Roger Responde 255 – Como o Universalismo Crístico vê os Exus e espíritos de uma categoria mais “militarizada” para tratar com espíritos chamados de “magos negros” e “dragões”.

255 – Pergunta (19/01/2015):  Boa noite Roger! Como o Universalismo Crístico encara os espíritos chamados de Exus pela umbanda, guardiões por algumas correntes espiritas, que são espíritos especializados em lidar com magos negros e possivelmente dragões, como o Universalismo enxerga uma categoria mais  “militarizada” de espíritos e não tanto “didática”? Pergunto isso por que não imagino que palavras mansas de sabedoria e amor ao próximo vão tocar o coração de um espírito totalmente focado em causar o mal na humanidade (dragões) então, como lidar com tais espíritos para que eles não atrapalhem ou mesmo impeçam a regeneração planetária? Na visão universalista, o exercito de Miguel (na minha visão um espirito superior) existe? Abraços.

Roger: Existe uma confusão sobre a denominação dada aos magos negros. Essa ordem espiritual, se podemos chamar assim, é oriunda da extinta Atlântida. Os verdadeiros e originais magos negros são apenas o grupo de sacerdotes do Vril que viviam na Grande Ilha e corromperam seu domínio sobre o quinto elemento com o objetivo de utilizá-lo para o mal. Esses seriam os magos negros atlantes. No livro que escrevemos sobre o assunto, “Atlântida – No Reino das Trevas”, no penúltimo capítulo, afirmamos: “Com o passar do tempo, todos aqueles que foram treinados pelos genuínos magos negros atlantes receberam essa mesma denominação. Mas, em sua maioria, eram apenas antigos atlantes que nunca possuíram poder algum com o Vril, no entanto, se destacaram na complexa hierarquia do lado negro no transcorrer dos milênios”.

20 Responses
  • jan 19, 2015

    Eu não entendi porque foi falado sobre os magos negros sendo que eles nem mesmo foram citados na pergunta…

    O que foi perguntado ( “Boa noite Roger! Como o Universalismo Crístico encara os espíritos chamados de Exus pela umbanda, guardiões por algumas correntes espiritas, que são espíritos especializados em lidar com magos negros e possivelmente dragões, como o Universalismo enxerga uma categoria mais “militarizada” de espíritos e não tanto “didática”?” ) não foi respondido, eu também gostaria de saber como os espíritos chamados de Exus são encarados pela visão do universalismo.

    Dizer “Espíritos sábios e evoluídos não carregam espadas ou ameaças para estabelecer a vontade de Deus, tanto no mundo físico, como no Mundo Maior.” da a entender que o texto está se referindo a eles (Exus) e creio que esse é um comentário leviano e preconceituoso. Acho que se esse assunto não é a especialidade do universalismo, o correto seria dizer que vocês não tem conhecimento sobre o assunto, mas não dizer algo que para quem é leigo possa dar a impressão errada.

    Apenas tentei esclarecer o que o texto me passou, para que tomem mais atenção no que está sendo propagado.

    Paz e Luz.

    [Reply]

    admin Reply:

    Cara Bárbara, perguntas ao Roger devem ser encaminhadas ao email uc.novaera@gmail.com Paz e Luz! Equipe de divulgação do UC

    [Reply]

    Abrahão David Reply:

    Prezada Bárbara, nosso amigo Roger não concorda com as informações que vêm sendo psicografadas por outros médiuns, como Robson Pinheiro, Norberto Peixoto e Agnaldo Paviani a respeito das equipes espirituais militarizadas que agem com energia no combate aos líderes trevosos. O autor da pergunta estava se referindo a questões abordadas por esses médiuns. Roger igualmente não admite que os dragões, que chegaram ao nosso planeta há 450 mil anos tenham um poder mental maior que os magos negros atlantes que vieram para cá muito depois.Recomendo que as obras de todos esses autores sejam estudadas para chegarmos a um denominador comum, pois cada médium transmite as informações segundo suas idiossincrasias, um abraço, muita Luz!

    [Reply]

    Bárbara jan 19, 2015
    Responder
  • Rafael
    jan 19, 2015

    e sobre o EXU, já que o Roger ão tocou no tema, recomendo buscar, A missão da Umbanda Ramatis/Noberto Peixoto ele esclarece bem sobre os EXUS, seu trabalho no astral e o porque enxergam eles como espíritos atrasados. Abraços, Paz e Luz.

    [Reply]

    Rafael jan 19, 2015
    Responder
  • Marcelo da Fontoura
    jan 19, 2015

    Acho as explicações de Roger tão inteligentes e lúcidas que as vezes penso que devo ser iniciado nestas lógicas.
    Tenho muita influência das leituras de livros de Ramatis e algumas do próprio Roger , será que isso é por acaso ?

    [Reply]

    Marcelo da Fontoura jan 19, 2015
    Responder
  • José Matos
    jan 19, 2015

    Parabéns, Roger. Bem comentado, mas sem novidade pra mim que já conhecia a resposta que está no livro citado.

    [Reply]

    José Matos jan 19, 2015
    Responder
  • Marcos R de Paula
    jan 20, 2015

    Caro Roger,

    Apenas para dar um maior esclarecimento. Quando você responde que:” ..espíritos sábios e evoluídos não carregam espadas ou ameaçam para estabelecer a vontade de DEUS…”, está afirmando que os exus e orixás da Umbanda simplesmente não existem?….e se não existem o que existiria no lugar deles?…ou melhor, o que vem se cultuando nos casas umbandistas?.

    [Reply]

    admin Reply:

    Caro Marcos, perguntas ao Roger devem ser encaminhadas ao email uc.novaera@gmail.com Paz e Luz! Equipe de divulgação do UC

    [Reply]

    Marcos R de Paula jan 20, 2015
    Responder
  • Maria Cristina M. Cezar
    jan 21, 2015

    Não entendi a resposta que você deu com relação à atividade dos Exus. Gostaria de saber se eles têm influência na vida das pessoas encarnadas, porque já me disseram que a minha vida está bloqueada por influência dos Exús que seriam meus guias, mas como eu não estou me desenvolvendo num centro espírita eles bloqueiam a minha vida de modo que ela não vai para frente. Isso é real? Eles têm esse poder? De que maneira eu posso retirar essa influência deles da minha vida?

    [Reply]

    admin Reply:

    Cara Maria Cristina, perguntas ao Roger devem ser encaminhadas ao email uc.novaera@gmail.com Paz e Luz! Equipe de divulgação do UC

    [Reply]

    Maria Cristina M. Cezar jan 21, 2015
    Responder
  • Francisco
    jan 21, 2015

    Quem tiver interesse em entrar num grupo de whatsapp para conversar sobre espiritualidade sob um ótica universalista (sem se prender a uma religião em específico) me chame pelo whatsapp no 7581063479

    [Reply]

    Francisco jan 21, 2015
    Responder
  • Henrique
    jan 21, 2015

    Boa resposta Roger !

    Entao, na sua visao e na visao universalista, exus e guardioes, bem como espiritos “militarizados” nao existem ? Ou se existem, nao trabalham de acordo com as regras da alta espiritualidade ? Essa é sua visao ?

    [Reply]

    admin Reply:

    Caro Henrique, perguntas ao Roger devem ser encaminhadas ao email uc.novaera@gmail.com Paz e Luz! Equipe de divulgação do UC

    [Reply]

    Henrique jan 21, 2015
    Responder
  • silvana
    jan 22, 2015

    A pergunta um pouco confusa porém a resposta muito sabia obrigada pela sabedoria vivênciada e viva a evolução d todos no mundo espiritual q não sejamos separadores e sim caminhantes em função d bm maior e a serviço do universo.

    Obrigada. ..

    [Reply]

    silvana jan 22, 2015
    Responder
  • Sábia e rica resposto do Roger….. Respeitando as opiniões contrárias, querer
    respostas “militarizadas” de qualquer espírito Superior….é querer que Jesus
    tivesse sido um Marechal Guerreiro quando encarnado…. Jamais um espírito
    de Alta Quilate vai agredir um irmão seu………

    [Reply]

    Responder
  • Caroline Fontoura
    jan 27, 2015

    Acredito que quando é dito no texto:” ..espíritos sábios e evoluídos não carregam espadas ou ameaçam para estabelecer a vontade de DEUS…”,não tem nenhum preconceito implícito é uma questão de interpretação. Só acho que ninguém estabelece a vontade de Deus pq ele é perfeito e tudo ocorre perfeitamente como tem que ser e de acordo com as necessidades espirituais para a evolução de cada um. Cada espirito percorre seu caminho recebendo o que deposita no universo. Espíritos sábios e evoluídos propagam amor e sabedoria, sabedoria a qual eles sensivelmente tem discernimento para perceber o momento mais propicio e forma mais eficiente de compartilhar.

    [Reply]

    Caroline Fontoura jan 27, 2015
    Responder
  • fev 1, 2015

    Eu escrevi um post em meu blog justamente sobre isso. Sobre minha discordância, como leitor, de alguns aspectos do autor Roger, o qual apesar dessas discordâncias, mudou minha vida para muito melhor. Segue:
    No ano de 2014 me ative a conhecer e ler vários autores diferentes no assunto espiritualidade em geral, e direciono este post a dois desses inúmeros escritores que me deparei, um deles não muito falado no meio da projeção astral, que é Roger Botini Paranhos, e o outro é Robson Pinheiro. Percebi uma grande diferença no sentido de que, apesar de ter aprendido muito, me emocionado, e ter achado fantástico os livros do Roger, eu não gosto muito da linha “pacifista” de Roger ao explanar que não existe uma espiritualidade composta por combatentes, por policiais do astral, que tenham de utilizar o combate contra entidades trevosas. Pelo contrário, eu gosto da linha de Robson Pinheiro que explana inclusive no livro intitulado Guardiões, sobre a polícia do astral, os guerreiros do bem que lutam contra o mal. Segue a baixo uma passagem do livro Cidade dos Espiritos, capítulo 8, pag. 369:
    “(…) A equipe de sentinelas assumiu a frente e investiu contra os espíritos vampiros. Resultado: nem sequer as entidades esboçaram o ataque e logo foram completamente dominadas pelos guardiões, que as atacaram com poderoso arsenal magnéticos de armas elétricas, que despejava raios sobre a turba de obsessores causando entorpecimento dos sentidos espirituais. Adormeceram após serem atingidos por descarga de mais de 50 armas. Em meio a gritos e pontapés desferidos, os obsessores foram presos pelos guardiões …”
    Os livros de Roger mudaram minha vida, pois com esse autor entendi o significado da lei universal do amor, cuja qual já havia lido em outros cantos mas não havia me tocado como nas obras do Roger, porém não compreendo a idéia transmitida por roger de que os espíritos avançados tratam com carinho, dialogo e pacifismo os espíritos conhecidos como magos negros, e dragões, e que isso funciona perfeitamente, sem que seja necessário uma peleja, a luta do bom combate.

    E vc o que prefere? Guerreiros, guardiões dos astral ou pacifistas? Qual a sua linha de atuação dentro do bem, na luta contra o mal?

    [Reply]

    fabio fev 1, 2015
    Responder
  • Beto Hiro
    fev 3, 2015

    Curiosamente: já li os todos os livros do Roger e também Norberto Peixoto e também Roger Feraudy, e alguns de autoria do Ramatis e varios outros de diversos autores.

    E o Roger Feraudy também fala dos atlantes, chegada dos capelinos e tudo mais. E sempre orientado pela alta espiritualidade, fala se de luta contra as forças trevosas, da separação do joio e do trigo e tudo mais.
    A minha dúvida é: o que acontece? Como que um lado descreve os guias espirituais, linhas de orixás, exus, pretos-velhos, magia, e tudo mais.

    O que muda a visão de um autor ou de outro? Será que eles enxergam coisas tão diferentes? Existe um melhor do que o outro? Fala-se de um grande projeto da alta espiritualidade, mas vejo cada um defendendo a sua verdade, assim como uma igreja evangélica defende que o seu Jesus é mais verdadeiro que o outro. Será que um lado está inventando? Será que não tem uma forma de descomplicar a informação?

    [Reply]

    Beto Hiro fev 3, 2015
    Responder
  • Fernanda Rezende
    fev 17, 2015

    Acho que a pessoa é que não soube formular a pergunta. E ele só esclareceu alguns pontos para nos levar à lógica do assunto: Espíritos Superiores não brigam. Lá do outro lado, é como Voltaire diria: “Posso discordar de sua opinião, mas estou disposto a dar minha vida pelo seu direito de dizê-la.”

    Eles são práticos, apesar de não parecer.

    [Reply]

    Fernanda Rezende fev 17, 2015
    Responder
  • walter
    ago 2, 2015

    Eu acredito que o Roger disse o seguinte : Espiritos Superiores do quilate de Hermes, Kardec, Emanuel Ramatis e etc não ficariam num Centro Espirita de armas magneticas nas mãos a atacar os espiritos trevosos que perturbam as sessões…………. Para isso existem espiritos com digamos, o mesmo grau de evolução que nós. Nós mesmos se quisermos exercer a função de Exus, Orixás e Seguranças espirituais poderiamos fazê-lo ao desencarnar e decidir trabalhar dessa forma no plano espiritual. É tudo uma questão de livre arbitrio.

    [Reply]

    walter ago 2, 2015
    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *