Author admin

Diversões
Nessa semana vibremos sobre as diversões, pois se aproximam os festejos de Carnaval e com eles suas graves consequências.
Irmãos, sabemos que este período traz vibrações muito densas para o planeta, puxadas pelas mentes não vigilantes de nossos irmãos que ainda dormem em sua ignorância com relação aos valores morais do espírito. Junto com esta nuvem densa, milhares de irmãozinhos desencarnados que caminham na estrada da ignorância, conhecendo a invigilância humana e seus desajustes emocionais, aproveitam-se para exercer seus poderes de vampirização e obsessões pesadas, gerando graves consequências posteriores na vida dos encarnados.
Inúmeras desencarnações ocorrem neste período também, por conta dos excessos de velocidade misturados ao álcool e às drogas; Muitas doenças surgem neste período por conta das mentes em desequilíbrio, principalmente as de cunho sexual.
É necessário redobrarmos a vigilância de nossos pensamentos e sentimentos, para que não ocorram situações desagradáveis em nossa vida, decorrentes deste momento de desequilíbrios e desejos desenfreados dos brasileiros e dos demais irmãos que vêm ao Brasil para curtir a festa.
Apesar de este período estimular as promiscuidades e os entorpecimentos dos sentidos, podemos sim utilizá-lo para fazermos algo positivo no meio em que vivemos; podemos utilizar este momento para as práticas de meditação e envio de energias salutares para o planeta; fazer a leitura de livros que nos engrandeçam a alma; viajar para algum lugar com a família ou amigos onde possamos nos conectar com a mãe natureza; ouvir músicas relaxantes que elevem a alma; dentre diversas alternativas que estiverem ao nosso alcance, para que possamos ajudar na psicosfera do planeta, onde as trevas não encontrarão barreiras.
Que possamos permanecer centrados e imperturbáveis em nosso processo de nos tornamos seres um pouco mais evoluídos a cada dia e deixarmos sempre uma boa mensagem para nossos irmãos e para o Planeta.
Muita Paz e Muita Luz a Todos!

Notícia da Semana – Economia Colaborativa: ela quer te ajudar a economizar, faturar e restaurar sua fé na humanidade

O carro fica cerca de 22 horas por dia parado na garagem e é utilizado basicamente para ir e vir do trabalho. O apartamento tem um quarto vazio, usado apenas para guardar objetos que não fazem parte do dia a dia: uma furadeira, ferramentas, violão, prancha de surfe, patins, vestidos de festa e equipamentos de

Continue Lendo →

Notícia da Semana – Parlamento Francês altera o Código Civil e passa a reconhecer os animais como seres sencientes

Animais têm sentimentos. É o que reconhece o parlamento francês a partir desta quarta-feira (28) após um ano de intensos debates na Assembleia Nacional. Finalmente o parlamento votou a leitura final do projeto de lei sobre a modernização do código civil idealizado pela ONG Fondation 30 Million Amis que altera o status jurídico dos animais

Continue Lendo →

Notícia da Semana – A cidade vai para a rua: os movimentos que querem transformar os espaços públicos

Em São Paulo e outras cidades do país, moradores de diversas origens e classes sociais começam a se juntar e sair às ruas. Em comum, estes movimentos têm um objetivo que parece simples, mas que dá bastante trabalho para ser conquistado: tornar os espaços públicos mais agradáveis. Se você aceitar o convite destes grupos, poderá

Continue Lendo →

Notícia da Semana – Escolas indianas terão matéria para ensinar estudantes sobre compaixão animal

“É dito que quando você ensina uma criança a ser gentil com um rato, você ajuda tanto a criança como também o rato”, diz Puja Mahajan, coordenador sênior de educação da PETA Índia. “Respeito e compaixão são vitais porque são essenciais ao esforço de minimizar a violência na sociedade em geral”. A maioria das crianças

Continue Lendo →

Vibração Coletiva (09.09.2015) – Libertação do Medo

Amados irmãos, hoje reuniremos nossas energias para a dissipação do medo que insiste em reinar dentro de nossas mentes e corações. Criado e cultivado por nós mesmos, esse sentimento tem prejudicado o nosso dia-a-dia, assim como nossa evolução pessoal e consequentemente coletiva. Começando com os gestos mais simples, temos deixado de transmitir sentimentos, de batalhar

Continue Lendo →

← Previous Page