Roger Responde 155 – Considerações sobre a vibração coletiva de 21 de dezembro de 2012

155 – Pergunta (03/12/2012): Roger, recebi um e-mail com um link que leva a um blog que relata supostas profecias sobre o “fim do mundo no ano de 2036”. O autor se autointitula um intérprete das profecias que ocorrerão na Nova Era. Lendo o texto, por sinal muito prolixo e fantasioso, vi um ataque velado à vibração coletiva do Universalismo Crístico para a entrada na Era da Luz no dia 21 de dezembro, que todos realizaremos juntos em nome do Cristo. Ele insinua que realizar meditações e vibrações coletivas à meia noite tem por objetivo (escuso) alimentar às forças dos espíritos do mal e distorce as informações sobre as mudanças que acontecerão a partir dessa data para atender seus interesses.

Eu sou um homem racional. Creio que qualquer ação voltada para o Bem e para o amor jamais “fortalecerá as forças do mal”. Mas gostaria que você comentasse algo, principalmente para evitar que pessoas menos atentas se deixem levar por esse texto sombrio e dissimulado que, na minha opinião, tem o objetivo de desmobilizar a nossa união para construirmos um mundo melhor e mais crístico. Sinceramente, é na atitude desse blog que vejo uma tentativa evidente de atender aos interesses das trevas.

Roger: No capítulo 12 do livro “Universalismo Crístico Avançado”, na página 313, alertamos os leitores sobre a utilização de médiuns despreparados e vaidosos que seriam fascinados por entidades das sombras com o objetivo de atacar o Universalismo Crístico e todas as suas iniciativas. Neste caso citado pelo leitor acima, atacar a vibração coletiva para entrada na Era da Luz no dia 21 de dezembro que estamos organizando em nome do Cristo.

Pensei encontrar argumentos sérios nesse texto, porém, lendo a argumentação desse blog, percebe-se logo uma incoerência absurda! Como que uma ação coletiva em nome do Cristo, mentalizando energias voltadas para o amor, para o bem comum e para a construção de um mundo melhor pode ser utilizado para servir às trevas??? Isto é como “derramar água benta na boca de um vampiro e ele gostar e pedir mais!” Como a luz pode ser utilizado pelas forças do mal? Gostaria que alguém me explicasse essa incoerência absurda! Digna de crendices com objetivo de manipular seguidores.

Vejo aí, sim, a velha tática dos espíritos das sombras que tentam desestimular as ações do Bem através de gerar confusão, medo e terror. A vibração coletiva do dia 21 de dezembro (virada dia 20 para 21 da meia noite as 02hs – horário de Brasília) está se tornando uma das maiores correntes coletivas de amor por um mundo melhor já realizadas no Brasil e em Portugal. E espero que se estenda por outros países também. Isso, certamente, é algo que desgosta profundamente os espíritos do mal. Logo, utilizam-se desses médiuns que se dedicam mais a teorias fantasiosas e se esquecem do amor fraterno e universal. Estes irmãos deveriam estar conosco agora, lado a lado, promovendo esta abençoada corrente de Luz. No entanto, o seu ego e vaidade não permitem. Preferem viver nas sombras, semeando discórdia e medo. Algo realmente muito triste.

Mas fico tranquilo. As pessoas que já despertaram para o ideal do Universalismo Crístico são pessoas lúcidas que conseguem enxergar isso muito bem. Sabem que os falsos gurus utilizam-se de rituais e “regras descabidas” para amedrontar os incautos, pois temem perder sua influência e controle sobre eles. Queridos amigos, reflitam! Meditar sintonizado com o amor e a paz a meia noite é alimentar entidades do mal??? Óbvio que não. Essa ideia é apenas uma crendice propagada por seres mal intencionados procurando fazer todos temerem a noite para, assim,  controlá-los através do medo. Assim como faziam desde os tempos medievais, quando a ignorância imperava entre o povo simples. Realizaremos esta meditação neste dia e horário porque é orientação de Hermes e será o momento em que todos poderemos nos projetar em espírito e desativar a quarta pirâmide, realizando isso no mesmo horário em que as demais foram desarmadas e que nada de negativo aconteceu a ninguém. Muito pelo contrário.

Deus está presente em tudo e principalmente em nossos corações. Se possuímos o amor de Deus em nossos corações, podemos descer ao Inferno de Dante e lá realizarmos a nossa vibração coletiva e nada de mal nos acontecerá. E vocês sabem por que? Porque essa vibração coletiva é da vontade do Criador dos Mundos. Ela é vontade, também, do Cristo, de Jesus e demais grandes mestres e recebe a orientação e o acompanhamento direto de Hermes, que se empenha em divulgar a consciência espiritual da Nova Era nos dias atuais.

No dia em que entidades do mal conseguirem extrair de nossos corações e auras o amor e a luz que temos em nossos corações e converterem isso em energias para fazer o mal ou nos dominarem… me avisem, por favor,… porque isso é o maior contrassenso da sábia lei de harmonia universal criada por Deus. Estaremos vivendo provavelmente em um universo paralelo com regras que não refletem a lógica divina. Só assim isso poderia acontecer.

Com relação a isso, não devemos nos preocupar ou revoltar. Estamos a apenas 18 dias da grande vibração coletiva por um mundo melhor. Nós devemos nos manter harmonizados e em paz para doarmos as nossas “energias crísticas”, absolutamente do Bem, em sua máxima essência e força. O que devemos fazer por estes irmãos que estão se deixando envolver pelas sombras é orar, desejando que despertem da hipnose que estão sofrendo dos magos negros com o objetivo de tentar prejudicar o trabalho da Luz promovido através do Universalismo Crístico. Hermes relata no livro “Universalismo Crístico Avançado” que as entidades que estão realizando esses ataques são denominadas de “viúvas negras” no astral, por sua total indiferença e crueldade para com seus médiuns fascinados, depois de atingir os seus objetivos. Portanto, reafirmo que o melhor que podemos fazer é orar por eles procurando através de nossos bons pensamentos ajudá-los a sair das sombras enquanto ainda é tempo.

E vamos esquecer toda essa polêmica das crenças espirituais que envolve essa questão. A nossa vibração coletiva para apoiar a entrada da Era da Luz não deve ser uma luta entre o Bem e o mal, mas sim um trabalho de amor e paz, que busca construir um mundo mais fraterno e harmonioso. Não importa no que acreditamos com relação a tudo isso. O que realmente importa nisso tudo é que o nosso mundo precisa com muita urgência de vibrações de amor, paz e harmonia. E quanto mais pessoas se unirem a essa corrente de Luz, mais construiremos a realidade concreta do amor e da paz no mundo. Fico feliz em ver que estamos saindo da teoria e partindo para a prática efetiva. E não serão ações isoladas como desse blog que nos intimidarão a fazermos a nossa parte na construção de um mundo melhor.

Sendo assim, desejamos a participação de todos nesta vibração coletiva, desde espiritualistas até os ateus e agnósticos, ou, então, membros de outras religiões que não aceitem ainda o Universalismo Crístico. Acima de tudo, a mensagem da vibração é o amor verdadeiro e universal e trabalharmos pela construção de um mundo melhor e mais fraterno, preparando a estrada que nos conduzirá a Nova Era tão divulgada e sonhada por todas as pessoas de Bem nas últimas décadas.

Como já disse em outras oportunidades, é hora de perceber que devemos ser protagonistas deste momento especial da história de nossa humanidade. Hermes e a Alta Espiritualidade estão nos convidando a participarmos ativamente das ações necessárias para afugentar as sombras e promover a Luz na Terra. Um fato marcante que será lembrado por séculos no futuro. Portanto, irmãos, agora é a hora de uma divulgação massiva da vibração coletiva do dia 21 de dezembro. Aos espiritualistas em geral, divulguem os detalhes; aos leigos e céticos, apenas devem sugerir que nessa noite façam uma prece a Deus, Cristo, Jesus, Buda, Moisés, Krishna ou qual seja o avatar de sua religião, pedindo um mundo melhor, com mais amor e paz,  para nós, para os nossos filhos e para toda humanidade. Toda ação mental voltada para a Luz, para o amor, independente de horário ou de crendices, sempre gera energias salutares para interromper as vibrações do mal, reduzindo crimes, tragédias e sofrimentos em todo o planeta. Contamos com o apoio de todos para criarmos a maior vibração coletiva que esse país já viu.

E claro que não vamos divulgar o blog que o leitor citou e quem escreveu o texto mencionado nele. Até mesmo por ser uma manifestação inexpressiva e voltada para as sombras. Como diz o ditado: “Não se deve dar asas às cobras”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *