Roger Responde 207 – Uso da ayahuasca (no contexto religioso) para entrar em estados alterados de consciência.

207 – Pergunta (02/12/2013): Bom dia Roger tudo bem? Bem a minha pergunta é com relação ao uso da ayahuasca no contexto religioso. Gostaria de saber se há algum perigo em usar o chá para uma alteração de consciência, ou seja, entrar em outras dimensões? Agradeço desde já a atenção a mim dispensada. Om Shanti Om

Roger: Esta pergunta já me foi feita várias vezes. Eu não a respondi antes porque nunca tinha realizado uma experiência mediúnica com a ayahuasca. Neste ano, alguns meses atrás, logo depois da viagem que realizamos a Machu Picchu no Peru, eu resolvi participar de uma cerimônia aqui em Porto Alegre. A cerimônia e a seriedade dos organizadores da liturgia foram admiráveis. Os organizadores realizaram antes da cerimônia um nobre estudo espiritual e depois foi realizada a ritualística do chá e os cânticos. Todos os procedimentos foram de elevada natureza espiritual. Cânticos muito similares aos da Umbanda. E contava com a presença benéfica de vários espíritos da categoria dos “pretos velhos”. Ocorreu um excelente trabalho de limpeza espiritual. Participei de uma cerimônia do segmento “Fraternidade Céu na Terra”. É uma versão do “Santo Daime na Nova Era”. Desse modo, mais afim com os propósitos do Universalismo Crístico.

Como era esperado, o chá me causou mal estar, já que eu não estava acostumado com a bebida forte. Ele realmente coloca a pessoa em um estado alterado de consciência. Mas nada que eu já não vivencie naturalmente através do desenvolvimento mediúnico, que conquistei por meio do estudo, da meditação e da expansão natural da consciência que realizei durante toda a minha vida. Creio que utilizar a ayahuasca como uma forma de conhecer o caminho para adentrar em estados alterados de consciência é válido; contudo, não sou favorável ao seu consumo rotineiro. Não há perigo em usar o chá. Mas creio que o melhor meio de desenvolver esta expansão de consciência é através do estudo, da meditação e do autoconhecimento. O chá pode abrir as portas para este caminho, mas não recomendo fazer parte do trilhar diário para atingirmos a real e plena expansão da consciência. O desenvolvimento espiritual deve ser uma conquista da alma através de um processo de amadurecimento interno consciente. Os rituais e os meios jamais devem sobrepor-se aos fins.

7 Responses
  • Flaviuo Luiz Pansera
    dez 2, 2013

    Excelente resposta.
    Sou da mesma opinião. A expanção da consciência não pode ser realizada por meios químicos, mecânicos ou outro tipo de deoga ou objeto material. A consciência só pode ser espiritual. Na Paz do Cristo

    [Reply]

    Flaviuo Luiz Pansera dez 2, 2013
    Responder
  • RICARDO IRAN
    dez 2, 2013

    PARABENS Roger !

    Elucidou muito bem !!!
    Existem vários grupos que acham que irão expandir suas consciências com ayahuasca,daime, peyote,..maconha,…etc

    Não existe maior expansão, alteração da consciência do que o DESENVOLVIMENTO
    DA MORAL DO ESPÍRITO !

    E a ALMA verdadeiramente MADURA , é aquela que consegue DESENVOLVER EM
    SI A ESSÊNCIA DO AMOR

    FOI PERFEITO !!

    [Reply]

    RICARDO IRAN dez 2, 2013
    Responder
  • Ana Paula Severo
    dez 2, 2013

    Gostei da resposta tenho uma amiga que usa desse chá, mais na minha visão porque cobrar tão caro por algo que a nossa natureza nos dá……

    [Reply]

    Ana Paula Severo dez 2, 2013
    Responder
  • Elenice
    dez 4, 2013

    Estava mesmo precisando de uma idéia franca e sincera a respeito do assunto. Obrigado Roger!

    [Reply]

    Elenice dez 4, 2013
    Responder
  • Antonio
    dez 5, 2013

    Ótima resposta. Sem dúvida o uso de qualquer substância nesse sentido, só deve ocorrer em condições apropriadas como foi o seu caso Roger.
    Eu já fiz uso do chá por três vezes, na primeira vez numa cerimônia particular, não senti nada de diferente. Na segunda vez num ambiente um pouco melhor, com mais algumas pessoas e nada. Na terceira vez foi num grupo muito bem dirigido, chama-se Céu de São Francisco, com uma direção muito séria, e dessa vez, tive lá as minhas visões, algo muito maravilhoso.
    Pela minha experiência narrada acima, ficou claro para mim, que somente numa cerimônia realizada com ordem, disciplina, e com os cânticos, as coisas funcionam bem.
    Agora, fazer uso constantemente não deve ser legal mesmo, porque passamos a depender daquilo.

    Abraço,
    Antonio
    Brasilia,DF

    [Reply]

    Antonio dez 5, 2013
    Responder
  • Antonio
    dez 5, 2013

    Só para complementar.
    Nas duas primeiras vezes eu paguei para participar.
    Na terceira, foi gratuita, bem discplinada, e a coisa aconteceu.
    Interessante.

    Abraço,
    Antonio
    Brasilia,DF

    [Reply]

    Antonio dez 5, 2013
    Responder
  • Jéssica
    jan 4, 2016

    Legal, Roger. Agradeço sua elucidação.

    É importante enfatizar para àqueles que pouco conhecem o assunto, que a Medicina da Floresta costuma ter alto valor monetário pois seu feitio não é nada simples. Tive a oportunidade participar de um feitio da medicina e, só depois dessa experiência, pude compreender a dificuldade e complexidade para tal.
    Porém, os lugares que já frequentei até então peiam contribuições acessível (de 20 a 60 reais em média).

    Saindo um pouco deste quesito. Acho legal lhes trazer uma rase que costumamos dizer entre nós: “Beber Ayahuasca para não mais ter que bebê-la”. Isto é, ela é um Guia que nos ajuda a expandir a consciência e acessar importantes informações, receber orientações, compreender Gaia… Porém, como o Roger disse, temos a consciência de que somos capazes e precisamos trabalhar para atingir estes níveis de acesso pela meditação. Mas isso não deve excluir a importante ferramente que esta medicina pode ser para nos ajudar em nossa busca espiritual.

    Somente depois das minhas primeiras experiências com a bebida que realmente senti a presença do Espírito Criador e de Gaia no mais profundo do meu Ser. Antes disso, eu era cética e confusa. Não sabia em quê acreditar e as religiões não me faziam sentido. Depois de ter acesso através da medicina me libertei de muitos vícios e hoje busco chegar à estes estados de consciência por mim mesma.

    Sou grata pela oportunidade de me expressar e sou grata por este projeto lindo que vem se instalando na Terra, por poder fazer parte disso e estar acordando mais a cada novo dia.

    Forte Abraço. Luz e Alegria!

    [Reply]

    Jéssica jan 4, 2016
    Responder

Deixe uma resposta para Flaviuo Luiz Pansera Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *