Roger Responde 273 – Reencarnação de Magos Negros Atlantes e a possibilidade de se realizar algum fenômeno com o poder do Vril nos dias atuais.

273 – Pergunta (20/07/2015):  Oi Roger, tudo bem. Eu li recentemente o livro espírita “Dragões”, e lembro bem que a autora espiritual nos esclarece que alguns espíritos trevosos, como alguns dragões, perderam a chance de reencarnarem na Terra e aguardam apenas o momento de serem transferido para o planeta que está sendo preparado para recomeçarem. Então minha dúvida é que se para os magos negros atlantes que ainda continuam nas trevas vale essa mesma regra, se irão para o outro planeta recomeçarem mais uma vez ou terão outra chance aqui mesmo no nosso planeta. Gostaria se fosse possível, e me perdoe a ousadia e intromissão, mas surgiu essa curiosidade quando eu lia o seu “Atlântida – No Reino da Luz”, na passagem em que você fala que o homem atual desconhece a força do Vril que encontra-se adormecida na pirâmide de Keops. Então, se caso você tivesse a oportunidade de visitá-la e tendo sido no passado um grande mestre dessa força ainda seria capaz de desenvolver algum fenômeno? Obrigada pela atenção, aprendo muito com seus livros, que Jesus continue abençoando seu trabalho nesse novo despertar de consciência. Um abraço.

Recentemente li os dois livros: “Atlântida – No Reino da Luz” e “Atlântida – No Reino das Trevas” e estou lendo agora o “Universalismo Crístico Avançado”. Fiquei muito impressionado com o poder da Energia Vril… Poderia passar mais informações sobre essa energia e se hoje ela é utilizada por encarnados, evidentemente para realizar o Bem ou se as  “sombras” também a utilizam hoje. Abraço fraterno.

Roger: Vou responder essas duas perguntas ao mesmo tempo por serem focadas no mesmo tema: a fascinante energia Vril, descrita nos livros que elaboramos sobre a Atlântida. Este realmente é um tema impressionante e que resulta em dezenas de perguntas a respeito. Lembro aos amigos que nesta sessão de perguntas e respostas do site temos mais de 270 perguntas respondidas, sendo boa parte a respeito dos livros sobre a Atlântida e sobre a energia Vril.

O Vril nada mais é que o fluido cósmico universal presente em todo o Universo. O que permitiu que os atlantes realizassem maravilhas foi a sua incrível habilidade em manipular esta energia. E, para isto, é preciso acreditar nesta energia invisível, ter um grande poder mental e fé para acreditar que isto é possível. O que atrasa o nosso progresso neste campo é o fato de não termos nem a fé do tamanho de um grão de mostarda… Além disto, a atmosfera da Terra atualmente encontra-se muito pesada e materialista, dificultando realizar feitos notáveis com o Vril. Mesmo assim, hoje em dia, conseguimos transformar realidade com o quinto elemento, através de curas e outras aplicações vinculadas ao campo da fé e da Espiritualidade. Mas, no futuro, a humanidade da Nova Era, o “homem novo”, voltará a utilizar o Vril em todo o seu potencial, evitando que o “homem velho” destrua o planeta pela excessiva emissão de carbono na atmosfera, resultado do modelo energético de queima de combustíveis fosseis, que atualmente é a principal fonte de energia no mundo, e que a ganância dos poderosos insiste em manter.

E sobre visitar a pirâmide de Quéops, eu não só já tive a oportunidade de entrar nela, como farei isso novamente pela terceira vez em nossa próxima viagem ao Egito em setembro. Viagem que divulgamos aqui no site e no Facebook para reunir um grupo de colaboradores e simpatizantes do Universalismo Crístico. Nas duas vezes anteriores que entrei na Grande Pirâmide, em 2011 e 2012, tentei realizar algo com o Vril, mas ele se manifesta apenas no plano espiritual, inclusive dentro desse imenso catalisador de energia. Ainda mais que o Egito hoje em dia não é mais a terra das altas vibrações espirituais. O período faraônico tornou-se apenas história. A cultura islâmica que domina hoje em dia a região criou um véu que encobre a elevada energia espiritual de outrora. Expliquei isso em um capítulo inteiro no livro “Universalismo Crístico Avançado”, onde descrevemos detalhes das duas viagens ao Egito que já fizemos com leitores.

Sobre os dragões e magos negros atlantes poderem reencarnar na Terra ainda ou não… Tudo pode acontecer. Estabelecer regras absolutas sobre reencarnações é como estabelecer datas para grandes transformações no mundo. O próprio mago negro Arnach dos livros Atlântidas reencarnou faz pouco mais de cinco anos. Não houve nenhuma proibição para isto. No caso dele seria algo útil tanto para ele como para os projetos da Espiritualidade Superior.  Talvez a gente aprofunde mais sobre todas essas informações em nosso próximo livro, que será sobre esse tema. Mas, fundamentalmente, ele abordará questões mais urgentes, como a desconexão da humanidade atual com a Espiritualidade, abrindo brechas para a ação de todas estas coisas torpes que estamos vendo pelo mundo, atualmente.

Por fim, gostaríamos de informar aos amigos que apoiam e desejam auxiliar o projeto Universalismo Crístico na Terra que imprimimos 20 mil exemplares da nova revista do Universalismo Crístico (edição 2015), com recursos obtidos justamente com a viagem ao Egito, citada acima. Quem tiver onde distribuir estas revistas em sua região (local com pessoas interessadas no tema), envie e-mail para uc.novaera@gmail.com solicitando exemplares, provável quantidade e informando o seu endereço completo para a entrega.

3 Responses
  • Marcos Ogata
    jul 20, 2015

    Muito boa a resposta.

    Acredito que a autora pretendeu dizer que tais espíritos tenham já perdido a chance de ganhar a Terra da nova era.

    Mas até que a transição seja completa. Qualquer chance de reencarnação pode e será aproveitada.

    Ainda que o espírito não tenha mais tempo de evoluir o bastante para o padrão da nova era. Ainda pode ter tempo para migrar em situação melhor. Caso em que um reencarnação ajudaria muito.

    [Reply]

    Marcos Ogata jul 20, 2015
    Responder
  • PAULO LAUREANO GARCIA
    maio 18, 2016

    Boa tarde, com relação aos Magos Negros, energia vril e tudo mais, posso dizer que os comunistas apesar de materialistas desenvolveram pesquisas (se prestarem bem atenção esta relacionadas com o vril) – ver Sheila Ostrander – Lynn Schroeder. Experiências Psíquicas Além da Cortina de Ferro. Título do original inglês: Psychic Discoveries Behind The Iron Curtain Eugène Bodin.

    Estou tomando conhecimento de suas obras agora, ler sobre os capelinos, atlantes, entre outros, ja venho fazendo, mas a sugestão para o Irmão, associar o Universalismo Crístico, ao estudo de Kardec, comparações e pesquisas, dando assim maior enfase a todo o trabalho. O irmão pode ate ter dado, falo isso porque estou tomando conhecimento agora de seu trabalho, procurando ler e pesquisas. O que vamos ver é muita informação negativa sobre o vril, com razão, mas cada um deve pesquisar, saber a verdade e tirar a verdade, como tudo em nosso plano é utilizado para o bem e para o mal.

    Vril no meu ponto de vista simplório nada mais é que a força metal determinante de cada um (fé que o Cristo ja falava – quem curou foi sua fé) , quando ela se torna coletiva, é de um poder fabuloso. Veja, um exemplo simples: quando todos nos unimos contra as injustiças, o que ocorre? perdemos ou vencemos!

    [Reply]

    PAULO LAUREANO GARCIA maio 18, 2016
    Responder
  • carmen
    jul 9, 2016

    Gostaria de saber se a energia vril pode ser usada nos trabalhos de desobcessão apométricos, ou se a energia usada através da fisica quântica para curar perispiritos, é a mesm?. Tanto encarnado como desencarnados?!

    [Reply]

    carmen jul 9, 2016
    Responder

Deixe uma resposta para Marcos Ogata Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *