Notícia da Semana – Geladeiras viram bibliotecas em praça pública: livros de graça

geladeira-livros-close-

A comida nutre o corpo. Os livros, a alma.

Imagine então geladeiras cheias de livros, colocadas em praças públicas, para que qualquer pessoa possa mergulhar na magia da leitura, gratuitamente.

A ideia é do produtor cultural e videoartista Lucas Rafael, baiano de 31 anos, que instala o eletrodoméstico grafitado por amigos em espaços públicos do Guará II, cidade a 25 km do Congresso Nacional, no Distrito Federal.

A intervenção artística estimula também doação de obras.

Até agora, existem três geladeiras expostas – desligadas, é claro – para o projeto que tem um nome inusitado: “Refresque Ideias – Geladeira do livro”.

Lucas Rafael diz que os livros infantis dominam as geladeiras e que as comunidades nos locais de instalação criaram afeto pelo projeto. “Inclusive, um senhor todas as manhãs varre os arredores da geladeira”.

Vandalismo 

No meio do ano passado, duas geladeiras na QE 17 e QE 32 no Guará foram depredadas. Os livros foram jogados no chão e as portas arrancadas. Mas Lucas não se abate.

Com o apoio do Fundo de Apoio à Cultura, que disponibilizará os refrigeradores, o produtor cultural espera ter geladeiras em mais sete cidades: Areal, Ceilândia, Planaltina, Samambaia, Estrutural, Taguatinga e Sobradinho.

Outro apoio vem do Bazar das meninas, sarau organizado por Fernanda Morgani, esposa de Lucas.

O evento é para troca, escambo e consumo sustentável e é realizado em uma praça onde há uma instalação de geladeira.

Devolução

Pega quem quer e devolve quem quiser.

“O projeto nesse sentido tem uma visão bem libertária, você pode pegar o livro e não devolver mais, porque às vezes a pessoa pega aquele livro, e muda a vida dela”, conclui Lucas.

Link da notícia: http://www.sonoticiaboa.com.br/2016/03/11/geladeiras-viram-bibliotecas-em-praca-publica-livros-de-graca/


 

Reflexão: Ler um bom livro nos dá conhecimento, cultura, senso crítico, cultura, prazer e, principalmente, abre a mente humana para novas ideias que o indivíduo sequer imaginava existir. Como dizia o grande físico alemão: “A mente que se abre a uma nova ideia jamais volta ao tamanho original”- Albert Einstein

Paz e Luz a todos!

One Response
  • Charles Delgado
    mar 17, 2016

    Olá equipe do UC, gostei muito da ideia do produtor cultural, simples e transformadora! Eu me simpatizo imensamente pelo UC, e queria alguma informação sobre as perguntas respondidas pelo Roger, é que estou esperando desde Dezembro por novidades, já passou o prazo e estou com saudades…rs…um grande Abraço a todos!!

    [Reply]

    Charles Delgado mar 17, 2016
    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *