Roger Responde 092 – O que muda com a entrada da Terra no cinturão de fótons da estrela Alcyone?

092 – Pergunta (19/09/2011): Como respondes as mais perguntadas, repito para a contabilização de vezes… Roger, já li todos os teus livros anteriores e agora estou lendo Atlântida – No reino das trevas. No começo deste livro há a informação sobre o momento em que a terra entrará no cinturão de fótons da estrela Alcyone. E que a mudança da frequência terrena em decorrência desse fato alterará a percepção de alguns espíritos mais elevados moralmente que estão encarnados, os chamados índigos. Nesse sentido você disse na resposta à pergunta 35, de 16/08/2010: “As crianças que sofrem dificuldades comportamentais para se adaptar a esse “velho mundo”, respirarão aliviadas.” Eu gostaria, se possível, que falaste mais sobre esse termo “respirarão aliviadas”. Será uma mudança orgânica no funcionamento cognitivo desses espíritos encarnados(frequentemente diagnosticados como portadores do transtorno de déficit de atenção e hiperatividade) ou simplesmente um alívio moral deles por reparar que o mundo está entrando definitivamente numa nova era(neste segundo caso, a data de 21/12/2012 seria só simbólica?)? Ou talvez uma conjugação de ambos(alteração orgânica+alívio moral)? Por acaso essas crianças, ou jovens adultos, deixarão de lado algumas mazelas decorrentes do chamado TDAH, e por isso “respirariam aliviadas”? Muito obrigado pela atenção.

Roger:  Eu não respondo apenas as mais perguntadas, mas as mais importantes e que possam esclarecer assuntos de interesse geral. E a tua pergunta está no grupo das mais interessantes. No entanto, são muitos questionamentos e as vezes é difícil estabelecer as mais prioritárias. Sem contar que existem perguntas que precisam ser respondidas no momento em que a questão em foco está acontecendo, como fizemos na pergunta passada que dizia respeito a próxima viagem ou, então, em perguntas sobre assuntos que foram notícia naquele período e perderiam o sentido se respondidas posteriormente.

Sobre a citação mencionada acima, que consta do capitulo introdutório do livro “Atlântida – no reino das Trevas” e, também, da pergunta 35, de 16/08/2010, refere-se à mudança de frequência espiritual de nosso planeta. Com a desativação total das quatro pirâmides hipnóticas e outras medidas a serem tomadas pela Alta Espiritualidade da Terra, nosso mundo passará a ter uma psicosfera mais higienizada, permitindo que espíritos já sintonizados com frequências espirituais mais elevadas “respirem aliviados”.

Essas crianças não passarão por mudanças orgânicas, pelo menos a curto prazo. As crianças realmente preparadas para o terceiro milênio ficarão como estão. O mundo ao seu redor que se transformará permitindo que elas, “respirando aliviadas”, possam desenvolver todo o seu incrível potencial. Elas estão prontas para promover um grande progresso espiritual e humano, mas através de outras visões, quebrando paradigmas, mas, como seus país, professores e a sociedade em geral ainda vibram na frequência do passado, terminam dificultando o desenvolvimento dessas crianças.

No entanto, o que mais me preocupa, é que os pais, no afã natural de acharem seus filhos especiais, confundam as características de crianças índigo com problemas realmente patológicos que necessitem de acompanhamento médico para reduzir seus efeitos e o agravamento da situação. Tenho visto vários país com crianças que realmente apresentam problemas cognitivos dos mais variados e os pais insistem em afirmar que seus filhos são crianças índigos. Uma criança índigo, de modo geral, tem o coração bom e, mesmo sendo rebelde, entende a necessidade da disciplina e de suas responsabilidades, tanto na escola como na vida familiar. E, também, como hoje em dia temos vídeo games, internet, TV´s a cabo e toda uma gama de distrações modernas, fica fácil a criança ser vítima do famoso “´déficit de atenção”. Os pais precisam ficar atentos a todas essas questões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *