Vibração Coletiva (17/01/2018) – Indivíduo – Em busca do Fraterno Ser

Indivíduo – Em busca do Fraterno Ser.

A alma, o receptáculo do espírito fractal universal de ser, que encarnado se torna um indivíduo terrestre com o aprendizado experimental no autoconhecimento humano. Na realidade coletiva humana, faz com que o ser cresça neste planeta seguindo as normas e os critérios, as bases estabelecidas na sociedade dos conceitos de humanidade.

Pai e Mãe, irmãos, vidas que conjuntas geram as famí­lias, famí­lias que se encontram e geram os amigos, amigos que se tornam conhecidos, reconhecidos, queridos, verdadeiros, se unem, se afastam e geram o nosso crescimento como ser humano.

As trocas humanas, gerador da energia potencial da experiência para evolução, fí­sica, psicológica e emocional de todo humano.

As escolhas, as decisões, os caminhos, a forma, a conduta, a formação de nossos valores internos que vão nos guiar em toda nossa vida nas consequências de nossas ações.

As ilusões, os desejos, os anseios, enganos e desenganos do que somos, para o que viemos e o que queremos com nossa vida?

Se o mais lindo tesouro nos fosse presenteado pela Criação, qual seria este?

“Porque, onde estiver o teu tesouro, aí­ também estará o teu coração”. Mateus 6;21

Onde você decidir ser e estar, odiar ou não odiar, amar ou não amar, viver a vida ou sobreviver, ai se encontra a construção de sua evolução como ser.

Para quem vibrar? Para o que mentalizar? O que se quer ser?

São estas as bases, que possibilitam formar o Ser que assumirá a conduta fraterna ao planeta, quando esta conduta interna for para consigo, assim como para o seu próximo.

Queremos o nosso bem? Queremos o bem ao próximo?

Lembremos a chave que o Mestre Amor nos repassou:

“Não faça ao teu próximo, aquilo que não gostaria que fizessem contigo”.

“Dai à  César o que é de César e a Deus o que é de Deus”

O que é esse Deus em nosso interior? Um Deus de Amor ou de Dor, o que queremos que seja?

O Livre Arbítrio é nosso, e não existem prisões, existem prisioneiros de nossa própria ignorância e padrões estabelecidos na manutenção de nosso “Infantil Controle” que não existe, pois se o Criador nos deu o Livre Arbí­trio, como dizer que não podemos, em verdade a decisão é sempre nossa.

Nessa Vibração Coletiva, convidamos a todos nossos irmãos e irmãs de humanidade e em fraternidade de vivência Planetária, a mentalizarmos no aqui e agora esse “Ser o que queremos Ser”, projetando a todos as almas, que se encontrem em ser a verdade daquilo que almejam, mas não se permitem, por não se autoconhecer em sua própria Luz.

Consciência para todos nós, em Paz e Fraternidade!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *