Roger Responde 231 – O que pensa o Universalismo Crístico sobre a questão do homossexualismo?

231 – Pergunta (07/07/2014):  Sou espírita, conheço o Universalismo Crístico a pouco tempo e me interesso cada dia mais. No espiritismo a homossexualidade é considerada um distúrbio do indivíduo, em alguns casos uma chance de regeneração. Sem jamais ter preconceito. Como o UC lida com esse tema? O que seria, de fato, a homossexualidade? Obrigado e parabéns pelo trabalho.

Roger: O Universalismo Crístico tem por proposta ser uma filosofia espiritual libertadora. Apesar de defendermos algumas crenças específicas, no livro “Universalismo Crístico Avançado” focamos principalmente (e claramente) na verdadeira compreensão do amor, no autoconhecimento e em entender e aceitar a forma de pensar de nossos semelhantes. Desta forma, entendemos que não nos cabe julgar as opções e escolhas de nossos irmãos, desde que não sejam ações voltadas para o mal e que causem prejuízos aos seus semelhantes. Fundamentalmente é importante fomentar nos corações das pessoas o amor e o entendimento para estabelecermos relações sociais harmônicas entre os homens.

Os homoafetivos merecem tanto respeito como os heteros. Isto porque a opção sexual não torna ninguém melhor. É muito fácil encontrar homoafetivos generosos e bons e, ao mesmo tempo, heteros com atitudes e mentalidade criminosa e, obviamente, vice-versa. O que pode ser questionado é a questão das relações promiscuas e inconsequentes, que causem prejuízos a si e aos outros. Mas isto encontramos tanto entre os homo como entre os heterossexuais. Se houver respeito aos semelhantes e verdadeiro sentimento de amor recíproco, creio que os homoafetivos não só devem ser respeitados, como, também, ser entendidos e aceitos. Não é justo julgarmos a sua opção como um distúrbio ou doença. É o mesmo que tratarmos os ateus como doentes por não acreditarem em Deus. As nossas crenças não podem nos cegar. Isto é um atraso espiritual que o Universalismo Crístico não compactuará jamais.

Aprofundando mais a questão, o entendimento religioso (que creio ser deveras equivocado) é de que as relações homossexuais são contrárias às leis de Deus porque não podem gerar filhos. Isso seria válido na época de Moisés e dos povos antigos, quando era necessário povoar o mundo para permitir a reencarnação em massa dos espíritos rebeldes chegados do sistema de Capela. Hoje em dia, já não há mais esta necessidade, permitindo a união de pessoas por afinidade com vistas a evoluírem conjuntamente nesta existência sem a necessidade específica de gerar descendência.

Outro argumento é de que o sexo deveria ser realizado somente para procriação e homoafetivos não podem procriar. Logo, eles vivem em pecado. Se for assim, então os heterossexuais não devem mais ter relações sexuais somente por prazer, pois não estarão fazendo sexo com finalidade procriativa. Entendo isto como um absurdo. Sexo somente para procriação é um estágio superior só atingido por grandes almas, como Jesus e outros mestres. Homens comuns, padres, ou seja quem for, devem ter relações sexuais afetivas para acalmarem a sua psique ainda instável. A frustração sexual pode gerar monstros incontroláveis que cometem crimes terríveis como a pedofilia. Esta sim, uma prática que deve ser atacada, e não a homossexualidade sadia e pacífica.

Mesmo quem não entende a opção homossexual não tem o direito de julgar e obrigar os seus irmãos a pensarem da mesma forma. Se não existe violência ou atitudes anticrísticas em uma relação homoafetiva, não existe porque tentarmos impor as nossas crenças, provocando tristeza e infelicidade em nossos irmãos, que devemos sempre amar e, jamais, odiar. Desta forma, o Universalismo Crístico sempre irá promover e apoiar a liberdade e a paz, desde que as ações humanas não promovam a infelicidade alheia. Como disse-nos Jesus: “ama ao teu próximo como a ti mesmo e não faça aos outros o que não gostaria que te fizessem”. Coloquem-se no lugar dos nossos irmãos homoafetivos e pensem se gostariam de sofrer todo este preconceito e atitudes desprezíveis que vemos ocorrer no dia a dia com relação a eles. Se os grandes mestres sempre nos ensinaram o amor, o respeito e a tolerância como base para as suas filosofias espirituais, como agir de forma diferente? Os séculos passam e nosso entendimento do mundo também muda. Se Jesus não protegeu abertamente certas minorias é porque no passado a intolerância e a cegueira era maior que nos dias de hoje e sua missão precisaria ser fundamentada em questões mais urgentes e universais.

11 Responses
  • Samaya
    jul 7, 2014

    Resposta impecável!!! Parabéns!

    [Reply]

    Samaya jul 7, 2014
    Responder
  • Débora Rodrigues de Oliveira
    jul 7, 2014

    Acredito que ha muitas formas de amar, o sexo é apenas uma das maneiras de manifestar, o que realmente importa é o respeito e carinho para com o próximo.
    A opção sexual é apenas um caminho que o irmão escolhe trilhar, mas não diz respeito a seu caráter e coração.
    Tudo que é feito com amor e respeito ao próximo tem que ser visto com bons olhos.
    Somos irmãos e estamos em busca do aprendizado espiritual eterno, e quem esta ao nosso lado, é apenas alguém que nos da a mão e ensina como fazê-lo.

    [Reply]

    Débora Rodrigues de Oliveira jul 7, 2014
    Responder
  • Beatriz Bueno
    jul 7, 2014

    Parabéns pela resposta, Roger!
    Quero sugerir o Livro “Mais forte do que nunca” , de autoria da Schelidda, psicografado por Eliana Machado Coelho.
    Tirou muitas dúvidas que eu tinha.
    Um grande abraço !!!

    [Reply]

    Beatriz Bueno jul 7, 2014
    Responder
  • Paulo Montenegro
    jul 7, 2014

    Não existe por parte de nenhum ser humano que consiga ou tenha condições reais de dar uma resposta exata e final sobre o homossexualismo !

    Roger foi muito bem !….Mas não se chega a conclusão final nenhuma sobre o ser humano
    optar por essa condição de vida sexual !!!

    E a sociedade tão pouco não pode responder esse tema,..apontando que existe comportamentos piores na humanidade.Não é por aí,…que chegaremos a uma conclusão
    real sobre o tema. Não se aponta outros erros ou defeitos para se explicar algo !

    Mas tenho a visão muito ruim se no futuro, vivermos em um mundo onde as crianças
    dirão umas as outras normalmente : Estes são os meus pais, Rodolfo e Rogério….

    O homossexualismo pode sim…ter comportamentos maléficos , como tantos outros,
    inclusive até as próprias religiões fanáticas,…ultrapassadas em seus conceitos… !!

    Inclusive a luta do astral inferior para ver uma sociedade mais infeliz, age sobre esse
    comportamento….

    [Reply]

    Abrahão David Reply:

    Roger, parabéns pela resposta! Você burilou as considerações feitas por Hermes em ” A Nova Era”, as quais poderiam ser consideradas preconceituosas numa leitura e análise superficiais. Na verdade, você bem sabe que ainda não há uma explicação definitiva sobre a homossexualidade, embora os mentores espirituais já tenham passado explicações concordantes. Dizer que é uma simples opção é questionável, pois a tendência e o impulso homoafetivos, segundo certas informações mediúnicas, estariam no psiquismo do ser em decorrência de suas experiências encarnatórias. Sugiro a todos aqui, pois acredito que você, Roger, já leu as obras que indicarei a seguir, que leiam e reflitam sobre as explicações que Emannuel e Ramatis transmitiram sobre o tema da homossexualidade respectivamente nas obras “Vida e Sexo” e “Sob a Luz do Espiritismo”. Um abraço a todos, muita Luz!

    [Reply]

    Paulo Montenegro jul 7, 2014
    Responder
  • Cecília Oliveira
    jul 7, 2014

    Resposta simplesmente incrível! Esclareceu-me muito!

    [Reply]

    Cecília Oliveira jul 7, 2014
    Responder
  • jul 7, 2014

    Não consegui entender !!!

    Sexo somente para procriação é um estágio superior só atingido por grandes almas, como Jesus e outros mestres.

    Pelo que entendi Jesus faz sexo pra procriação ?

    Fiquei sem entender !!!

    [Reply]

    admin Reply:

    Prezado Ricardo, perguntas ao Roger devem ser enviadas para o email uc.novaera@gmail.com . Paz e Luz! Equipe UC

    [Reply]

    ricardo iran jul 7, 2014
    Responder
  • Ricardo
    jul 7, 2014

    Meu caro Roger, fizemos esta mesma pergunta aqui em Brasíla no Parque Olho d’água, lembra? No dia vc não foi tão completo com hoje. Agradeço pelas explicações e por colaborar com reflexões sobre este assunto, diminuindo o preconceito e agregando ao nosso movimento todos aqueles que vibram pelo bem. Afinal de contas as almas não tem sexo definido.

    [Reply]

    Ricardo jul 7, 2014
    Responder
  • Carmen
    jul 22, 2014

    Resposta esclarecedora..
    Estou lendo o livro Universalismo Crístico Avançado, e justamente na parte que você citou na resposta acima.
    Assisti sua palestra em junho/14 e fiquei encantada com seu trabalho, parabéns.
    Um grande abraço

    [Reply]

    Carmen jul 22, 2014
    Responder
  • Heloisa
    ago 16, 2014

    RESPEITO acima de tudo.

    [Reply]

    Heloisa ago 16, 2014
    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *