindo assim, que nossa humanidade evolua mais rapidamente em busca das verdades eternas. A fé movida por cada religião existente deve unificar-se, elevando o homem a uma nova postura espiritual, que busca em si o autoconhecimento e o aperfeiçoamento moral, livre de dogmas sectários e da alienação frente aos reais objetivos da vida. Este é o ideal traçado pelo Universalismo Crístico, através da Alta Espiritualidade, que nos apresenta como um dos princípios básicos, a busca incessante pela sabedoria espiritual aliada ao progresso filosófico e científico com o objetivo de promover a evolução integral da humanidade.

Enquanto o homem não compreender o Mundo Físico e o Mundo Espiritual como uno, pertencentes a uma mesma realidade e dependentes um do outro para o estabelecimento da evolução do ser, estará estagnado e distante dos preceitos da Nova Era. A humanidade só atingirá grandes passos rumo à  evolução quando passar a colocar Deus à  frente dos seus feitos, elevando-O à  posição de Criador de todas as coisas. Do contrário, nosso planeta seguirá rumando pela mesma estrada que se encontra há séculos, onde a dor, a alienação e o atraso devido à  visão materialista são uma constante.

Porém, é ní­tido que grande parte da atual humanidade já não se encontra mais conexa com os antigos preceitos trazidos pelas religiões ainda vigentes, e por este motivo, alguns dogmas seculares precisam ser repensados e explicados por uma nova ótica, já que o perfil do homem moderno exige o avanço para o conceito da fé raciocinada, lógica e coerente. Para tanto, a união da fé com a ciência surge como imperativo para o auxílio dessa nova visão de mundo, em que a realidade científica não continuará mais se baseando de forma restrita  às barreiras fí­sicas, totalmente alheia à  realidade espiritual.

A união da fé e da ciência que aqui falamos, é a de uma associação da realidade espiritual com a metafí­sica (parte da filosofia que trata da natureza da existência, da verdade e do conhecimento). Apesar de muitos cientistas céticos não concordarem com esse ponto de vista, é perfeitamente aceitável a avaliação científica dos fenômenos naturais pela ótica espiritual. No futuro, a visão da realidade espiritual será melhor empregada na esfera da ciência, permitindo uma ampla compreensão dos fenômenos naturais, libertando o homem da sua então visão limitada da  grande Criação de Deus.

Dessa forma, o consequente avanço das pesquisas científicas no campo metafí­sico, futuramente direcionará o homem a uma natural aceitação da ligação espiritual às muitas áreas da ciência terrena. Esta nova visão, aliada à  necessidade de integração de valores espirituais à  atual humanidade, despertará nos homens as verdades imortais, que serão propagadas às novas gerações, através do conhecimento e do estudo. A educação na Nova Era será grande aliada da Alta Espiritualidade, pois fundará as bases para o real despertar do homem, ainda na juventude, levando-o a ampliação da consciência, através de estudos de caráter filosófico, que o ensinarão a se libertar, ao invés de escravizá-lo.

O homem conseguirá crer verdadeiramente em Deus, e vislumbrar o sentido que há em todos os seus desí­gnios, a partir do momento em que realmente compreender a beleza de Sua criação e a magnitude de Suas Leis, sentindo o amor que Ele tem por cada ser. Portanto quando compreendermos a imensidão da criação de Nosso Pai, conseguiremos antever claramente a ligação que há em tudo a nossa volta, pois para tudo há uma razão de ser e de existir. Vibremos para que esse panorama tão sonhado por todos os que buscam o ideal crí­stico, possa se materializar em breve, levando a chama libertadora da consciência espiritual a todos os seres, desamarrando-os dos nós da ignorância e retirando o véu que os impede de enxergar a perfeição da obra de Deus!

Paz e Luz a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *