Author Equipe UC

Crenças Negativas

Nessa semana vamos meditar sobre as nossas crenças negativas, e como elas nos afetam e determinam nossas vidas.

Os ensinamentos que nos foram passados pelos nossos pais e nossos familiares em nosso desenvolvimento como crianças nos influenciaram em nossa forma de pensar sobre a vida e o mundo a nossa volta quando nos tornamos adultos.

Sabemos que o meio familiar em que reencarnamos é onde construímos nossas primeiras bases morais, juntamente com nossas crenças pessoais. Se crescemos dentro de um lar onde predominava o medo, a ideia do fracasso, do derrotismo, da falta de fé, da falta de recursos financeiros e etc., é muito provável que estas ideias que nos foram passadas por nossos familiares nos tenham afetado de forma muito negativa, atrapalhando e dificultando nossa existência, pois através de nossos pensamentos atrairemos mais destas crenças aumentando a desarmonia em nossa volta. Quando acreditamos que somos fracassados ou temos qualquer outra crença limitante, emitimos toda uma energia condizente com o que acreditamos, e como tudo é energia no universo, ele nos responderá com aquilo que emitimos; e quando isso acontece acabamos culpando Deus de nossa má sorte ou as pessoas que convivem conosco, por causa de nossos maus pensamentos e crenças distorcidas, quando apenas uma pequena mudança de perspectiva é o que basta.

Ao mudarmos nosso foco das crenças negativas, começamos a visualizar todo um universo de abundância que está ao nosso alcance e percebemos o quanto perdemos tempo e oportunidades por pensarmos equivocadamente. E quando começamos a seguir no fluxo abundante do universo, portas que antes julgávamos fechadas para nós se abrem escancaradamente em nossa direção e a surpresa se faz imensa.

E com esta nova descoberta de potencialidade do espírito em conjunto com as forças do universo, tentamos alertar nossos familiares e pessoas próximas deste novo mundo que se abriu para nós, mas infelizmente elas não conseguem nos entender pois, ainda não dominaram suas crenças negativas e julgam estarem corretas em suas opiniões a respeito da vida.

Então, irmãos, quais as crenças que estamos alimentando em nosso interior e passando para nossos filhos, para que o nosso caminhar evolutivo se faça mais harmonioso e mais feliz?

“A mente que se abre a uma nova ideia jamais retornará ao seu tamanho original.”

Albert Einstein

Paz e Luz a Todos!

Vibração Coletiva (25/05/2022) – Crenças negativas

Crenças Negativas

Nessa semana vamos meditar sobre as nossas crenças negativas, e como elas nos afetam e determinam nossas vidas.

Os ensinamentos que nos foram passados pelos nossos pais e nossos familiares em nosso desenvolvimento como crianças nos influenciaram em nossa forma de pensar sobre a vida e o mundo a nossa volta quando nos tornamos adultos.

Sabemos que o meio familiar em que reencarnamos é onde construímos nossas primeiras bases morais, juntamente com nossas crenças pessoais. Se crescemos dentro de um lar onde predominava o medo, a ideia do fracasso, do derrotismo, da falta de fé, da falta de recursos financeiros e etc., é muito provável que estas ideias que nos foram passadas por nossos familiares nos tenham afetado de forma muito negativa, atrapalhando e dificultando nossa existência, pois através de nossos pensamentos atrairemos mais destas crenças aumentando a desarmonia em nossa volta. Quando acreditamos que somos fracassados ou temos qualquer outra crença limitante, emitimos toda uma energia condizente com o que acreditamos, e como tudo é energia no universo, ele nos responderá com aquilo que emitimos; e quando isso acontece acabamos culpando Deus de nossa má sorte ou as pessoas que convivem conosco, por causa de nossos maus pensamentos e crenças distorcidas, quando apenas uma pequena mudança de perspectiva é o que basta.

Ao mudarmos nosso foco das crenças negativas, começamos a visualizar todo um universo de abundância que está ao nosso alcance e percebemos o quanto perdemos tempo e oportunidades por pensarmos equivocadamente. E quando começamos a seguir no fluxo abundante do universo, portas que antes julgávamos fechadas para nós se abrem escancaradamente em nossa direção e a surpresa se faz imensa.

E com esta nova descoberta de potencialidade do espírito em conjunto com as forças do universo, tentamos alertar nossos familiares e pessoas próximas deste novo mundo que se abriu para nós, mas infelizmente elas não conseguem nos entender pois, ainda não dominaram suas crenças negativas e julgam estarem corretas em suas opiniões a respeito da vida.

Então, irmãos, quais as crenças que estamos alimentando em nosso interior e passando para nossos filhos, para que o nosso caminhar evolutivo se faça mais harmonioso e mais feliz?

“A mente que se abre a uma nova ideia jamais retornará ao seu tamanho original.”

Albert Einstein

Paz e Luz a Todos!

Vibração Coletiva (18/05/2022) – Humanidade

Humanidade

A nossa humanidade em toda sua trajetória de vida, busca soluções para suas dificuldades de sobrevivência e forma de coexistir.

No mundo antigo buscávamos, por uma caverna quente e comida, no mundo atual através do trabalho, por uma boa casa, alimentação e lazer, o grande diferencial de antes e agora, é o lazer, “o motivo para tudo acontecer”.

O lazer nos faz trabalhar incessantemente para tê-lo, na hora que quisermos. Mesmo assim, poucos o conseguem dessa forma. E mesmo o tendo, falta algo mais, a solução para a humanidade não chega, todos querem, poucos tem, muitos sofrem, não há uma solução, já que o lazer é um descanso para o excesso de exigências de uma humanidade que, “trabalha por tempo e não tem tempo para se trabalhar”, ou seja, se autoconhecer.

Desde os primórdios da humanidade, a primeira concepção conhecida é o território, “minha cerca, sua cerca” a marca do seu e do meu e junto com isso, muitos problemas.

A organização é o que nos faz sair do caos, porém junto a organização existe as desigualdades pela falta de maturidade da cidadania e cooperação.

O que liberta? Sermos únicos naquilo que fazemos e reter “o poder de saber apenas em nós”, ou ter várias pessoas que “sabem aquilo que fazemos”, e nos ajudam a melhorar e elevar “aquilo que sabemos fazer”.

A Cooperação, o Compartilhar, o Repasse, fazem com que muitos, não sejam apenas muitos, mas muitos que se entreajudam, para ser todos.

Uma reflexão, a liberdade é nós sermos livres de nossas responsabilidades? Ou a liberdade está em ter a responsabilidade e saber o que fazer com ela?

A grande prova para humanidade, a liberdade humana, sermos, permitindo que todos sejam.

Nessa reflexão, que não é única verdade, mas um ângulo de visão, compartilhando com os irmãos, vamos mentalizar juntos, para buscarmos nossa liberdade, nas soluções para humanidade.

Que nesse momento todos nós juntos, possamos pensar em “mente coletiva” para que os(as) educadores, as donas de casa, os cientistas, os lixeiros, os políticos, as executivas, os padeiros, os médicos, as secretárias, todos os profissionais das áreas aceitas ou não socialmente, possam onde quer que estejam, encontrar soluções para sua humanidade, nossa humanidade.

O todo de um oceano começa por uma gota, sejamos a gota do oceano de soluções para nossa humanidade individual e coletiva.

Muita luz, paz e esperança na confiança, que aquilo que fazemos pode mudar o “nosso mundo” se perseverarmos para que assim seja!

Vibração Coletiva (11/05/2022) – Confiança

Confiança

A confiança é delicada flor, que escolhemos entregar a alguns eleitos, na expectativa de que cuidarão dela com desvelo e lealdade. Sua beleza é proporcional à sua delicadeza; uma vez enfraquecida, dificilmente podemos recuperá-la. Os mais extremistas dizem até mesmo ser impossível… Mas nada é impossível no terreno fértil do amor e da compreensão.

Se sentimos que a pessoa a quem confiamos nossa flor a negligenciou em seus cuidados; se percebemos o ressentimento e o amargor da decepção invadirem nosso jardim; e se concluímos finalmente que jamais poderemos confiar nosso coração novamente a essa pessoa… Paremos por uns instantes, meus queridos.

Antes que o fel torne o solo de teu coração terreno árido, pare por um instante e coloque-se no lugar de teu jardineiro negligente.

Estava ele realmente preparado para a tarefa que o confiou? Tinha consciência das formas de rega e poda; sabia ele das expectativas de teu coração?  Seriam estas expectativas justas, ou demasiado altas para qualquer ser humano. Talvez  tenhamos injustamente esperado que ele fosse o mais hábil dos jardineiros, esperamos dele a perfeição inatingível…

E então, um dia, nossa flor não foi regada como gostaríamos. Não foi levada ao sol pelo tempo que esperamos. Não recebeu o adubo que imaginamos. E assim julgamos essa flor ter sido completamente esquecida, negligenciada, magoada…

Como voltar a confiar em alguém a quem entregamos esta flor preciosa – seja no formato de amizade, amor, desvelo, entrega… – e que a despedaçou? Nossa natural reação de autopreservação é jamais deixar esta pessoa entrar em nosso jardim novamente.

No entanto, quantas vezes será que não fomos nós o jardineiro negligente? Quantas pessoas já decepcionamos – muitas delas sem sequer termos nos dado conta? Quantas belas flores deixamos morrer?

E ao reconhecer o erro, não gostaria de uma nova oportunidade de fazer melhor, de ser mais diligente, mais amoroso, mais cuidadoso?

Por outro lado, quantos de nós somos capazes de conceder esta segunda chance? Quantos de nós tem a coragem de esquecer a decepção e deixar entrar novamente em nosso jardim aquela mesma pessoa que pisou em nossas flores de alegria?

Dessa maneira, o grande mérito não está em confiar. Que mérito existe em confiar em quem nunca nos magoou?

A verdadeira virtude está no perdão. Está em conceder uma segunda chance. Em confiar novamente.

E não há melhor adubo para a bela flor do amor, que o perdão.

Ao vibrar esta noite pela confiança, vamos dar um passo além e vibrar pelo perdão. Vibrar pela coragem de tentar novamente.

Vibrar pela gratidão daqueles que receberam uma segunda chance, um segundo voto de confiança.

Vibrar para que num futuro não muito distante, existam mais flores e menos aridez; mais sorrisos que lágrimas; mais abraços que separações; mais reencontros que desencontros.

Paz e Luz!

Vibração Coletiva (04/05/2022) – A missão da maternidade

A Missão da Maternidade

Amados irmãos, no próximo domingo, dia  08 de maio, nossa sociedade celebrará o dia das Mães, período festejado e esperado por grande parte das famílias terrenas. Momento no qual dedicamos parte de nosso dia para homenagearmos e demonstrarmos nosso carinho e gratidão por nossas queridas mães, que aceitaram como missão receber-nos como seus filhos. Propomos para que nessa Vibração Coletiva reflitamos acerca da sublime tarefa da maternidade, e da grandeza, da responsabilidade e da importância em exercer com maestria a missão destinada a todas as mães, através dos desígnios de Nosso Amado Senhor.

A partir de uma maior compreensão a cerca da Vida Maior, provinda da confiança na reencarnação e da certeza de que aqui nos encontramos momentaneamente, com missões individuais que assumimos em um momento pretérito, torna-se claro, do ponto de vista espiritual, o papel a ser desempenhado pelas mulheres através da maternidade. Ressaltamos neste momento, que quando nos referimos a maternidade, englobamos aqui não somente os laços de sangue, mas também, os laços de afeto daquelas mães que possuem filhos de coração.

Através da vontade de Nosso Amado Pai, que deseja ver todos os Seus filhos ascendendo em Sua direção, permite que através da maternidade, se possa dar continuidade à vida, contribuindo assim com a construção e com a evolução da humanidade. Para tanto, Deus ofereceu à mulher o dom de gerar um novo ser, pondo no coração de cada mãe a sagrada essência da vida e da forma do amor mais puro que o homem, em seu estágio evolutivo, pode compreender.

O ato de ser mãe é uma das mais belas e responsáveis tarefas que o espírito pode desempenhar enquanto encarnado, aos olhos do Pai. Todo o planejamento é realizado muito antes da vinda de um novo ser, e a partir dos laços de sangue, unem-se novamente espíritos há muito conhecidos, amores ou desafetos, para uma nova oportunidade de reconciliação, aprendizagem e crescimento mútuo.

A elevada missão da maternidade permite, portanto, o reencontro, possibilitando que a mãe, através do amor incondicional por seu filho, ofereça-o o melhor de si para a sua evolução. Porém, a tarefa é árdua, e necessita de muito amor e sabedoria, assim como tantos outros predicados, tais como a dedicação, a renúncia e o altruísmo, que permitirão com que a missão das mães conclua-se com louvor.

Aqui nos remetemos também aos deveres da mãe para com o filho. Deve ela exercer o papel de mestra, orientando-lhe o melhor caminho, compreendendo suas dificuldades, aceitando suas limitações, permitindo-lhe tomar suas decisões, respeitando seu livre arbítrio, e sendo amorosa, porém rigorosa para com a educação moral de seu filho.

Temos na educação a principal tarefa das mães, assim como também dos pais, ou dos responsáveis pelos seres que deles dependem para desenvolver-se. A maior missão destes é o de formar com dignidade seus filhos, apresentando-lhes, desde a mais tenra idade, os valores espirituais e morais, que no futuro, os auxiliarão a conquistar uma conduta honrosa e respeitável.  

Que possamos então, emanar energias salutares de amor e compaixão por todas as mãezinhas que cumprem com abnegação a tarefa de conduzir um ser para o caminho da luz. Mentalizemos agora, mesmo que falte-nos a lembrança devido ao véu do esquecimento, as inúmeras mães que nos acolheram em seus braços, nas diversas encarnações pelas quais já vivenciamos, e a elas dediquemos toda a nossa gratidão. Por fim, dissipemos por nosso amado planeta a luz da consciência, que ela possa visitar cada casa, e o coração de todas as mães e de todas as famílias que possuem a missão de encaminhar nossas crianças e jovens, para juntos formarmos um mundo consciente e de elevados valores morais e espirituais!

Paz e luz a todos!

Vibração Coletiva (27/04/2022) – A magia do trabalho

A Magia do Trabalho

Aprender a trabalhar em equipe quer dizer que nos tornamos seres mais tolerantes, mais amorosos e com mais um degrau alcançado de nosso processo evolutivo. Isso quer dizer que aprendemos a dominar o nosso ego em favor do bem viver com todos os que estão a nossa volta. Entendemos que ninguém faz nada sozinho, e que um depende do outro para que possamos viver em sociedade. Por menor valor que você possa dar a uma profissão ou uma tarefa determinada, se você refletir, vai perceber que aquele ser faria muita falta se não existisse e verá o quanto está interligado a você e ao seu dia-a-dia. Convidamos a todos nessa semana a refletir sobre a magia do trabalho em nosso cotidiano.

Precisamos nos sentirmos úteis e ter um valor na sociedade, se isso não ocorre, o risco de nos tornarmos pessoas depressivas é imenso. Toda ocupação útil é um trabalho, não precisamos necessariamente ter um emprego remunerado, mas podemos auxiliar nossa família e a sociedade de diversas maneiras. Ajudar nas tarefas domésticas, de modo a aliviar o peso de quem já trabalha na rua, batalhando pelo ganha pão da família é um ótimo exemplo de ajudar em casa assim como para a coletividade em geral os trabalhos voluntários em instituições são um bálsamo de luz para qualquer grupo, pois quem trabalha por amor contribui não só com as tarefas palpáveis da instituição, mas como para o equilíbrio das energias do ambiente que frequenta.

O trabalho foi criado para que o homem não se perdesse em seus vícios, para que pudesse desenvolver a sua inteligência e as suas capacidades morais. Com o nível de evolução terrena em que nos encontramos, se as pessoas não precisassem trabalhar, hoje em dia teríamos a oportunidade de conhecer o “inferno” na terra.

Com o passar dos anos, a sociedade se modifica e homem desenvolve desejos e necessidades para que todos tenham uma ocupação. Cada objeto, cada alimento, enfim, qualquer matéria que interagimos durante o nosso dia, possui uma história, uma vida, que passou por muitas pessoas antes de chegar até nós. O computador, celular ou até os óculos, que nesse momento lhe proporcionam essa leitura, a roupa que você está vestido, o local onde você está, tudo tem uma história que o interliga com muitas outras pessoas. Você provavelmente tem dentro de sua casa ou no ambiente em que trabalha, objetos que foram fabricados em outros países, advindos de outra cultura, que passaram pelas mãos de pessoas que você nem conhece e que nem ao menos falam a sua língua.

Olhe ao seu redor e reflita sobre a história de pelo menos dois objetos que você possui e necessita no seu dia-a-dia. Faça essa viagem e depois pergunte a si mesmo… Se o carteiro não viesse entregar as minhas cartas, o que aconteceria? E se os lixeiros não existissem? E se os padeiros não quisessem mais fazer o pão? E se os supermercados fechassem? E se as empresas fechassem? E se a tecnologia não existisse? … Viva nesse instante um momento de gratidão a todas essas pessoas que passaram e passam diariamente pelo processo de desenvolvimento de tudo que você possui para auxiliar no seu dia, porque você precisa deles, assim como eles precisam de você!

Deus tem um plano para cada um de nós, há tantas coisas que não sabemos e não entendemos. Por isso, temos que trabalhar a humildade para reconhecermos que somos muito ignorantes perante a grande obra do Criador, mas sem perder a consciência de que todos somos importantes para que tudo aconteça.

Pai de infinita bondade nos permita auxiliar no seu plano divino e cumprir a sua vontade de nos tornarmos seres de luz, para que um dia possamos nos unir em um só coração, onde nosso único trabalho seja o de amar ao Senhor sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos! Obrigada por mais essa oportunidade!!!

Paz e luz a todos!!!

Vibração Coletiva (20/04/2022) – Poluições mentais

Poluições Mentais

Irmãos nesta semana falaremos sobre Poluição Mental: Em qual sintonia tenho vibrado ultimamente? Em que direção tenho levado minha mente com mais frequência? Quais os tipos de música que tenho escutado? Quais as parcerias que tenho atraído para a minha vida no geral? Quais os sentimentos que tenho cultivado com frequência? São estas e tantas perguntas que deveríamos nos fazer diariamente. “Vigiai e Orai para não caíres em tentação”, como bem nos alertou nosso amado Mestre Jesus.

Toda a forma de pensamento é uma energia que você manda para o Universo, e dependendo desta força e da vibração que ela é emitida, afeta o nosso mundo de uma forma geral, basta tomarmos como exemplo a Vibração Coletiva do Universalismo Crístico, que ocorre toda quarta-feira das 22h às 22h15, ao qual enviamos energias salutares e benéficas ao planeta em que vivemos e seus habitantes. Um passe, um Reiki, uma oração sincera e de coração, todo o bem que desejamos a nós e ao nosso próximo, é uma boa energia que muito provavelmente irá beneficiá-lo e consequentemente esta boa energia vibrará para todos em nossa volta e retornará para nós novamente, pois estamos todos ligados, gerando assim harmonia entre nós, nossa sociedade e o planeta. Com isso atrairemos a simpatia de espíritos benevolentes e mentores espirituais interessados em nosso progresso moral, em nos tornarmos melhores.

Agora se estamos desarmonizados, vibrando energias de desamor ao nosso próximo, ouvindo músicas de baixa vibração, vendo pornografia e vulgaridades, levando uma vida leviana, tirando vantagens de nosso próximo, nos envolvendo em brigas e confusões, reclamando de tudo e de todos, vibrando em energias de caos e tragédias, com medo de assaltos e outras formas de desarmonia íntima, com toda a certeza o universo responderá na mesma proporção vibratória, e além de afetar nossa vida individualmente, afeta também o nosso próximo que também por falta de vigilância está na mesma faixa vibratória de alienação, virando assim um círculo vicioso que afeta o meio em que vivemos, nossa cultura e nossa sociedade.

É importante fazermos nossa autoanálise para tomarmos ciência do padrão vibratório em que estamos, e vermos se não estamos afetando o nosso próximo, pois além disso estamos atraindo para as nossas vidas irmãozinhos desencarnados que estão na mesma faixa vibratória que nós, com os mesmos vícios e propósitos que estivermos vibrando para o Universo. Somos seres vibracionais e qualquer brecha que dermos, nossos irmãos desencarnados se aproveitam para produzir o caos. Vigilância sempre.

Quando nos percebermos desarmonizados e vibrando em faixas mais baixas, procuremos nos silenciar, fazer uma oração, meditar, colocar uma música calma que nos eleve o espírito e nos ajude a elevar o nosso padrão vibratório novamente, juntamente com afirmações positivas de bem querer com a vida e com todos a nossa volta. Logo os efeitos serão constatados; a alegria, a harmonia, o bem viver coletivo, a vida fluindo abundantemente harmoniosa, seguindo mais rapidamente para o novo mundo que queremos ver surgir a nossa volta.

Ótima semana a todos, muita Paz e Luz!

Vibração Coletiva (13/04/2022) – A ressurreição de nossas consciências

A Ressurreição de Nossas Consciências

Amados irmãos de caminhada! Hoje convidamos a todos a concentrarmos nossas atenções para a comemoração que chamamos de Páscoa. A Páscoa celebra a ressurreição de Jesus Cristo e, já que pouco lembrada em favor dos chocolates e coelhinhos, poderíamos aqui nos ater a questões como a inversão de valores da nossa sociedade, que faz com que, nessas datas comemorativas, sejamos os motores da ascensão e movimentação do comércio, mas resolvemos ir além, questionar se ainda necessitamos de uma data para lembrarmos da passagem Dele aqui na terra.

É visível a separação em que a maioria de nós nos encontramos: ou estamos perdidos saciando nossas vontades materiais, vivendo na superficialidade de datas como essas, contentando-nos em apenas cumprir com os rituais que cansamos de repetir, sem ao menos refletirmos sobre os mesmos, ou então, estamos envoltos em uma religiosidade que, erroneamente, evidencia o sofrimento, fazendo com que fiquemos vibrando na dor, vislumbrando a nossa salvação através do sofrimento e da culpa que devemos carregar, visto que crucificamos Àquele que veio para ser o nosso mestre.

Independente do que tenha acontecido na real história de Sua passagem pela terra, o que não resta dúvida, é que Jesus Cristo veio nos trazer uma mensagem de luz, a mensagem mais linda de todos os tempos, que é a do amor a si mesmo e ao próximo e assim, consequentemente, o amor a Deus. Essa é a mensagem mais limpa e mais pura que poderíamos receber de uma entidade de tamanho quilate espiritual e exatamente pela sua simplicidade, é reverenciada até os dias atuais.

Em meio a esses pontos que levantamos, fica visível que a preocupação de nosso amado Mestre não era receber uma data comemorativa, tão pouco o sofrimento infinito de seus irmãos diante do sentimento de culpa. Ele sabe que nada é por acaso e que, infelizmente, ainda não estávamos prontos para absorver tamanha sabedoria, mas, o que serve para o passado, já não se encaixa mais em nosso nível de entendimento atual.

Hoje podemos entender a mensagem que antes nos era tão difícil enxergar, TODOS NÓS SOMOS IRMÃOS e temos como missão de vida buscar evoluir no amor de Deus!!!

“…Cristo disse: eu vou mostrar a vocês uma maneira mais simples de chegar ao Pai. Se vocês aprenderem isto, podem fazer centenas de outras coisas sem medo de ofender a Deus. Amor. Se vocês amarem, estão cumprindo a lei, mesmo que não tenham consciência disto.

Podemos verificar por nós mesmos que este conselho funciona. Peguemos um mandamento qualquer: ‘Amar a Deus sobre todas as coisas.’ Eis o Amor. ‘Não tomar seu santo nome em vão.’ Ousaríamos falar superficialmente de alguém que amamos? ‘Guardar domingos e festas.’ Não ficamos muitas vezes ansiosos, esperando o dia de encontrar quem amamos para nos dedicarmos ao Amor? Então, se amamos Deus, o mesmo há de acontecer. O Amor exige que obedeçamos todas as leis de Deus. Quando um homem ama, é desnecessário exigir que honre seu pai e sua mãe, ou que não mate. Para o homem que quer bem a seu próximo é uma ofensa exigir que não roube – como poderia roubar quem ama? E seria supérfluo pedir que não levante falso testemunho – pois jamais faria isto, como seria incapaz de desejar a pessoa que o outro ama. Portanto, ‘o amor é o cumprimento da Lei’. O Amor é a regra que resume todas as outras regras. O Amor é o mandamento que justifica todos os outros mandamentos. O Amor é o segredo da vida.” ( Henry Dummond – Paulo Coelho; O Dom Supremo)

No momento em que focamos um único dia para meditarmos sobre a passagem de Jesus na terra, nos libertamos de qualquer compromisso nos outros dias, os que seguem e antecedem a data. É preciso que evidenciemos o amor infinitamente, todos os dias de nossas vidas, através das nossas atitudes, assim, essa data, a partir de agora, servirá sim para comemorarmos a ressurreição, mas ressurreição das nossas consciências no amor de nosso Pai, desperta através dos ensinamentos de nosso Irmão e Mestre Jesus.

Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos…

Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência…

Ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montanhas…

Ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue meu próprio corpo para ser queimado…

Se não tiver AMOR, nada serei !!!!!”  (Paulo de Tarso. Bíblia Sagrada; 1 Coríntios 13:1-13)

Paz e Luz!

Vibração Coletiva (06/04/2022) – Brindando o despertar

Brindando o Despertar

Certamente nossos irmãos de luz estão felizes com o andamento do trabalho e com as sementes que cada um de nós que inicia o seu despertar, humildemente está plantando. Tudo sempre se encaminhou da forma que tinha que ser. Deus sempre nos dá novas oportunidades, mas mesmo assim, como todo bom Pai, conhece as fraquezas de seus filhos e já está preparado para nos substituir, caso não saibamos aproveitar o que nos é dado. É ele quem perde? Ele então nos pune? Não !!! Ele é tão bom e justo que é através da lei de ação e reação que ensina os seus filhos as lições que infelizmente não conseguimos aprender através do amor e simplesmente atrasamos as nossas caminhadas quando escolhemos passar pela “porta mais larga”.

Em toda história da humanidade, quando tudo parecia ter dado errado, ainda assim, tudo estava sob o seu controle, pois nada foge aos olhos de nosso Pai maior. Hoje a mensagem que trazemos é de agradecimento a todos que de alguma forma, acordaram de seu sono profundo e buscam de acordo com os seus métodos, a sua evolução moral. Todos que estão colaborando com as vibrações semanais, com suas orações diárias, ou até mesmo, seguindo a máxima de amar ao próximo como a si mesmo e, não fazendo aos outros o que não gostaria que lhe fizessem, estão se tornando pessoas melhores para si mesmos e para os outros e de uma maneira ou outra auxiliando a espiritualidade superior a trazer mais luz para nosso planeta.

Quando ampliamos nossa consciência e trabalhamos em prol de nosso próximo com amor no coração, tudo se torna mais fácil, tanto para nós, como para os seres de luz que nos acompanham e trabalham arduamente por um mundo melhor e mais fraterno. A vontade que todos vocês que estão lendo essa mensagem estão de melhorar-se e automaticamente de melhorar o mundo de seu próximo está contagiando à todos e fortificando a egrégora de luz que se forma em nosso país.

Iremos aos poucos percebendo, que nunca antes as coisas nos nossos dias deram tão certo, pois as peças do grande quebra cabeça vão se encaixando naturalmente, a grande família universal começa a se formar e cada um de nós “nasce” e volta para o braço de nosso Pai e de nossa grande mãe Terra, quando percebemos que a nossa vida é uma só e começamos então a enxergar a todos como irmãos!!! Assim despertamos e percebemos que os laços afetivos são muito maiores do que os laços sanguíneos e que devemos estender o nosso amor não somente a quem faz parte de nossa família terrena, mas distribuí-lo também para nossa família universal, que inclui o nosso planeta e tudo o que nele se encontra, todos os mundos, animal, vegetal, mineral, simplesmente tudo que nos foi fornecido como parte de nossa vida terrena.

Você pode se achar pequeno e sem valor, mas não tem ideia do quanto é importante dentro do plano divino. Tudo e todos estão incluídos, pois todos somos elementos essenciais para essa evolução e para essa transformação do nosso planeta. Precisamos muito um dos outros e se algo ou alguém não fosse necessário em nossas vidas, simplesmente não existiria, tudo o que há de bom ou de ruim fomos nós mesmos que atraímos. As coisas só não acontecem naturalmente em nossas vidas terrenas, quando estamos caminhando para o destino errado, quanto mais entendimento e consciência temos,  mais arriscado se torna fechar os olhos para o que é certo, pois estaremos fazendo isso conscientes de que estamos errando e o tombo será maior. Mas ao mesmo tempo, como temos entendimento, rapidamente conseguiremos nos levantar, pois saberemos exatamente o que fazer para sair da situação que criamos para nós mesmos, não será fácil, mas teremos o remédio em nossas mãos. A conscientização de que somos falíveis e de que não somos perfeitos será inevitável e assim seguiremos em frente com mais um aprendizado em nossa bagagem.

Saibamos ter a humildade de agradecer a tudo e a todos, principalmente ao nosso Pai, pois sabemos que nunca estamos sozinhos e que sempre somos amparados. Mas saibamos também comemorar o que conquistamos, pois tudo o que temos é por nosso merecimento.

Convidamos então para vibrarmos nessa semana em agradecimento por todos que tem se esforçado para criar um mundo melhor, pois sabemos que uma andorinha só não faz verão e que quando trabalhamos em equipe tudo se torna mais fácil e mais leve. Agradecemos também por todos os nossos amigos espirituais que incansavelmente nos auxiliam em nossa jornada terrena, nos transmitindo força, nos inspirando bons pensamentos e bons sentimentos, brindando a cada passo que damos em direção à evolução!

Obrigada a você por mais essa semana em sintonia com tudo o que há de melhor!

Paz e Luz a todos!

Vibração Coletiva (30/03/2022) – Verdades

Verdades

O que são verdades? Vamos meditar sobre esta questão, meus irmãos. O que entendemos como verdades?

Uma determinada questão possui vários ângulos e pontos de vistas diferentes. Cada pessoa enxerga sob um determinado ponto de vista, misturado junto com crenças negativas e valores que recebemos em nossa infância sobre a vida.

Então, como não enxergamos de forma igual e também não sentimos de forma igual, cometemos o grave erro de procurar impor aos outros nossas verdades, nossos pontos de vista, muitas das vezes equivocados, esquecendo que o outro não é igual a nós e sente de forma diferente.

É comum vermos as pessoas brigando umas com as outras pelo simples fato de não aceitarem que os outros possuem opiniões e pensam de forma diferente e se esquecem de praticar a empatia entre si, de colocar-se um no lugar do outro e verificar se aquilo que eu vou falar não vai de certa forma machucar o meu irmão e lembrar que cada um está em um estado evolutivo diferente do nosso. Não raro, o outro é o nosso próprio espelho.

Quando situações semelhantes nos ocorrer, façamos silêncio diante daquilo que nos desagrade, não entremos em brigas e discussões desnecessárias que farão o nosso padrão vibratório baixar. Na maioria das vezes ambas as partes estão equivocadas em seus pontos de vista.

Manter o equilíbrio é primordial quando as opiniões não se identificam, praticar a tolerância para uma boa convivência é muito importante nestes momentos e respeitar a maneira de ser de nossos irmãos, assim como queremos que sejamos respeitados.

Lembremos-nos do ensinamento que Jesus nos ensinou: “Ama ao teu próximo como a ti mesmo”.

Paz e Luz a todos!

Vibração Coletiva (23/03/2022) – Alimentando o espírito

Alimentando o Espírito

Queridos irmãos, convidamos a todos nessa semana a refletir sobre tudo aquilo que algum dia pode ter feito que sentíssemos paz em nosso interior, algo que nos deixou com uma expressão tranquila, com a sensação de leveza e de que nada de ruim poderia acontecer conosco.

Em meio a um cotidiano atribulado muitas vezes acabamos nos estressando com pequenas coisas simplesmente por deixarmos acumular muitos compromissos e sentimentos que não nos fazem bem. Esquecemos que quem está no comando total de nossas vidas somos nós mesmos e de que muitas coisas nós podemos fazer diferente, basta que saibamos nos organizar, ouvir mais o nosso coração e menos o nosso ego.

Sempre que sentimos um vazio ou tristeza sem uma causa específica é sinal que precisamos achar algum espaço em nossas vidas para alimentar mais o nosso espírito. O alimento do nosso espírito nada mais é do que a prática de coisas simples, mas que nos permitem uma sensação de bem-estar inigualável.

Todos em algum momento já devem ter tido vontade de fazer ou aprender coisas que nunca colocaram em prática, pois foram postergando para aquele momento oportuno que nunca chegou. Diferentemente do que sempre se ouve de diversas pessoas, fazer algum curso ou praticar algo totalmente diferente da área de atuação não tira nosso foco, pelo contrário, faz com que as pessoas desenvolvam outras potencialidades tornando-os mais realizados, agradáveis e tolerantes.

A maior das desculpas para não fazermos o que gostamos é que não temos tempo e dinheiro, mas afinal para que trabalhamos então se não podemos em algum momento nos dar o prazer de realizar algo que gostamos? Será que nosso tempo e nosso dinheiro estão sendo bem aplicados? Analise com sinceridade e certamente você achará algo que não lhe acrescenta nos seus gastos de tempo e dinheiro para substituir em algum momento por uma atividade que lhe trará muito mais conforto e alegria.

Além disso, atitudes simples como acordar e agradecer por mais um dia de oportunidade de viver a vida; realizar pequenos alongamentos que farão seu corpo se preparar para mais um dia de trabalho; transformar pensamentos negativos em positivos e sentimentos deletérios em sentimentos agradáveis ao coração; realizar pequenas boas ações ao longo do seu dia sem pretensão de receber algo em troca, simplesmente por transbordar o lado bom de você para quem o cerca; ouvir uma boa música que lhe acalme a alma; respirar fundo repetidas vezes liberando toda a tensão acumulada em seu organismo; demonstrar gratidão a cada recebimento de algum tipo de carinho; ler mensagens construtivas que lhe ajudem a se conectar com o seu lado divino; entre diversas outras coisas, certamente farão toda diferença para seu dia se tornar mais leve e proveitoso. Essas atitudes simples nos ajudam a transmutar todas as energias pesadas em combustível para o bem viver e para a conexão da matéria com o nosso espírito.

Como cada um leva a sua vida de uma forma particular e com hábitos totalmente diferentes um dos outros, pedimos que esqueçam os padrões pré-existentes e que olhem para dentro de si mesmos na tentativa de reavivar aquelas sensações boas de coisas até mesmo infantis que já lhe trouxeram a sensação de bem-estar e de paz interior, e que busquem de alguma forma inserir essas práticas no seu dia-a-dia.

Convidamos a todos para ouvirmos juntos durante a vibração esse mantra disponibilizado no link abaixo deixando que ele produza todas as modificações e purificações necessárias em nosso interior e em todo o universo à nossa volta enquanto vibraremos pela conquista do entendimento de que o espírito precisa ser alimentado tanto quanto o nosso corpo para que possamos aproveitar da melhor forma essa nossa existência no plano físico.

Muita Paz e Muita Luz a todos vocês nossos irmãos de alma e coração!!!

← Previous Page