Vibração Coletiva (16.10.2013) – Trabalhando em equipe

Querido irmãos! Estamos todos recebendo o valoroso convite para fazermos parte da selecionada equipe de obreiros da luz, que transformarão o nosso País no centro espiritual do terceiro milênio e, para que sejamos a semente plantada em terreno fértil, espalhando a luz dessa nova consciência pelo mundo, precisamos aprender a trabalhar em equipe. Convidamos a todos nessa semana a refletir sobre o que é necessário para auxiliarmos o Alto nesse processo, para nos tornarmos canais de luz e não de trevas e discórdias no meio em que vivemos.

Todos os já despertos formam grupos de acordo com afinidades, merecimentos ou até carmas antigos, que serão resgatados de acordo com as obras que são realizadas através do amor. Aceitamos tarefas específicas de acordo com a necessidade de resgate que programamos antes de reencarnar. Quando trabalhamos pela caridade e amor ao próximo, não podemos esperar nada em troca, nem remuneração, nem reconhecimento, nem nada. Ao trabalhar em nome da caridade, devemos estender as duas mãos ao próximo, pois se estendemos somente uma, a que sobrou cobrará pelo que a outra um dia ofertou.

Jamais conseguiremos mudar nosso destino terreno se ficarmos estagnados e presos a sentimentos de baixo nível, porém, se realizarmos obras valorosas, trabalhando pelo bem comum, pelo próximo e por todos os nossos semelhantes, iremos adquirir virtudes que automaticamente cortarão nossos laços cármicos do passado. É claro que isso não é tão simples, mas realizando todos os trabalhos e ouvindo os nossos corações, sem dúvida estaremos adquirindo ensinamentos sem igual.

Em uma equipe devemos buscar sempre entendimento e auxilio mútuo, assim como em uma família, pois todos temos algo a aprender e algo a ensinar. A força e a afinidade dos grupos de luz fará com que essas equipes cresçam e os ensinamentos se espalhem. Todo trabalho exige esforço e perseverança, pois sempre aparecerão dificuldades no caminho, mas elas servem para que possamos crescer todos juntos!!! Se queremos auxiliar na transformação do planeta, precisamos ter compaixão por nossos irmãos, mesmo que sejamos criticados, quando temos a certeza de estar no caminho certo buscamos nos tornar seres ainda melhores e aprimoramos ainda mais o que fazemos. Somente os fracos esmorecem ao receber críticas, os fortes as utilizam como trampolim para evoluir.

Para o sucesso de qualquer equipe, a tolerância é uma virtude essencial a ser trabalhada em cada membro, pois sem ela abrimos brechas para as fofocas, discórdias e todos os sentimentos inferiores, não permitindo o desenvolvimento de nenhum grupo, muito menos um grupo que tem como objetivo o crescimento espiritual da humanidade.

Ninguém poderá dizer que nunca sentiu a importância da tolerância em sua vida, todos já tivemos oportunidade de comungar com ela, ou na posição de tolerante ou na do ser que foi tolerado. Precisamos muitas vezes trabalhar a tolerância até com nós mesmos, caso contrário, não conseguiremos ir para frente. Jamais podemos esquecer-nos de trabalhar essa virtude, pois ela é o caminho para o autoconhecimento e é conhecendo a si mesmo que conseguiremos ajudar o próximo.

Trabalhadores da luz, precisamos nos unir, nos libertar de nosso ego, aprender o que é amar verdadeiramente. Temos todo o amparo espiritual, mas no trabalho em equipe é necessário que todos façam a sua parte, e precisamos nos melhorar! Enxergar mais os nossos próprios defeitos do que os dos outros, assim conseguiremos interagir e nos ajudarmos mutuamente. Todos os seres despertos para o mundo espiritual formam um grupo de luz, uma equipe que trabalha em nome do Criador, e é de amor que devem ser construídos os pilares dessa equipe!!!

Paz e Luz a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *