Avô de 83 anos adota 11 netos que perderam pais na guerra na Síria

Foto: reprodução France 24

Um avô de 83 anos resolveu adotar os 11 netos que perderam os pais durante a guerra na Síria.

Abderrazq Khatoun tem uma história dura de vida. Ele teve que enterrar 13 dos seus 27 filhos e uma de suas 3 esposas, vítimas do conflito.

A guerra civil na Síria começou em 2011, ou seja, já dura dez anos e não tem sinais de quando vai terminar.

Reconstruindo a vida

Abderrazaq levou as crianças junto com a família de 30 pessoas para morar em quatro barracas que ele construiu em uma área agrícola da Síria, na cidade de Harbanos.

Lá ele é responsável por cultivar o máximo de alimentos possível e ajudar as crianças com seus deveres de casa e a ensinar valores, para que elas serem defensoras da justiça e lutem por uma vida digna.

O octogenário disse à AFP que faz tudo o que pode para garantir que seus netos estejam seguros, apesar de todos os problemas no país.

“Espero que vivam uma vida feliz e que se lembrem das histórias de seus pais se sacrificando para defender a terra (…) Eu não vou privá-los de nada enquanto eu viver”, concluiu o avô.

Notícia retirada do link: https://www.sonoticiaboa.com.br/2021/04/01/avo-sirio-adota-11-netos-perderam-os-pais-guerra/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *