Vibração Coletiva (13/12/2017) – Despertando

Despertando

Como é mágico o momento em que abrimos os olhos aos primeiros raios de Sol. Quando olhamos ao redor e contemplamos as coisas, fatos e pessoas sob nova luz e novo olhar – o olhar da consciência e mente despertas. É como se estivéssemos olhando para tudo aquilo pela primeira vez.  E a partir deste novo olhar, toda a nossa vida é renovada e adquire nova cor, novo significado… mas também novos desafios.

Percebemos então, que durante toda a nossa vida estivemos adormecidos. Olhamos para trás e vemos os dias, meses e anos vividos sem um propósito maior, sem uma noção mais profunda da vida real – a vida integral, a vida espiritual – sem fazermos um esforço real e intencional em sermos melhores e mais amorosos a cada dia. Dormíamos. Dormí­amos mesmo quando pensávamos estar despertos e não podíamos então compreender porque sentíamos um vazio tão grande no peito. Este vazio era na verdade o nosso Sol interior, nos chamando para este despertar de consciência. E cada dia se renova com novos desafios, novas oportunidades de despertar um pouco mais, de erguer um pouco mais o véu de Isis.

Hoje vibramos com todo nosso amor pelos irmãos que ainda dormem. Por aqueles que ainda não podem ver seu Sol interno. Por aqueles que acreditam ainda que a vida é mera repetição de gestos mecânicos; que ainda não pararam um momento sequer para se dedicar a reflexões mais profundas e por isso vivem reativamente; que ainda creem que há algum benefí­cio em tirar vantagem sobre tudo e todos; que não descobriram a alegria de fazer alguém sorrir; que não saborearam ainda a mais absoluta vitória de todas: a vitória sobre si mesmo.

Vibremos para que uma nova e gloriosa manhã se descortine para estes queridos irmãos, trazendo-lhes suavidade, amor e fraternidade. Trazendo-lhes o í­mpeto pelo autoconhecimento, pela busca da verdade, pela compreensão e tolerância do outro. Vibremos de toda nossa alma e de todo nosso coração, para que este primeiro contato, este primeiro despertar, encontre terra fértil. E que a partir dele um novo mundo cheio de bondade, significado e responsabilidade finalmente resplandeça. E que diante dos desafios, das desilusões e da incompreensão que encontrarem, sintam-se ainda mais motivados e fortificados em sua busca pela Verdade e pelo Amor.

Que a partir desse despertar espiritual e consciencial, a atenção e o foco de cada ser humano se volte para seus pensamentos e sentimentos diários, na busca por purificar sua conduta em todas as situações e no esforço contí­nuo em aprender a amar cada ser e elemento da Criação como uma parte querida de nós mesmos.

Importante, no entanto, na vida cotidiana, saibamos respeitar o tempo de despertar de cada um. Muitos ainda não chegaram na sua aurora espiritual. Como uma linda criança que dorme e sonha com um mundo de fantasia, sem se dar conta da existência do mundo real, de seus deveres e responsabilidades. A querida criança não sabe que dorme e acorda-la de maneira brusca e forçada poderia lhe causar tristes transtornos.

Por isso, velemos com carinho por aqueles que ainda dormem. Mas estejamos prontos de braços abertos esperando por eles no dia em que decidirem despertar e ver de fato e pela primeira vez, a vida em toda sua riqueza e oportunidades de crescimento! Que tenhamos a sabedoria e a abnegação para ampara-los no primeiro abrir de olhos, para que a Luz não os cegue. E que então, com os olhos e coração acostumados à Luz, possamos caminhar todos juntos, unidos no mesmo ideal.

Paz e Luz a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *