Voluntários cuidam de idosos que vivem tristes, na solidão

idosos_tristesFoto: Eskaton

 

Voluntários estão ajudando idosos que vivem tristes, sozinhos em sua casas em Sacramento, na Califórnia, EUA.

Eles ligam todo dia, de segunda a segunda, para saber como os idosos estão de saúde e para conversar um pouco com eles.

Os voluntários fazem parte da Eskaton, uma ONG que há 50 anos cuida de idosos e há mais de 20 anos telefona para vovôs e vovós que vivem trancados em casa.

Nessas mais de duas décadas, a ONG já fez mais de 1,6 milhão de ligações pelo Telephone Reassurance program- Em tradução livre, Programa de Garantia por Telefone.

O programa tem voluntários treinados, com verificação de antecedentes e eles fazem ligações sete dias por semana, 365 dias por ano.

A solidão faz adoecer

O motivo é simples: as pessoas mais velhas que vivem sozinhas têm mais probabilidade de desenvolver demência do que aquelas conectadas socialmente.

A solidão produz efeitos físicos que estão entre os mais problemáticos na medicina moderna, diz Linda Whiteside, gerente do programa.

“As conexões sociais formadas entre os voluntários e os participantes do Telephone Reassurance ajudam muito a reduzir os riscos à saúde e trazem tranquilidade aos idosos e seus familiares”.

Ben, um veterano que se beneficia com o programa, disse:

“Estou muito grato por alguém estar me ligando todos os dias e verificando como estou. Me põe pra cima para saber que alguém se importa ”.

 

 

Links: http://www.sonoticiaboa.com.br/2018/08/28/voluntarios-cuidam-de-idosos-que-vivem-tristes-na-solidao/

https://www.goodnewsnetwork.org/1-million-calls-to-seniors/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *