Notícia da semana ­- Com fila na porta já no primeiro dia, irmãos abrem o primeiro açougue vegano das Américas

vegano

No sábado (23/01), foi inaugurado o primeiro açougue das Américas que só vende versões de carne sem nada de origem animal. Com mais de 40 tipos de “cortes”, a primeira loja do Herbivorous Butcher Açougueiro Herbívoro) teve um grande lançamento e fila na porta por todo o dia.

Todas as carnes vendidas por lá são feitas com seitan, um derivado da proteína do trigo. Cada tipo de carne recebe um tempero diferente e é preparada de forma exclusiva, proporcionando diferentes texturas e sabores. A julgar pela aparência dos produtos, o sucesso é merecido.

O açougue está localizado em Mineápolis, cidade com cerca de 380 mil habitantes que fica no norte dos Estados Unidos. O Herbivorous Butcher é a primeira loja do tipo nas Américas e a segunda do mundo. O primeiro açougue do tipo foi inaugurado em 2010 na Holanda e continua fazendo sucesso.

O Herbivorous Butcher é um projeto dos irmãos Aubry e Kale Walch, veganos há muitos anos. Eles já faziam sucesso vendendo carnes vegetais em festivais veganos e feiras informais. Então, tiveram a ideia de abrir um açougue com todas as características arquitetônicas de um açougue comum, mas sem nenhum ingrediente de origem animal à venda.

Aubry e Kale buscaram apoio em um site de financiamento coletivo e conseguiram pouco mais de US$ 61.800,00 com a campanha, algo em torno de R$ 250.000,00. O dinheiro foi essencial para que o açougue virasse realidade.

O Herbivorous Butcher é, além de um açougue, uma queijaria vegana artesanal com uma grande variedade de queijos vegetais.

A inauguração chamou a atenção da imprensa norte­americana e o Herbivorous Butcher foi destaque nos maiores jornais do país.

Acesse a notícia no link: https://vista­se.com.br/com­fila­na­porta­ja­no­primeiro­dia-
irmaos­abrem­o­primeiro­acougue­vegano­das­americas/

Reflexão

Tal como nós, os animais podem entristecer ou alegrar-­se, sentir medo ou solidão, sentir frustração ou satisfação. Os animais também têm percepção do mundo que os rodeia e têm consciência daquilo que lhes acontece. Eles também têm interesse em desfrutar a vida que lhes foi oportunizada. “Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-­lo a amar seus semelhantes”. (Albert Schweitzer).

Paz e Luz a todos!

2 Responses
  • Julio Cesar
    fev 9, 2016

    Putz,nao sei o que falar,sou meio leigo,mas no meu ponto de vista, Herbivorous Butcher nao seria um nome adequado para um estabelecimento dese porte,pois se os caras sao veganos,deveriam dar um nome similiar ao que acreditam!
    Vejam bem, …açougue

    Açougue
    s.m. Lugar onde se vende carne.
    Matadouro.
    Fig. Matança…O que eles vendem nao tem nada haver com carnes, entao,coloquem apenas Herbivorus e ponto final.
    Tudo gira em torno do dinheiro como sempre.
    Mas aqu eh um leigo falando,entao deixe quieto…Mas ninguem me engana,pois todos os produtos que eles vendem,nao tem nada de origem animal,entao nao eh acougue herbivoro,apenas uma loja de produtos naturais e mais nada!!!

    [Reply]

    Julio Cesar fev 9, 2016
    Responder
  • renate marianne perez
    fev 10, 2016

    Materias fantásticas. Amei a noticia ref. abertura de um açougue vegano, pois
    sou vegetariana.
    Gostei muito do relato daquele abençoado homem que modificou todo um
    vilarejo mediante sua iniciativa por amor ao próximo!

    [Reply]

    renate marianne perez fev 10, 2016
    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *