Roger Responde 265 – A humanidade está regredindo? Temos hoje avanços reais ou a sociedade, em geral, perde cultura e cultua apenas a beleza em detrimento dos valores da alma?

265 – Pergunta (30/03/2015):  Amigo Roger, se puderes, responda esta pergunta de um idoso desalentado com o mundo. Por que sinto que estamos involuindo, em vez de evoluir, como apregoa a chegada da Nova Era? Sinto as pessoas mais vazias, sem conteúdo, e imbecilizadas pela TV e Internet. Meus netos não leem nada e, quando escrevem, é uma tragédia. Muitos erros de gramática e ortografia. Isto que eles estudaram em bons colégios. A juventude anda tão vazia por dentro. Só pensam na beleza exterior. Não sei. Talvez seja só um devaneio de um homem velho no final de sua jornada terrena. Sinto saudades da época em que as pessoas liam bons livros. Hoje em dia estão hipnotizadas por uma tela de telefone celular que não agrega sabedoria nem conhecimento.  Abraços, querido amigo! Continue firme na sua missão de espargir luz entre as trevas da vida humana. O teu trabalho é um manjar celestial para pessoas como eu.

Roger: Querido amigo, desculpe pela demora em responder a este teu questionamento. Mas cada resposta tem o seu momento para ser trazida à luz. Concordo muito com as tuas argumentações. Muito mesmo… Apesar de não ter a tua idade, quando eu era adolescente, lembro como era salutar as boas leituras e divagações filosóficas com os amigos, onde todos baseavam seus argumentos em sábios pensadores e renomados professores. Hoje em dia, com a febre das redes sociais, todo mundo se acha qualificado para comentar assuntos que desconhece, tornando o conhecimento geral algo muito pobre e de credibilidade duvidosa; sempre baseado no “achismo” de cada um… Sem contar que as pessoas perdem importantes horas em discussões estéreis e improdutivas em redes sociais, sendo que poderiam estar se dedicando a adquirir verdadeira cultura que encontramos nos livros. Basta verificar as postagens de seu Facebook por meia hora para perceber o quão pobre encontra-se o nível de consciência e de cultura geral.

Outro sintoma desse declínio cultural é a aversão pelos textos escritos mais longos e bem elaborados. As pessoas não leem mais. E não é apenas preguiça, mas sim total falta de capacidade de concentração mental para ler textos mais elaborados. Assim como acontece com aquela pessoa sedentária que sente rápida fadiga muscular ao correr ou realizar atividade esportiva, assim acontece também com pessoas que não têm o hábito diário de realizar leituras edificantes. Tanto que se a postagem numa rede social não tiver uma “figurinha significativa”, ninguém lê. E como esta nova geração “desconhece” a grafia das palavras, (devido a raramente olharem para elas) nos deparamos com palavras como “difíssil”, “viajem”, “comunicassão”, “ezijir”, “percurço”, “ezalstivo”  entre outros crimes ortográficos. Sei que o importante é se comunicar, e não apenas escrever bem. No entanto, geralmente quem escreve errado não possui clareza de pensamento para elaborar um texto inteligível. E isso ocorre por um simples motivo: não existe o hábito de ler textos elaborados por pessoas qualificadas.

Tenho observado, em função disso, um grande desinteresse dos leitores por essa sessão de perguntas e respostas. Raros comentam e raros “curtem” quando divulgamos no Facebook. Em vista disso, e para poder me dedicar mais integralmente ao novo livro, a partir dessa semana a sessão Roger Responde se tornará quinzenal. Responderei perguntas, semana sim, semana não. Até mesmo por já termos 265 perguntas respondidas, muito ricas em informação. E mesmo assim, com frequência, recebo perguntas que já foram respondidas. Bastaria procurarem em todo o acervo de respostas no site (que é fácil de pesquisar). Isto talvez seja fruto de um outro fenômeno gerado pela “era digital”: a ansiedade crônica e o déficit de atenção. Hoje em dia poucos dedicam mais do que cinco segundos em cada texto, fazendo com que não absorvam a informação com qualidade. Soma-se a isso o conjunto enorme de informação distorcida que temos na Internet (principalmente nas redes sociais) para causar uma grave distorção na percepção e entendimento dos fatos por parte das pessoas em geral.

De antemão, peço desculpas aos fiéis leitores da sessão Roger Responde. Mas sei que eles entendem que um bom livro lançado é mais importante que respostas semanais. Além disso, procurando adaptar-me aos “novos tempos”, pretendo realizar alguns vídeos sobre temas importantes, de no máximo dez minutos, e postar no Youtube e divulgar nas redes sociais. É uma forma de manter vivo o saber espiritual em um tempo em que, infelizmente, a humanidade está “afastada das letras”. Da mesma forma, continuarei escrevendo livros com firmeza e prazer. O bom de escrever livros é que eles são eternos, imortais! Todos nós voltaremos para o plano espiritual e eles continuarão aqui, atendendo às gerações futuras que, esperamos, resgatará a verdadeira cultura, longe dessa comunicação quase tribal, por sinais e imagens, e longe das mensagens enlatadas com conteúdo questionável que vemos todos os dias. Infelizmente, o saber não se popularizou com a era da Internet. Os sábios continuam os mesmos: aqueles que buscam desenvolver e ampliar a sua consciência por meio de conteúdos nobres. Os demais continuam fazendo o mesmo que faziam na época das cavernas: utilizam a plataforma tecnológica para atender seus interesses pequenos, geralmente em torno de fofocas e debates improdutivos. Não basta apenas aprender a ler. É preciso entender o que se lê e desenvolver o gosto por leituras nobres. O índice de analfabetismo melhorou muito no último século. No entanto o “analfabetismo funcional” continua grave.

18 Responses
  • Maria da Conceição Medeiros
    mar 30, 2015

    Infelizmente, esse desinteresse parece já começar dos pequenos, pois minha filha de 6 anos está aprendendo a ler e não tem muita paciência quando a coloco para fazer leituras maiores, sempre fica ansiosa com o tamanho; como gosto muito de ler fico estimulando-a a interessar-se um pouco mais, estou lendo com ela Alice no País das Maravilhas, um capítulo por dia, mas ela fica muito inquieta para que termine logo…kkkk. Espero que um dia, no futuro, ela desperte o hábito de ler e aprenda a gostar de livros edificantes, se eu conseguir contribuir e vencer essas primeiras barreiras já me sentirei vitoriosa. Um abraço para você e sua equipe Roger, admiro muito seu trabalho, Jesus abençoe seus projetos.

    [Reply]

    Maria da Conceição Medeiros mar 30, 2015
    Responder
  • schneidercristina11@gmail.com
    mar 30, 2015

    Bom dia Roger! Tdo bem?
    Realmente, tdo que falaste aqui é
    nossa realidade, mas como falou o Sr. em sua pergunta acima, sua constatação em relação a realidade é de involução. Gostaria de tua explicação em relação ao que nos faz pensar assim.
    Grata e um abração! Cristina Schneider.

    [Reply]

    schneidercristina11@gmail.com mar 30, 2015
    Responder
  • Diogo Scalon
    mar 30, 2015

    Boa questão levantada pelo nosso irmão.Concordo plenamente com suas explanações Roger, mas creio que devagar mudaremos esse panorama.
    Cabe a nós, um pouco mais despertos, se assim nos encontramos…rsrs…a exemplificar novos conceitos, costumes e atitudes.
    Apesar da ser uma minoria, felizmente consigo perceber em alguns colegas de jornada, o cansaço sobre essa avalanche de informações vazias e a falta de sentido na atual vida, baseada exclusivamente nos acontecimentos da matéria. “É nossa amiga dor, operando mudanças”
    …que assim seja!!

    Acompanho semanalmente você aqui, caro amigo… e agora acompanharei quinzenalmente…sem problemas!!
    Que venha o próximo livro!!

    “Sejamos a mudança que gostaríamos de ver no mundo”.

    Abraços e boa semana!

    Diogo.

    [Reply]

    Diogo Scalon mar 30, 2015
    Responder
  • Marcos Ogata
    mar 30, 2015

    Uma pergunta pessimista com uma resposta ainda mais pessimista.

    Tenho acompanhado as respostas em Roger Responde, ultimamente as respostas estão todas pessimistas.

    E em várias das respostas vem escrever que está postergando o lançamento de novos livros por culpa dos leitores que não querem ler ou comentar a respeito dos outros livros, agora vem a dizer que as respostas semanais acabaram por culpa também dos leitores que comentam pouco.

    Interessante é perceber nessas respostas mais a vontade e decepção de ser e não estar sendo reconhecido do que a vontade e o entusiasmo de propagar ideias novas e construtivas.

    Aguardo ansioso pelos novos livros. Que adorei todos os anteriores. E aguardo sempre essas respostas semanais.

    “Mas sei que eles entendem que um bom livro lançado é mais importante que respostas semanais.”

    Interessante notar que valorizou apenas os livros. BOM livro. Relegando as respostas em só respostas. Onde estão as BOAS respostas… São apenas respostas…

    E de qualquer forma discordo do pensamento. Um “bom” livro demora 1 ano ou mais para aparecer, por melhor que seja demora muito. É como plantar uma semente de uma grande árvore e depois parar de regar. É assim que percebo essas “boas” respostas. É uma fonte que rega a semente plantada. Fortalece e protege a ideia nascente.

    Compreendo que a quantidade de rega se altera conforme o desenvolvimento da planta. Mas estranho o jardineiro que desiste de regar as pequeninas plantas tão somente porque ainda não estão dando os frutos desejados. Estranho e muito o jardineiro que espera da planta nascente o mesmo comportamento da árvore feita.

    [Reply]

    yuri Reply:

    Tirou as palavras do meu teclado, sem mais.

    [Reply]

    Marcos Ogata mar 30, 2015
    Responder
  • Samaya
    mar 30, 2015

    Meio confuso na exposição de suas conclusões, e claramente num “espelhamento” de um processo pessoal, o irmão acima apenas criticou e, infelizmente, não fez um comentário otimista para “curar” o pessimismo que tanto exaltou… Enfim, esse é seu “sagrado ponto de vista”. Todos nós temos um e merece ser respeitado. Triste constatar, realmente, a bestialização e superficialidade crescente nessa nova geração… Lamento pelos meus filhos, porque também constato isso dentro da minha casa. Mas tenho certeza de que o caos precede a ordem. Esse é o momento do caos. Tenhamos fé, paciência e perseveremos em nossa busca pela luz. A cura de um é a cura de muitos. Um mundo melhor nos aguarda, mas a mudança começa dentro de cada um. Agradeço muito ao seu trabalho, Roger, por nos inspirar tanta reflexão e trazer tantas informações importantes à tona. Que venha o novo livro. Abraço Fraterno!

    [Reply]

    Samaya mar 30, 2015
    Responder
  • Emanoel Almeida
    mar 30, 2015

    Boa tarde Roger. Uma pena saber que as respostas serão quinzenais a partir de agora, no entanto entendo tuas premissas. Eu sou um dos que leio praticamente todas (além de já ter lido 95% dos teus livros) e não comento ou curto no facebook. Aliás esse é um costume que não possuo, o de curtir ítens no facebook. Grande abraço e fica com Deus.

    [Reply]

    Emanoel Almeida mar 30, 2015
    Responder
  • Maria
    mar 30, 2015

    Querido Roger,como bem disse o iluminado Hermes,devemos educar bem os nossos filhos,pois futuramente,eles serão nossos orientadores.li estas informações no livro A NOVA ERA de sua autoria e Hermes onde ele nos dá preciosas informações de como devemos orientar nossas crianças e jovens.
    Adorei a sua idéia de fazer videos.Vai ser muito bom.
    Obrigada por nos ajudar.

    http://universalismocristico.com.br/portfolio/a-nova-era/

    [Reply]

    Maria mar 30, 2015
    Responder
  • Daiana Maier Lisboa
    mar 30, 2015

    Muito boa resposta Roger.
    Gosto muito de ler seus livros eles são sempre muito esclarecedores.

    [Reply]

    Daiana Maier Lisboa mar 30, 2015
    Responder
  • Giovana Veloso
    mar 30, 2015

    Sinto muito por aqueles que pensam que o mundo está pior hoje do que ontem. Para mim, isso é um sintoma da contemplação do ontem que não contribui em nada para o hoje ou para a construção do amanhã.
    Não só para mim, mas para todos os indicadores de desenvolvimento humano da ONU, FAO, OCDE, o mundo está muito melhor hoje do que qualquer tempo do ontem.
    Não só, isso em questões de direitos humanos, igualdade de gênero, acesso ao ensino superior, distribuição de renda, o crescimento é incomparável.
    As pessoas hoje estão mais abertas a discutir a sustentabilidade do planeta, mulheres ganhando o mesmo salário que os homens em posições iguais, menos machismo e discriminação por raça e opção sexual.
    Me desculpem os meus avôs e meus pais, mas o nosso mundo hoje está muito melhor e muito mais humanizado do que o deles. Eu é que não queria ter crescido em um tempo em que se acreditava que lugar de negro é na senzala ou na prisão, de mulher na cozinha e que os gays são pessoas doentes.

    [Reply]

    Giovana Veloso mar 30, 2015
    Responder
  • Ao Amigo e Irmão leitor Marcos Ogata eu lhe envio Luz…
    muita LUz….a Luz Dourada do Cristo….

    Ao amigo e irmão Rober minha Gratidão SEMPRE….
    eu cresci, evolui, prosperei, errei, cai e levantei… e a
    LUZ que o Roger e Equipe encarnada e DESENCARNADA
    me despertou, só posso dizer OBRIGADO, que Jesus Cristo
    e o nosso Pai Celestial continue lhe protegendo e amparando
    para que essa LUZ chegue a todos.

    Luz e Paz

    Arceni

    [Reply]

    Responder
  • Andrea
    mar 30, 2015

    Roger, há muito tempo eu mandei um e-mail com perguntas para você, elas não estão nas respostas anteriores que estão publicadas aqui (sim, eu já li praticamente todas). Você nunca me respondeu esse e-mail nem publicou minhas duvidas aqui até hoje. Quando as pessoas respondem aqui também não vejo você respondendo de volta e sim uma mensagem automática falando que é pra mandar sua pergunta por e-mail. Eu estou falando de mim, claro, mas se eu tivesse tido meu e-mail respondido e se visse você respondendo e interagindo nos comentários eu me sentiria muito mais animada a participar. Eu sei que vc é ocupado com a sua vida particular, etc, mas não dá pra cobrar interação se vc não interagir de volta. Concordo com o que expuseram aqui em cima também, parece que suas respostas andam meio pessimistas ultimamente, e pensei no fato de que não podemos esperar dos outros o que nós não damos e por isso expus isso de eu ter mandado e-mail e nunca ter tido resposta, talvez você também não esteja tão acessível aos leitores e por isso eles não estão tão presentes. Claro que não sei se isso é o caso, e estou só expondo uma visão pessoal, espero que não me leve a mal e quem sabe isso traga algo de bom. Vou continuar lendo essa sessão. Ansiosa pelo próximo livro, boa sorte.

    [Reply]

    admin Reply:

    Olá Andrea, as respostas da Equipe UC não são automáticas, apenas redirecionamos as perguntas para o Roger para o email uc.novaera@gmail.com. Lá elas ficam no banco de dados do Roger e ele responde de forma privada a questionamentos pessoais e seleciona as mais relevantes para responder publicamente. Quanto à interação com o público, ele dá preferência ao seu perfil no Facebook, lá você poderá ver que ele interage bastante com seus seguidores. Paz e Luz! Equipe UC

    [Reply]

    Andrea mar 30, 2015
    Responder
  • Fhernanda
    mar 31, 2015

    Caro Roger,
    Fiquei triste, em parte, por saber que as suas respostas serão quinzenais, pois elas são um estímulo para mim e por isso acompanho toda semana, mesmo que não comente. Mas entendo que a vida de hoje é corrida e nós precisamos estabelecer prioridades. Desejo um excelente trabalho para você com o novo livro, o qual espero ansiosa para ler também.
    E gostaria de pedir aos demais leitores e a você que tenham fé e procurem não desanimar diante de tantas coisas ruins (como exemplo da juventude sem cultura e sem interesse pela leitura). Eu estou participando de um grupo de jovens que estuda filosofia e percebo que ainda há esperanca! Não seja os pessimistas, vamos cultivar pensamentos bons!
    Grande abraço!
    Fhernanda

    [Reply]

    Fhernanda mar 31, 2015
    Responder
  • anderson
    mar 31, 2015

    Estranho um ser que busca a luz julgar alguém pela mesma não ter o hábito da leitura.

    Não sei quem está mais errado se é aquele que se diz culto mas julga os outros, ou se é aquele que não lê.

    Infelizmente, é lamentável o nível desses médiuns espirituais que querem se adonar da verdade em preferência de mais tolerância, ou de simplesmente ficar de boca de fechada, quando não há nada construtivo para se dizer a alguém ou algum determinado grupo de pessoas.

    Abraços

    [Reply]

    anderson mar 31, 2015
    Responder
  • tassiani
    abr 7, 2015

    Caro amigo Roger,

    confesso que fiquei surpresa com o pessimismo da sua resposta visto o seu otimismo nos livros. Nossa humanidade, sim, vive, um enxurrada de tecnologia mediante um retardanento mental das pessoas, que optam muitas vezes, pela futilidade do que pela qualidade.
    No entanto discordo quanto ao fato de você afirnar que a coluna será quinzenal por causa dos poucos leitores os poucas curtidas no facebook.
    isso não pode ser um parametro, pois tenha a certeza que os que curtem e leiam as perguntas e respostas são pessoas que buscam ali entendersm e buscarem as verdades espirituais das nossas almaa.
    Você mesmo em seus livros comenta que viveríamos esse caos, mas que, também, haveria àqueles que não deixarian de lutar pela iluminação da humanidade.
    Não chego nem perto das sua lucidez e conhecimento, mas além dos livros que leio, e diga-se de passagem, uma paixão que me faz ler de um tudo, artigos e respostas qur você nos dá é como a chuva que vem para alimentar as sementes ou o jardineiro que rega suas plantas.
    Creio que assim como muitos de nós, mediante do caos que enfrentamos acontece o desânimo, mas não podemos perder a nossa fé e esperança que, mesmo que poucas, que nascem e desenvolve, são essas as futuras árvores que darão os frutos e ensinamentos para os futuros que virão.
    grata pelis ensinamentos

    [Reply]

    tassiani abr 7, 2015
    Responder
  • Gláucia
    abr 9, 2015

    Oi, Maria da Conceição, hj minha filha está com 8 anos e tem uma coleção de livros que comprei para incentiva-la. Até um com histórias para cada dia do mês. Sobre folclore de Mauricio de Souza, até aqueles da Barbie profissões, gibi, etc. Busquei várias alternativas focando o entusiasmo do dia. Assim fiquei com alternativas para conseguir uma leitura, desde pequenos e maiores texto. Como sou espírita e faço o evangelho no lar, comprei um para ela “Evangelho Segundo o Espiritismo para a Infância” de Maria Helena Fernandes Leite. Ela adora!! Acaba lendo um capítulo todo! Fica a dica, espero que goste.

    Abraço
    Gláucia

    [Reply]

    Gláucia abr 9, 2015
    Responder
  • Gláucia
    abr 9, 2015

    Caro Roger e amigos, li suas respostas e pensei assim.

    Entendo que o Roger comparou, como já fez anteriormente a falta de interesses da humanidade na leitura edificante, construtiva, séria, mais elaborada. Esse número ele verifica pelos livros vendidos e pelas curtidas no face (exemplo). Verificasse a falta de interesse em conteúdos longos e sem figuras atrativas. Falo para vcs uma coisa….o que eu compartilho do universalismo cristico no face, raramente é curtido, pq entendo que não está falando do outro, não é foto de biquinho, não é piada, não é minha vida, etc…..entendo assim o que o Roger quis nos dizer. É desanimador sim, mas não podemos desistir!! Continuo compartilhando mesmo assim. O Roger é uma pessoa comum como todos nós. A missão dele não é fácil. Se vcs acham que ele está desanimado, Vamos fortalecer ele emanando bons pensamentos. Pois ser espírita, ser médium, não nos livra de falhas e desânimos. Como ele mesmo em seus livros já deixou bem claro suas quedas e suas erguidas. Ele costuma ser bem franco conosco e abri seu coração em suas respostas e livros. Então emanemos Força!!
    A construção de um livro bem elaborado entre muitas tarefas da vida não é fácil, mas gostaria que as respostas fossem semanalmente, mas como o amigo mesmo disse….já temos mais de 200!! Bom número, mas sempre temos a necessidade de mais 🙂
    Força, Luz, Paz!! Desejo que todos, nunca desistam de serem melhores, apesar da época que estamos vivendo!! Existem dias e dias, mas tenhamos fé que tudo sempre dará certo!! Deus é pai!

    Abraço a todos!!
    Gláucia

    [Reply]

    Gláucia abr 9, 2015
    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *