Notícia da Semana – Jovem monta impressora 3D com US$ 100 e lixo eletrônico

Para o africano Kodjo Afate Gnikou a máquina saiu por 100 dólares , ou menos de 220 reais, mais computadores, impressoras e scanners encontrados num lixão.

Sim, ele montou sua impressora 3D em um maker space – uma oficina de inovação e produção em que inventores e projetistas se reúnem para tornar reais as ideias que lhes vêm à cabeça.

A máquina se chama W.Afate e é uma réplica caseira da Prusal Mendel, uma impressora popular nos Estados Unidos e na Europa.

Para fazê-la, Afate teve que comprar algumas peças novas, mas a maioria dos componentes vieram de computadores, impressoras e scanners encontrados nos lixões da cidade.
A África tem um enorme problema de lixo eletrônico.
A cada mês, centenas de toneladas de computadores e equipamentos industriais descartados acabam nos lixões e peças boas, que poderiam ser reaproveitadas, se misturam com componentes e materiais tóxicos. A intenção de Afate é chamar a atenção para a produção exagerada e o mau reaproveitamento desses resíduos.
Vídeo em Inglês.
Colaboração: Maria Luz
Reflexão
“A melhor maneira de ajudar a ecologia
é reciclar o que o luxo desperdiça.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *