Roger Responde 114 – Exercícios para criar bons hábitos mentais

114 – Pergunta (20/02/2012): Roger, nosso cérebro, com o passar dos anos, vai estabelecendo “conexões sinápticas” entre os neurônios, de acordo com as nossas ações, que promovem uma viciação de nosso hábitos. Que conselhos você daria para reverter aquelas conexões mentais equivocadas? Existem exercícios para isso, como o da gratidão, da pedra no bolso como já ví em um documentário e também no livro Universalismo Crístico. Ficarei muito grato com novos exercícios para quebrar esses maus hábitos que nós mesmos criamos e nos atrasam na escalada em direção à luz e sabedoria.

Roger: Parabéns pela excelente pergunta. No novo livro que estamos trabalhando, “Universalismo Crístico Avançado” recordamos aos leitores dos três alicerces do Universalismo Crístico básico:“O amor ao próximo como a si mesmo buscando cultivar as virtudes crísticas de forma verdadeira e incondicional”. O segundo: “A crença na reencarnação do espírito e no carma, pois sem elas não existe Justiça Divina”. E o terceiro: “A busca incessante pela sabedoria espiritual aliada ao progresso filosófico e científico com o objetivo de promover a evolução integral da humanidade”. E, também, seus dois roteiros fundamentais: O primeiro é a lei do amor. Tudo que foge a maior das virtudes deve ser descartado, pois não provêm de Deus. E o segundo é a busca da verdade. Jesus nos ensinou: “conhece a verdade e a verdade te libertará”. A verdade está onde estão o bom senso e a lógica.

Depois apresentamos os três novos alicerces do Universalismo Crístico Avançado, que são: primeiro “a compreensão profunda e verdadeira do amor”, segundo “a busca do autoconhecimento” e o terceiro “entender a forma como pensa o nosso semelhante”. E o Universalismo Crístico Avançado apresenta, também, dois roteiros. O primeiro é o mesmo: tudo que foge a lei do amor deve ser descartado, pois não provém de Deus. E o segundo é a autoavaliação! Precisamos mensurar se estamos nos conhecendo melhor e entendendo o nosso próximo, baseado nos preceitos sagrados do amor. Essa é a fórmula elementar para evoluirmos em harmonia com os nossos semelhantes.

Nesse segundo roteiro, vemos que é fundamental analisar o nosso progresso, tanto na busca de nosso autoconhecimento como na compreensão de nossos semelhantes. Para isso, no livro novo, traremos alguns métodos para que o leitor possa fazer essa sua autoavaliação. Entre eles, estão alguns exercícios para reprogramação da mente que foi sugerido na pergunta, com o objetivo de estabelecer conexões sinápticas positivas. A correção de nossos hábitos diários, iniciando-se em nossos pensamentos, é um grande passo para termos uma relação mais harmoniosa com o mundo. E, para isso, precisamos nos livrar de nossos maus hábitos.

Entretanto, peço paciência a todos. Ainda não estamos trabalhando nesse capítulo específico e seria muitas coisas para relacionar aqui. Setembro, meus amigos, está logo ali. O tempo voa. A cada dia mais rápido. Em breve todos já terão em mãos o livro “Universalismo Crístico Avançado” e obterão amplas informações sobre o tema dessa pergunta. Posso garantir-lhes que o livro será surpreendente e com um conteúdo rico e inovador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *